Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://educacao.uol.com.br/album/2012/05/22/greve-de-professores-nas-universidades-federais.htm
  • totalImagens: 143
  • fotoInicial: 24
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20120522141459
    • greve de professores [29344];
Fotos
<b>22.mai</b> - Os professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) decidiram se juntar ao movimento nacional e decretaram greve por tempo indeterminado Leandro Moraes/UOL Mais
<b>22.mai</b> - Os professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) decidiram se juntar ao movimento nacional e decretaram greve por tempo indeterminado Leandro Moraes/UOL Mais
<b>22.mai</b> - Os professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) decidiram se juntar ao movimento nacional e decretaram greve por tempo indeterminado Leandro Moraes/UOL Mais
<b>22.mai</b> - Os professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) decidiram se juntar ao movimento nacional e decretaram greve por tempo indeterminado Leandro Moraes/UOL Mais
<b>22.mai</b> - Os professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) decidiram se juntar ao movimento nacional e decretaram greve por tempo indeterminado Leandro Moraes/UOL Mais
<b>22.mai</b> - Os professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) decidiram se juntar ao movimento nacional e decretaram greve por tempo indeterminado Leandro Moraes/UOL Mais
<b>22.mai</b> - Os professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) decidiram se juntar ao movimento nacional e decretaram greve por tempo indeterminado Leandro Moraes/UOL Mais
<b>22.mai</b> - Os professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) decidiram se juntar ao movimento nacional e decretaram greve por tempo indeterminado Leandro Moraes/UOL Mais
<b>22.mai</b> - Os professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) decidiram se juntar ao movimento nacional e decretaram greve por tempo indeterminado Leandro Moraes/UOL Mais
<b>22.mai</b> - Os professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) decidiram se juntar ao movimento nacional e decretaram greve por tempo indeterminado Leandro Moraes/UOL Mais
<b>22.mai</b> - Os professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) decidiram se juntar ao movimento nacional e decretaram greve por tempo indeterminado Leandro Moraes/UOL Mais
<b>22.mai</b> - Os professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) decidiram se juntar ao movimento nacional e decretaram greve por tempo indeterminado Leandro Moraes/UOL Mais
<b>22.mai</b> - Os professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) decidiram se juntar ao movimento nacional e decretaram greve por tempo indeterminado Leandro Moraes/UOL Mais
<b>22.mai</b> - Os professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) decidiram se juntar ao movimento nacional e decretaram greve por tempo indeterminado Leandro Moraes/UOL Mais
<b>22.mai</b> - Os professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) decidiram se juntar ao movimento nacional e decretaram greve por tempo indeterminado Leandro Moraes/UOL Mais
<b>22.mai</b> - Os professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) decidiram se juntar ao movimento nacional e decretaram greve por tempo indeterminado Leandro Moraes/UOL Mais
<b>22.mai</b> - Os professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) decidiram se juntar ao movimento nacional e decretaram greve por tempo indeterminado Leandro Moraes/UOL Mais
<b>22.mai</b> - Os professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) decidiram se juntar ao movimento nacional e decretaram greve por tempo indeterminado Leandro Moraes/UOL Mais
<b>22.mai</b> - Os professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) decidiram se juntar ao movimento nacional e decretaram greve por tempo indeterminado Leandro Moraes/UOL Mais
<b>22.mai</b>No Rio de Janeiro, professores da UFRJ também fazem assembleia para decidir sobre a adesão ao movimento Alexandre Durão/UOL Mais
<b>22.mai</b>No Rio de Janeiro, professores da UFRJ também fazem assembleia para decidir sobre a adesão ao movimento Alexandre Durão/UOL Mais
Os professores da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) decidiram, nesta terça-feira (22), entrar em greve por tempo indeterminado Alexandre Durão/UOL Mais
Os professores da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) decidiram, nesta terça-feira (22), entrar em greve por tempo indeterminado Alexandre Durão/UOL Mais
Os professores da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) decidiram, nesta terça-feira (22), entrar em greve por tempo indeterminado Alexandre Durão/UOL Mais
Os professores da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) decidiram, nesta terça-feira (22), entrar em greve por tempo indeterminado Alexandre Durão/UOL Mais
Os professores da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) decidiram, nesta terça-feira (22), entrar em greve por tempo indeterminado Alexandre Durão/UOL Mais
Os professores da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) decidiram, nesta terça-feira (22), entrar em greve por tempo indeterminado Alexandre Durão/UOL Mais
Os professores da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) decidiram, nesta terça-feira (22), entrar em greve por tempo indeterminado Alexandre Durão/UOL Mais
Os professores da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) decidiram, nesta terça-feira (22), entrar em greve por tempo indeterminado Alexandre Durão/UOL Mais
Os professores da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) decidiram, nesta terça-feira (22), entrar em greve por tempo indeterminado Alexandre Durão/UOL Mais
Os professores da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) decidiram, nesta terça-feira (22), entrar em greve por tempo indeterminado Alexandre Durão/UOL Mais
Os professores da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) decidiram, nesta terça-feira (22), entrar em greve por tempo indeterminado Alexandre Durão/UOL Mais
Os professores da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) decidiram, nesta terça-feira (22), entrar em greve por tempo indeterminado Alexandre Durão/UOL Mais
Os professores da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) decidiram, nesta terça-feira (22), entrar em greve por tempo indeterminado Alexandre Durão/UOL Mais
Os professores da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) decidiram, nesta terça-feira (22), entrar em greve por tempo indeterminado Alexandre Durão/UOL Mais
Os professores da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) decidiram, nesta terça-feira (22), entrar em greve por tempo indeterminado Alexandre Durão/UOL Mais
Os professores da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) decidiram, nesta terça-feira (22), entrar em greve por tempo indeterminado Alexandre Durão/UOL Mais
28.mai.2012 - Professores universitários em greve fizeram nesta segunda-feira um protesto em frente ao Ministério do Planejamento, em Brasília. Eles pedem reajuste salarial e a criação de um plano de carreira para a categoria. Uma reunião de negociação entre governo e docentes, marcada para hoje no ministério, foi adiada Roberto Jayme/UOL Mais
28.mai.2012 - Professores universitários em greve fizeram nesta segunda-feira um protesto em frente ao Ministério do Planejamento, em Brasília. Eles pedem reajuste salarial e a criação de um plano de carreira para a categoria. Uma reunião de negociação entre governo e docentes, marcada para hoje no ministério, foi adiada Roberto Jayme/UOL Mais
28.mai.2012 - Professores universitários em greve fizeram nesta segunda-feira um protesto em frente ao Ministério do Planejamento, em Brasília. Eles pedem reajuste salarial e a criação de um plano de carreira para a categoria. Uma reunião de negociação entre governo e docentes, marcada para hoje no ministério, foi adiada Roberto Jayme/UOL Mais
28.mai.2012 - Professores universitários em greve fizeram nesta segunda-feira um protesto em frente ao Ministério do Planejamento, em Brasília. Eles pedem reajuste salarial e a criação de um plano de carreira para a categoria. Uma reunião de negociação entre governo e docentes, marcada para hoje no ministério, foi adiada Roberto Jayme/UOL Mais
28.mai.2012 - Professores universitários em greve fizeram nesta segunda-feira um protesto em frente ao Ministério do Planejamento, em Brasília. Eles pedem reajuste salarial e a criação de um plano de carreira para a categoria. Uma reunião de negociação entre governo e docentes, marcada para hoje no ministério, foi adiada Roberto Jayme/UOL Mais
28.mai.2012 - Professores universitários em greve fizeram nesta segunda-feira um protesto em frente ao Ministério do Planejamento, em Brasília. Eles pedem reajuste salarial e a criação de um plano de carreira para a categoria. Uma reunião de negociação entre governo e docentes, marcada para hoje no ministério, foi adiada Roberto Jayme/UOL Mais
28.mai.2012 - Professores universitários em greve fizeram nesta segunda-feira um protesto em frente ao Ministério do Planejamento, em Brasília. Eles pedem reajuste salarial e a criação de um plano de carreira para a categoria. Uma reunião de negociação entre governo e docentes, marcada para hoje no ministério, foi adiada Roberto Jayme/UOL Mais
28.mai.2012 - Professores universitários em greve fizeram nesta segunda-feira um protesto em frente ao Ministério do Planejamento, em Brasília. Eles pedem reajuste salarial e a criação de um plano de carreira para a categoria. Uma reunião de negociação entre governo e docentes, marcada para hoje no ministério, foi adiada Roberto Jayme/UOL Mais
28.mai.2012 - Professores universitários em greve fizeram nesta segunda-feira um protesto em frente ao Ministério do Planejamento, em Brasília. Eles pedem reajuste salarial e a criação de um plano de carreira para a categoria. Uma reunião de negociação entre governo e docentes, marcada para hoje no ministério, foi adiada Roberto Jayme/UOL Mais
28.mai.2012 - Professores universitários em greve fizeram nesta segunda-feira um protesto em frente ao Ministério do Planejamento, em Brasília. Eles pedem reajuste salarial e a criação de um plano de carreira para a categoria. Uma reunião de negociação entre governo e docentes, marcada para hoje no ministério, foi adiada Roberto Jayme/UOL Mais
28.mai.2012 - Professores universitários em greve fizeram nesta segunda-feira um protesto em frente ao Ministério do Planejamento, em Brasília. Eles pedem reajuste salarial e a criação de um plano de carreira para a categoria. Uma reunião de negociação entre governo e docentes, marcada para hoje no ministério, foi adiada Roberto Jayme/UOL Mais
28.mai.2012 - Professores universitários em greve fizeram nesta segunda-feira um protesto em frente ao Ministério do Planejamento, em Brasília. Eles pedem reajuste salarial e a criação de um plano de carreira para a categoria. Uma reunião de negociação entre governo e docentes, marcada para hoje no ministério, foi adiada Roberto Jayme/UOL Mais
28.mai.2012 - Professores universitários em greve fizeram nesta segunda-feira um protesto em frente ao Ministério do Planejamento, em Brasília. Eles pedem reajuste salarial e a criação de um plano de carreira para a categoria. Uma reunião de negociação entre governo e docentes, marcada para hoje no ministério, foi adiada Roberto Jayme/UOL Mais
28.mai.2012 - Professores universitários em greve fizeram nesta segunda-feira um protesto em frente ao Ministério do Planejamento, em Brasília. Eles pedem reajuste salarial e a criação de um plano de carreira para a categoria. Uma reunião de negociação entre governo e docentes, marcada para hoje no ministério, foi adiada Roberto Jayme/UOL Mais
28.mai.2012 - Professores universitários em greve fizeram nesta segunda-feira um protesto em frente ao Ministério do Planejamento, em Brasília. Eles pedem reajuste salarial e a criação de um plano de carreira para a categoria. Uma reunião de negociação entre governo e docentes, marcada para hoje no ministério, foi adiada Roberto Jayme/UOL Mais
28.mai.2012 - Professores universitários em greve fizeram nesta segunda-feira um protesto em frente ao Ministério do Planejamento, em Brasília. Eles pedem reajuste salarial e a criação de um plano de carreira para a categoria. Uma reunião de negociação entre governo e docentes, marcada para hoje no ministério, foi adiada Roberto Jayme/UOL Mais
28.mai.2012 - Professores universitários em greve fizeram nesta segunda-feira um protesto em frente ao Ministério do Planejamento, em Brasília. Eles pedem reajuste salarial e a criação de um plano de carreira para a categoria. Uma reunião de negociação entre governo e docentes, marcada para hoje no ministério, foi adiada Roberto Jayme/UOL Mais
28.mai.2012 - Professores universitários em greve fizeram nesta segunda-feira um protesto em frente ao Ministério do Planejamento, em Brasília. Eles pedem reajuste salarial e a criação de um plano de carreira para a categoria. Uma reunião de negociação entre governo e docentes, marcada para hoje no ministério, foi adiada Roberto Jayme/UOL Mais
28.mai.2012 - Em São Paulo, estudantes e professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram um protesto embaixo do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista. Os docentes da universidade acompanham o movimento nacional e também estão em greve Leandro Moraes/UOL Mais
28.mai.2012 - Em São Paulo, estudantes e professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram um protesto embaixo do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista. Os docentes da universidade acompanham o movimento nacional e também estão em greve Leandro Moraes/UOL Mais
28.mai.2012 - Em São Paulo, estudantes e professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram um protesto embaixo do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista. Os docentes da universidade acompanham o movimento nacional e também estão em greve Leandro Moraes/UOL Mais
28.mai.2012 - Em São Paulo, estudantes e professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram um protesto embaixo do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista. Os docentes da universidade acompanham o movimento nacional e também estão em greve Leandro Moraes/UOL Mais
28.mai.2012 - Em São Paulo, estudantes e professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram um protesto embaixo do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista. Os docentes da universidade acompanham o movimento nacional e também estão em greve Leandro Moraes/UOL Mais
28.mai.2012 - Em São Paulo, estudantes e professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram um protesto embaixo do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista. Os docentes da universidade acompanham o movimento nacional e também estão em greve Leandro Moraes/UOL Mais
28.mai.2012 - Em São Paulo, estudantes e professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram um protesto embaixo do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista. Os docentes da universidade acompanham o movimento nacional e também estão em greve Leandro Moraes/UOL Mais
28.mai.2012 - Em São Paulo, estudantes e professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram um protesto embaixo do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista. Os docentes da universidade acompanham o movimento nacional e também estão em greve Leandro Moraes/UOL Mais
28.mai.2012 - Em São Paulo, estudantes e professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram um protesto embaixo do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista. Os docentes da universidade acompanham o movimento nacional e também estão em greve Leandro Moraes/UOL Mais
28.mai.2012 - Em São Paulo, estudantes e professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram um protesto embaixo do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista. Os docentes da universidade acompanham o movimento nacional e também estão em greve Leandro Moraes/UOL Mais
28.mai.2012 - Em São Paulo, estudantes e professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram um protesto embaixo do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista. Os docentes da universidade acompanham o movimento nacional e também estão em greve Leandro Moraes/UOL Mais
28.mai.2012 - Em São Paulo, estudantes e professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram um protesto embaixo do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista. Os docentes da universidade acompanham o movimento nacional e também estão em greve Leandro Moraes/UOL Mais
28.mai.2012 - Em São Paulo, estudantes e professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram um protesto embaixo do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista. Os docentes da universidade acompanham o movimento nacional e também estão em greve Leandro Moraes/UOL Mais
28.mai.2012 - Em São Paulo, estudantes e professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram um protesto embaixo do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista. Os docentes da universidade acompanham o movimento nacional e também estão em greve Leandro Moraes/UOL Mais
28.mai.2012 - Em São Paulo, estudantes e professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram um protesto embaixo do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista. Os docentes da universidade acompanham o movimento nacional e também estão em greve Leandro Moraes/UOL Mais
28.mai.2012 - Em São Paulo, estudantes e professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram um protesto embaixo do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista. Os docentes da universidade acompanham o movimento nacional e também estão em greve Leandro Moraes/UOL Mais
28.mai.2012 - Em São Paulo, estudantes e professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram um protesto embaixo do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista, a qual também percorreram. Os docentes da universidade acompanham o movimento nacional e também estão em greve Leandro Moraes/UOL Mais
28.mai.2012 - Em São Paulo, estudantes e professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram um protesto embaixo do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista, a qual também percorreram. Os docentes da universidade acompanham o movimento nacional e também estão em greve Leandro Moraes/UOL Mais
28.mai.2012 - Em São Paulo, estudantes e professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram um protesto embaixo do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista, a qual também percorreram. Os docentes da universidade acompanham o movimento nacional e também estão em greve Leandro Moraes/UOL Mais
28.mai.2012 - Em São Paulo, estudantes e professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram um protesto embaixo do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista, a qual também percorreram. Os docentes da universidade acompanham o movimento nacional e também estão em greve Leandro Moraes/UOL Mais
28.mai.2012 - Em São Paulo, estudantes e professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram um protesto embaixo do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista, a qual também percorreram. Os docentes da universidade acompanham o movimento nacional e também estão em greve Leandro Moraes/UOL Mais
28.mai.2012 - Em São Paulo, estudantes e professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram um protesto embaixo do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista, a qual também percorreram. Os docentes da universidade acompanham o movimento nacional e também estão em greve Leandro Moraes/UOL Mais
28.mai.2012 - Em São Paulo, estudantes e professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram um protesto embaixo do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista, a qual também percorreram. Os docentes da universidade acompanham o movimento nacional e também estão em greve Leandro Moraes/UOL Mais
28.mai.2012 - Em São Paulo, estudantes e professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram um protesto embaixo do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista, a qual também percorreram. Os docentes da universidade acompanham o movimento nacional e também estão em greve Leandro Moraes/UOL Mais
28.mai.2012 - Em São Paulo, estudantes e professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram um protesto embaixo do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista, a qual também percorreram. Os docentes da universidade acompanham o movimento nacional e também estão em greve Leandro Moraes/UOL Mais
28.mai.2012 - Em São Paulo, estudantes e professores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram um protesto embaixo do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista, a qual também percorreram. Os docentes da universidade acompanham o movimento nacional e também estão em greve Leandro Moraes/UOL Mais
28.mai.2012 - No Rio de Janeiro, professores das federais que ficam no Estado fizeram uma manifestação na Praça 15, no centro da capital fluminense. Eles distribuíram panfletos para explicar o porquê do movimento nacional de greve Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
28.mai.2012 - No Rio de Janeiro, professores das federais que ficam no Estado fizeram uma manifestação na Praça 15, no centro da capital fluminense. Eles distribuíram panfletos para explicar o porquê do movimento nacional de greve Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
28.mai.2012 - No Rio de Janeiro, professores das federais que ficam no Estado fizeram uma manifestação na Praça 15, no centro da capital fluminense. Eles distribuíram panfletos para explicar o porquê do movimento nacional de greve Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
28.mai.2012 - No Rio de Janeiro, professores das federais que ficam no Estado fizeram uma manifestação na Praça 15, no centro da capital fluminense. Eles distribuíram panfletos para explicar o porquê do movimento nacional de greve Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
28.mai.2012 - No Rio de Janeiro, professores das federais que ficam no Estado fizeram uma manifestação na Praça 15, no centro da capital fluminense. Eles distribuíram panfletos para explicar o porquê do movimento nacional de greve Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
28.mai.2012 - No Rio de Janeiro, professores das federais que ficam no Estado fizeram uma manifestação na Praça 15, no centro da capital fluminense. Eles distribuíram panfletos para explicar o porquê do movimento nacional de greve Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
28.mai.2012 - No Rio de Janeiro, professores das federais que ficam no Estado fizeram uma manifestação na Praça 15, no centro da capital fluminense. Eles distribuíram panfletos para explicar o porquê do movimento nacional de greve Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
28.mai.2012 - No Rio de Janeiro, professores das federais que ficam no Estado fizeram uma manifestação na Praça 15, no centro da capital fluminense. Eles distribuíram panfletos para explicar o porquê do movimento nacional de greve Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
28.mai.2012 - No Rio de Janeiro, professores das federais que ficam no Estado fizeram uma manifestação na Praça 15, no centro da capital fluminense. Eles distribuíram panfletos para explicar o porquê do movimento nacional de greve Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
28.mai.2012 - No Rio de Janeiro, professores das federais que ficam no Estado fizeram uma manifestação na Praça 15, no centro da capital fluminense. Eles distribuíram panfletos para explicar o porquê do movimento nacional de greve Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
28.mai.2012 - No Rio de Janeiro, professores das federais que ficam no Estado fizeram uma manifestação na Praça 15, no centro da capital fluminense. Eles distribuíram panfletos para explicar o porquê do movimento nacional de greve Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
28.mai.2012 - No Rio de Janeiro, professores das federais que ficam no Estado fizeram uma manifestação na Praça 15, no centro da capital fluminense. Eles distribuíram panfletos para explicar o porquê do movimento nacional de greve Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
28.mai.2012 - No Rio de Janeiro, professores das federais que ficam no Estado fizeram uma manifestação na Praça 15, no centro da capital fluminense. Eles distribuíram panfletos para explicar o porquê do movimento nacional de greve Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
5.jun.2012 - Servidores federais, incluindo os professores em greve, realizaram nesta terça-feira (5) uma passeata na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, para decidir se paralisam as atividades a partir do dia 11 de junho. A greve dos docentes já tem adesão de pelo menos 47 universidades federais e 3 institutos Antonio Cruz/ABr Mais
5.jun.2012 - Servidores federais, incluindo os professores em greve, realizaram nesta terça-feira (5) uma passeata na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, para decidir se paralisam as atividades a partir do dia 11 de junho. A greve dos docentes já tem adesão de pelo menos 47 universidades federais e 3 institutos Antonio Cruz/ABr Mais
5.jun.2012 - Servidores federais, incluindo os professores em greve, realizaram nesta terça-feira (5) uma passeata na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, para decidir se paralisam as atividades a partir do dia 11 de junho. A greve dos docentes já tem adesão de pelo menos 47 universidades federais e 3 institutos Antonio Cruz/ABr Mais
5.jun.2012 - Servidores federais, incluindo os professores em greve, realizaram nesta terça-feira (5) uma passeata na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, para decidir se paralisam as atividades a partir do dia 11 de junho. A greve dos docentes já tem adesão de pelo menos 47 universidades federais e 3 institutos Antonio Cruz/ABr Mais
5.jun.2012 - Servidores federais, incluindo os professores em greve, realizaram nesta terça-feira (5) uma passeata na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, para decidir se paralisam as atividades a partir do dia 11 de junho. A greve dos docentes já tem adesão de pelo menos 47 universidades federais e 3 institutos Antonio Cruz/ABr Mais
5.jun.2012 - Servidores federais, incluindo os professores em greve, realizaram nesta terça-feira (5) uma passeata na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, para decidir se paralisam as atividades a partir do dia 11 de junho. A greve dos docentes já tem adesão de pelo menos 47 universidades federais e 3 institutos Antonio Cruz/ABr Mais
5.jun.2012 - Servidores federais, incluindo os professores em greve, realizaram nesta terça-feira (5) uma passeata na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, para decidir se paralisam as atividades a partir do dia 11 de junho. A greve dos docentes já tem adesão de pelo menos 47 universidades federais e 3 institutos Antonio Cruz/ABr Mais
5.jun.2012 - Estudantes que estavam reunidos na frente do MEC (Ministério da Educação) em manifestação de apoio à greve dos professores das universidades federais quebraram a vidraça da portaria e de algumas janelas do térreo do prédio. Houve confronto com policias militares que acompanhavam a manifestação Marcello Casal Jr/ABr Mais
5.jun.2012 - Estudantes que estavam reunidos na frente do MEC (Ministério da Educação) em manifestação de apoio à greve dos professores das universidades federais quebraram a vidraça da portaria e de algumas janelas do térreo do prédio. Houve confronto com policias militares que acompanhavam a manifestação Marcello Casal Jr/ABr Mais
5.jun.2012 - Estudantes que estavam reunidos na frente do MEC (Ministério da Educação) em manifestação de apoio à greve dos professores das universidades federais quebraram a vidraça da portaria e de algumas janelas do térreo do prédio. Houve confronto com policias militares que acompanhavam a manifestação Marcello Casal Jr/ABr Mais
5.jun.2012 - Estudantes que estavam reunidos na frente do MEC (Ministério da Educação) em manifestação de apoio à greve dos professores das universidades federais quebraram a vidraça da portaria e de algumas janelas do térreo do prédio. Houve confronto com policias militares que acompanhavam a manifestação Marcello Casal Jr/ABr Mais
5.jun.2012 - Estudantes que estavam reunidos na frente do MEC (Ministério da Educação) em manifestação de apoio à greve dos professores das universidades federais quebraram a vidraça da portaria e de algumas janelas do térreo do prédio. Houve confronto com policias militares que acompanhavam a manifestação Marcello Casal Jr/ABr Mais
5.jun.2012 - Estudantes que estavam reunidos na frente do MEC (Ministério da Educação) em manifestação de apoio à greve dos professores das universidades federais quebraram a vidraça da portaria e de algumas janelas do térreo do prédio. Houve confronto com policias militares que acompanhavam a manifestação Marcello Casal Jr/ABr Mais
5.jun.2012 - Estudantes que estavam reunidos na frente do MEC (Ministério da Educação) em manifestação de apoio à greve dos professores das universidades federais quebraram a vidraça da portaria e de algumas janelas do térreo do prédio. Houve confronto com policias militares que acompanhavam a manifestação Marcello Casal Jr/ABr Mais
5.jun.2012 - Estudantes que estavam reunidos na frente do MEC (Ministério da Educação) em manifestação de apoio à greve dos professores das universidades federais quebraram a vidraça da portaria e de algumas janelas do térreo do prédio. Houve confronto com policias militares que acompanhavam a manifestação Marcello Casal Jr/ABr Mais
12.jun.2012 - Professores, servidores e estudantes da UFABC (Universidade Federal do ABC) e da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram nesta terça-feira um novo protesto nas ruas do centro de São Paulo. Professores de pelo menos 48 universidade federais estão em greve por todo o país, além de cinco institutos federais de ensino Fernando Donasci/UOL Mais
12.jun.2012 - Professores, servidores e estudantes da UFABC (Universidade Federal do ABC) e da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram nesta terça-feira um novo protesto nas ruas do centro de São Paulo. Professores de pelo menos 48 universidade federais estão em greve por todo o país, além de cinco institutos federais de ensino Fernando Donasci/UOL Mais
12.jun.2012 - Professores, servidores e estudantes da UFABC (Universidade Federal do ABC) e da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram nesta terça-feira um novo protesto nas ruas do centro de São Paulo. Professores de pelo menos 48 universidade federais estão em greve por todo o país, além de cinco institutos federais de ensino Fernando Donasci/UOL Mais
12.jun.2012 - Professores, servidores e estudantes da UFABC (Universidade Federal do ABC) e da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram nesta terça-feira um novo protesto nas ruas do centro de São Paulo. Professores de pelo menos 48 universidade federais estão em greve por todo o país, além de cinco institutos federais de ensino Fernando Donasci/UOL Mais
12.jun.2012 - Professores, servidores e estudantes da UFABC (Universidade Federal do ABC) e da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram nesta terça-feira um novo protesto nas ruas do centro de São Paulo. Professores de pelo menos 48 universidade federais estão em greve por todo o país, além de cinco institutos federais de ensino Fernando Donasci/UOL Mais
12.jun.2012 - Professores, servidores e estudantes da UFABC (Universidade Federal do ABC) e da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram nesta terça-feira um novo protesto nas ruas do centro de São Paulo. Professores de pelo menos 48 universidade federais estão em greve por todo o país, além de cinco institutos federais de ensino Fernando Donasci/UOL Mais
12.jun.2012 - Professores, servidores e estudantes da UFABC (Universidade Federal do ABC) e da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram nesta terça-feira um novo protesto nas ruas do centro de São Paulo. Professores de pelo menos 48 universidade federais estão em greve por todo o país, além de cinco institutos federais de ensino Fernando Donasci/UOL Mais
12.jun.2012 - Professores, servidores e estudantes da UFABC (Universidade Federal do ABC) e da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram nesta terça-feira um novo protesto nas ruas do centro de São Paulo. Professores de pelo menos 48 universidade federais estão em greve por todo o país, além de cinco institutos federais de ensino Fernando Donasci/UOL Mais
12.jun.2012 - Professores, servidores e estudantes da UFABC (Universidade Federal do ABC) e da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram nesta terça-feira um novo protesto nas ruas do centro de São Paulo. Professores de pelo menos 48 universidade federais estão em greve por todo o país, além de cinco institutos federais de ensino Fernando Donasci/UOL Mais
12.jun.2012 - Professores, servidores e estudantes da UFABC (Universidade Federal do ABC) e da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram nesta terça-feira um novo protesto nas ruas do centro de São Paulo. Professores de pelo menos 48 universidade federais estão em greve por todo o país, além de cinco institutos federais de ensino Fernando Donasci/UOL Mais
12.jun.2012 - Professores, servidores e estudantes da UFABC (Universidade Federal do ABC) e da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram nesta terça-feira um novo protesto nas ruas do centro de São Paulo. Professores de pelo menos 48 universidade federais estão em greve por todo o país, além de cinco institutos federais de ensino Fernando Donasci/UOL Mais
12.jun.2012 - Professores, servidores e estudantes da UFABC (Universidade Federal do ABC) e da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram nesta terça-feira um novo protesto nas ruas do centro de São Paulo. Professores de pelo menos 48 universidade federais estão em greve por todo o país, além de cinco institutos federais de ensino Fernando Donasci/UOL Mais
12.jun.2012 - Professores, servidores e estudantes da UFABC (Universidade Federal do ABC) e da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram nesta terça-feira um novo protesto nas ruas do centro de São Paulo. Professores de pelo menos 48 universidade federais estão em greve por todo o país, além de cinco institutos federais de ensino Fernando Donasci/UOL Mais
12.jun.2012 - Professores, servidores e estudantes da UFABC (Universidade Federal do ABC) e da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) fizeram nesta terça-feira um novo protesto nas ruas do centro de São Paulo. Professores de pelo menos 48 universidade federais estão em greve por todo o país, além de cinco institutos federais de ensino Fernando Donasci/UOL Mais
12.jun.2012 - No Rio de Janeiro, também houve protesto de alunos e professores. Os manifestantes ocuparam parte da avenida Rio Branco, no centro da cidade, e seguiram até a Praça 15, na mesma região. No Estado, todas as universidades federais aderiram à greve. No total, são 48 instituições paradas, além de cinco institutos federais Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
12.jun.2012 - No Rio de Janeiro, também houve protesto de alunos e professores. Os manifestantes ocuparam parte da avenida Rio Branco, no centro da cidade, e seguiram até a Praça 15, na mesma região. No Estado, todas as universidades federais aderiram à greve. No total, são 48 instituições paradas, além de cinco institutos federais Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
12.jun.2012 - No Rio de Janeiro, também houve protesto de alunos e professores. Os manifestantes ocuparam parte da avenida Rio Branco, no centro da cidade, e seguiram até a Praça 15, na mesma região. No Estado, todas as universidades federais aderiram à greve. No total, são 48 instituições paradas, além de cinco institutos federais Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
12.jun.2012 - No Rio de Janeiro, também houve protesto de alunos e professores. Os manifestantes ocuparam parte da avenida Rio Branco, no centro da cidade, e seguiram até a Praça 15, na mesma região. No Estado, todas as universidades federais aderiram à greve. No total, são 48 instituições paradas, além de cinco institutos federais Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
12.jun.2012 - No Rio de Janeiro, também houve protesto de alunos e professores. Os manifestantes ocuparam parte da avenida Rio Branco, no centro da cidade, e seguiram até a Praça 15, na mesma região. No Estado, todas as universidades federais aderiram à greve. No total, são 48 instituições paradas, além de cinco institutos federais Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
12.jun.2012 - No Rio de Janeiro, também houve protesto de alunos e professores. Os manifestantes ocuparam parte da avenida Rio Branco, no centro da cidade, e seguiram até a Praça 15, na mesma região. No Estado, todas as universidades federais aderiram à greve. No total, são 48 instituições paradas, além de cinco institutos federais Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
12.jun.2012 - No Rio de Janeiro, também houve protesto de alunos e professores. Os manifestantes ocuparam parte da avenida Rio Branco, no centro da cidade, e seguiram até a Praça 15, na mesma região. No Estado, todas as universidades federais aderiram à greve. No total, são 48 instituições paradas, além de cinco institutos federais Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
12.jun.2012 - No Rio de Janeiro, também houve protesto de alunos e professores. Os manifestantes ocuparam parte da avenida Rio Branco, no centro da cidade, e seguiram até a Praça 15, na mesma região. No Estado, todas as universidades federais aderiram à greve. No total, são 48 instituições paradas, além de cinco institutos federais Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
12.jun.2012 - No Rio de Janeiro, também houve protesto de alunos e professores. Os manifestantes ocuparam parte da avenida Rio Branco, no centro da cidade, e seguiram até a Praça 15, na mesma região. No Estado, todas as universidades federais aderiram à greve. No total, são 48 instituições paradas, além de cinco institutos federais Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
12.jun.2012 - No Rio de Janeiro, também houve protesto de alunos e professores. Os manifestantes ocuparam parte da avenida Rio Branco, no centro da cidade, e seguiram até a Praça 15, na mesma região. No Estado, todas as universidades federais aderiram à greve. No total, são 48 instituições paradas, além de cinco institutos federais Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
12.jun.2012 - No Rio de Janeiro, também houve protesto de alunos e professores. Os manifestantes ocuparam parte da avenida Rio Branco, no centro da cidade, e seguiram até a Praça 15, na mesma região. No Estado, todas as universidades federais aderiram à greve. No total, são 48 instituições paradas, além de cinco institutos federais Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
12.jun.2012 - No Rio de Janeiro, também houve protesto de alunos e professores. Os manifestantes ocuparam parte da avenida Rio Branco, no centro da cidade, e seguiram até a Praça 15, na mesma região. No Estado, todas as universidades federais aderiram à greve. No total, são 48 instituições paradas, além de cinco institutos federais Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
12.jun.2012 - No Rio de Janeiro, também houve protesto de alunos e professores. Os manifestantes ocuparam parte da avenida Rio Branco, no centro da cidade, e seguiram até a Praça 15, na mesma região. No Estado, todas as universidades federais aderiram à greve. No total, são 48 instituições paradas, além de cinco institutos federais Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
12.jun.2012 - No Rio de Janeiro, também houve protesto de alunos e professores. Os manifestantes ocuparam parte da avenida Rio Branco, no centro da cidade, e seguiram até a Praça 15, na mesma região. No Estado, todas as universidades federais aderiram à greve. No total, são 48 instituições paradas, além de cinco institutos federais Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
12.jun.2012 - No Rio de Janeiro, também houve protesto de alunos e professores. Os manifestantes ocuparam parte da avenida Rio Branco, no centro da cidade, e seguiram até a Praça 15, na mesma região. No Estado, todas as universidades federais aderiram à greve. No total, são 48 instituições paradas, além de cinco institutos federais Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
12.jun.2012 - No Rio de Janeiro, também houve protesto de alunos e professores. Os manifestantes ocuparam parte da avenida Rio Branco, no centro da cidade, e seguiram até a Praça 15, na mesma região. No Estado, todas as universidades federais aderiram à greve. No total, são 48 instituições paradas, além de cinco institutos federais Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
12.jun.2012 - No Rio de Janeiro, também houve protesto de alunos e professores. Os manifestantes ocuparam parte da avenida Rio Branco, no centro da cidade, e seguiram até a Praça 15, na mesma região. No Estado, todas as universidades federais aderiram à greve. No total, são 48 instituições paradas, além de cinco institutos federais Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
12.jun.2012 - No Rio de Janeiro, também houve protesto de alunos e professores. Os manifestantes ocuparam parte da avenida Rio Branco, no centro da cidade, e seguiram até a Praça 15, na mesma região. No Estado, todas as universidades federais aderiram à greve. No total, são 48 instituições paradas, além de cinco institutos federais Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
12.jun.2012 - No Rio de Janeiro, também houve protesto de alunos e professores. Os manifestantes ocuparam parte da avenida Rio Branco, no centro da cidade, e seguiram até a Praça 15, na mesma região. No Estado, todas as universidades federais aderiram à greve. No total, são 48 instituições paradas, além de cinco institutos federais Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais
12.jun.2012 - No Rio de Janeiro, também houve protesto de alunos e professores. Os manifestantes ocuparam parte da avenida Rio Branco, no centro da cidade, e seguiram até a Praça 15, na mesma região. No Estado, todas as universidades federais aderiram à greve. No total, são 48 instituições paradas, além de cinco institutos federais Júlio Cesar Guimarães/UOL Mais

Greve de professores nas universidades federais

Mais álbuns de UOL Educação x

Últimos álbuns de Educação



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos