Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://educacao.uol.com.br/album/2012/06/21/greve-nas-universidades-federais.htm
  • totalImagens: 123
  • fotoInicial: 37
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20120621163229
    • greve de professores [29344]; Ensino superior [9155];
Fotos
21.jun.2012 - Em greve, professores da UFPA (Universidade Federal do Pará), em Belém, fecharam os portões da universidade no início da manhã desta quinta-feira (21). Com isso, só pedestres podem entrar na instituição - carros e motos são impedidos. Os docentes também fizeram uma fogueira como forma de protesto Igor Mota/Futura Press Mais
21.jun.2012 - Em greve, professores da UFPA (Universidade Federal do Pará), em Belém, fecharam os portões da universidade no início da manhã desta quinta-feira (21). Com isso, só pedestres podem entrar na instituição - carros e motos são impedidos. Os docentes também fizeram uma fogueira como forma de protesto Igor Mota/Futura Press Mais
21.jun.2012 - Em greve, professores da UFPA (Universidade Federal do Pará), em Belém, fecharam os portões da universidade no início da manhã desta quinta-feira (21). Com isso, só pedestres podem entrar na instituição - carros e motos são impedidos. Os docentes também fizeram uma fogueira como forma de protesto Igor Mota/Futura Press Mais
21.jun.2012 - Em greve, professores da UFPA (Universidade Federal do Pará), em Belém, fecharam os portões da universidade no início da manhã desta quinta-feira (21). Com isso, só pedestres podem entrar na instituição - carros e motos são impedidos. Os docentes também fizeram uma fogueira como forma de protesto Igor Mota/Futura Press Mais
21.jun.2012 - Em greve, professores da UFPA (Universidade Federal do Pará), em Belém, fecharam os portões da universidade no início da manhã desta quinta-feira (21). Com isso, só pedestres podem entrar na instituição - carros e motos são impedidos. Os docentes também fizeram uma fogueira como forma de protesto Igor Mota/Futura Press Mais
21.jun.2012 - Em greve, professores da UFPA (Universidade Federal do Pará), em Belém, fecharam os portões da universidade no início da manhã desta quinta-feira (21). Com isso, só pedestres podem entrar na instituição - carros e motos são impedidos. Os docentes também fizeram uma fogueira como forma de protesto Igor Mota/Futura Press Mais
21.jun.2012 - Em greve, professores da UFPA (Universidade Federal do Pará), em Belém, fecharam os portões da universidade no início da manhã desta quinta-feira (21). Com isso, só pedestres podem entrar na instituição - carros e motos são impedidos. Os docentes também fizeram uma fogueira como forma de protesto Igor Mota/Futura Press Mais
21.jun.2012 - Em greve, professores da UFPA (Universidade Federal do Pará), em Belém, fecharam os portões da universidade no início da manhã desta quinta-feira (21). Com isso, só pedestres podem entrar na instituição - carros e motos são impedidos. Os docentes também fizeram uma fogueira como forma de protesto Igor Mota/Futura Press Mais
21.jun.2012 - Em greve, professores da UFPA (Universidade Federal do Pará), em Belém, fecharam os portões da universidade no início da manhã desta quinta-feira (21). Com isso, só pedestres podem entrar na instituição - carros e motos são impedidos. Os docentes também fizeram uma fogueira como forma de protesto Igor Mota/Futura Press Mais
21.jun.2012 - Em greve, professores da UFPA (Universidade Federal do Pará), em Belém, fecharam os portões da universidade no início da manhã desta quinta-feira (21). Com isso, só pedestres podem entrar na instituição - carros e motos são impedidos. Os docentes também fizeram uma fogueira como forma de protesto Igor Mota/Futura Press Mais
21.jun.2012 - Em greve, professores da UFPA (Universidade Federal do Pará), em Belém, fecharam os portões da universidade no início da manhã desta quinta-feira (21). Com isso, só pedestres podem entrar na instituição - carros e motos são impedidos. Os docentes também fizeram uma fogueira como forma de protesto Igor Mota/Futura Press Mais
21.jun.2012 - Em greve, professores da UFPA (Universidade Federal do Pará), em Belém, fecharam os portões da universidade no início da manhã desta quinta-feira (21). Com isso, só pedestres podem entrar na instituição - carros e motos são impedidos. Os docentes também fizeram uma fogueira como forma de protesto Igor Mota/Futura Press Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Professores de universidades federais, em greve desde o dia 17 de maio, protestam na avenida Paulista, em São Paulo, e pretendem ir até o prédio do Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Servidores administrativos também estão paralisados e participam do ato. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Leonardo Soares/UOL Mais
28.jun.2012 - Em Brasília, professores e servidores em greve protestam em frente ao Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Antonio Araujo/UOL Mais
28.jun.2012 - Em Brasília, professores e servidores em greve protestam em frente ao Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Antonio Araujo/UOL Mais
28.jun.2012 - Em Brasília, professores e servidores em greve protestam em frente ao Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Antonio Araujo/UOL Mais
28.jun.2012 - Em Brasília, professores e servidores em greve protestam em frente ao Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Antonio Araujo/UOL Mais
28.jun.2012 - Em Brasília, professores e servidores em greve protestam em frente ao Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Antonio Araujo/UOL Mais
28.jun.2012 - Em Brasília, professores e servidores em greve protestam em frente ao Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Antonio Araujo/UOL Mais
28.jun.2012 - Em Brasília, professores e servidores em greve protestam em frente ao Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Antonio Araujo/UOL Mais
28.jun.2012 - Em Brasília, professores e servidores em greve protestam em frente ao Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Antonio Araujo/UOL Mais
28.jun.2012 - Em Brasília, professores e servidores em greve protestam em frente ao Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Antonio Araujo/UOL Mais
28.jun.2012 - Em Brasília, professores e servidores em greve protestam em frente ao Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Antonio Araujo/UOL Mais
28.jun.2012 - Em Brasília, professores e servidores em greve protestam em frente ao Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Antonio Araujo/UOL Mais
28.jun.2012 - Em Brasília, professores e servidores em greve protestam em frente ao Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Antonio Araujo/UOL Mais
28.jun.2012 - Em Brasília, professores e servidores em greve protestam em frente ao Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Antonio Araujo/UOL Mais
28.jun.2012 - Em Brasília, professores e servidores em greve protestam em frente ao Banco Central. Docentes de vários Estados devem realizar atos públicos próximos a bancos nesta quinta-feira (28). A principal reivindicação dos professores é a revisão do plano de carreira. Mais de 50 universidades federais estão em greve, além de institutos e centros tecnológicos de educação Antonio Araujo/UOL Mais
29.jun.2012 - Professores e alunos do colégio de aplicação da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) deram um abraço simbólico no prédio nesta sexta-feira (29). O protesto pretende chamar atenção para a greve nas universidades federais, que já dura mais de 40 dias e também afeta as atividades do colégio Ângelo Antonio/Agência O Globo Mais
29.jun.2012 - Professores e alunos do colégio de aplicação da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) deram um abraço simbólico no prédio nesta sexta-feira (29). O protesto pretende chamar atenção para a greve nas universidades federais, que já dura mais de 40 dias e também afeta as atividades do colégio Ângelo Antonio/Agência O Globo Mais
29.jun.2012 - Professores e alunos do colégio de aplicação da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) deram um abraço simbólico no prédio nesta sexta-feira (29). O protesto pretende chamar atenção para a greve nas universidades federais, que já dura mais de 40 dias e também afeta as atividades do colégio Ângelo Antonio/Agência O Globo Mais
5.jul.2012 - A presidente Dilma Rousseff enfrentou nesta quinta-feira (5) protestos de professores, estudantes e funcionários de universidades federais em greve durante a inauguração de uma unidade de saúde em São Bernardo do Campo. "Dilma, a culpa é sua, a minha aula é na rua", gritavam os manifestantes, que também pediam "negocia, negocia" a presidente Alessandro Valle/ABCDigipress/AE Mais
5.jul.2012 - A presidente Dilma Rousseff enfrentou nesta quinta-feira (5) protestos de professores, estudantes e funcionários de universidades federais em greve durante a inauguração de uma unidade de saúde em São Bernardo do Campo. "Dilma, a culpa é sua, a minha aula é na rua", gritavam os manifestantes, que também pediam "negocia, negocia" a presidente Alessandro Valle/ABCDigipress/AE Mais
5.jul.2012 - A presidente Dilma Rousseff enfrentou nesta quinta-feira (5) protestos de professores, estudantes e funcionários de universidades federais em greve durante a inauguração de uma unidade de saúde em São Bernardo do Campo. "Dilma, a culpa é sua, a minha aula é na rua", gritavam os manifestantes, que também pediam "negocia, negocia" a presidente Alessandro Valle/ABCDigipress/AE Mais
5.jul.2012 - A presidente Dilma Rousseff enfrentou nesta quinta-feira (5) protestos de professores, estudantes e funcionários de universidades federais em greve durante a inauguração de uma unidade de saúde em São Bernardo do Campo. "Dilma, a culpa é sua, a minha aula é na rua", gritavam os manifestantes, que também pediam "negocia, negocia" a presidente Alessandro Valle/ABCDigipress/AE Mais
11.jul.2012 - Professores de instituições federais, em greve há mais de 50 dias, realizam um novo protesto no Palácio do Planalto, nesta quarta-feira (11). Estudantes e servidores técnico-administrativos também participam da manifestação. Os docentes tentam entregar uma carta elaborada pelo Comando Nacional de Greve para a presidente Dilma Rousseff. Segundo o sindicato, no documento eles pedem a intervenção da presidente e a abertura imediata de negociações Roberto Jayme/UOL Mais
11.jul.2012 - Professores de instituições federais, em greve há mais de 50 dias, realizam um novo protesto no Palácio do Planalto, nesta quarta-feira (11). Estudantes e servidores técnico-administrativos também participam da manifestação. Os docentes tentam entregar uma carta elaborada pelo Comando Nacional de Greve para a presidente Dilma Rousseff. Segundo o sindicato, no documento eles pedem a intervenção da presidente e a abertura imediata de negociações Roberto Jayme/UOL Mais
11.jul.2012 - Professores de instituições federais, em greve há mais de 50 dias, realizam um novo protesto no Palácio do Planalto, nesta quarta-feira (11). Estudantes e servidores técnico-administrativos também participam da manifestação. Os docentes tentam entregar uma carta elaborada pelo Comando Nacional de Greve para a presidente Dilma Rousseff. Segundo o sindicato, no documento eles pedem a intervenção da presidente e a abertura imediata de negociações Roberto Jayme/UOL Mais
11.jul.2012 - Professores de instituições federais, em greve há mais de 50 dias, realizam um novo protesto no Palácio do Planalto, nesta quarta-feira (11). Estudantes e servidores técnico-administrativos também participam da manifestação. Os docentes tentam entregar uma carta elaborada pelo Comando Nacional de Greve para a presidente Dilma Rousseff. Segundo o sindicato, no documento eles pedem a intervenção da presidente e a abertura imediata de negociações Roberto Jayme/UOL Mais
11.jul.2012 - Professores de instituições federais, em greve há mais de 50 dias, realizam um novo protesto no Palácio do Planalto, nesta quarta-feira (11). Estudantes e servidores técnico-administrativos também participam da manifestação. Os docentes tentam entregar uma carta elaborada pelo Comando Nacional de Greve para a presidente Dilma Rousseff. Segundo o sindicato, no documento eles pedem a intervenção da presidente e a abertura imediata de negociações Roberto Jayme/UOL Mais
11.jul.2012 - Professores de instituições federais, em greve há mais de 50 dias, realizam um novo protesto no Palácio do Planalto, nesta quarta-feira (11). Estudantes e servidores técnico-administrativos também participam da manifestação. Os docentes tentam entregar uma carta elaborada pelo Comando Nacional de Greve para a presidente Dilma Rousseff. Segundo o sindicato, no documento eles pedem a intervenção da presidente e a abertura imediata de negociações Roberto Jayme/UOL Mais
11.jul.2012 - Professores de instituições federais, em greve há mais de 50 dias, realizam um novo protesto no Palácio do Planalto, nesta quarta-feira (11). Estudantes e servidores técnico-administrativos também participam da manifestação. Os docentes tentam entregar uma carta elaborada pelo Comando Nacional de Greve para a presidente Dilma Rousseff. Segundo o sindicato, no documento eles pedem a intervenção da presidente e a abertura imediata de negociações Roberto Jayme/UOL Mais
11.jul.2012 - Professores de instituições federais, em greve há mais de 50 dias, realizam um novo protesto no Palácio do Planalto, nesta quarta-feira (11). Estudantes e servidores técnico-administrativos também participam da manifestação. Os docentes tentam entregar uma carta elaborada pelo Comando Nacional de Greve para a presidente Dilma Rousseff. Segundo o sindicato, no documento eles pedem a intervenção da presidente e a abertura imediata de negociações Roberto Jayme/UOL Mais
11.jul.2012 - Professores de instituições federais, em greve há mais de 50 dias, realizam um novo protesto no Palácio do Planalto, nesta quarta-feira (11). Estudantes e servidores técnico-administrativos também participam da manifestação. Os docentes tentam entregar uma carta elaborada pelo Comando Nacional de Greve para a presidente Dilma Rousseff. Segundo o sindicato, no documento eles pedem a intervenção da presidente e a abertura imediata de negociações Roberto Jayme/UOL Mais
11.jul.2012 - Professores de instituições federais, em greve há mais de 50 dias, realizam um novo protesto no Palácio do Planalto, nesta quarta-feira (11). Estudantes e servidores técnico-administrativos também participam da manifestação. Os docentes tentam entregar uma carta elaborada pelo Comando Nacional de Greve para a presidente Dilma Rousseff. Segundo o sindicato, no documento eles pedem a intervenção da presidente e a abertura imediata de negociações Roberto Jayme/UOL Mais
11.jul.2012 - Professores de instituições federais, em greve há mais de 50 dias, realizam um novo protesto no Palácio do Planalto, nesta quarta-feira (11). Estudantes e servidores técnico-administrativos também participam da manifestação. Os docentes tentam entregar uma carta elaborada pelo Comando Nacional de Greve para a presidente Dilma Rousseff. Segundo o sindicato, no documento eles pedem a intervenção da presidente e a abertura imediata de negociações Roberto Jayme/UOL Mais
12.jul.2012 - federais em greve do Rio de Janeiro realizam intervenções artísticas em estátuas de personalidades nesta quinta-feira (12). Na foto, manifestação feita ao lado da estátua de Manuel Bandeira, na av. presidente Wilson (centro do Rio). Segundo a organização do protesto, ao lado de cada monumento haverá um banner afirmando que o artista homenageado apoia a greve dos professores e diria: "Negocia,Dilma!" Júlio César Guimarães/UOL Mais
12.jul.2012 - Professores, estudantes e servidores técnicos-administrativos das universidades federais em greve do Rio de Janeiro realizam intervenções artísticas em estátuas de personalidades nesta quinta-feira (12). Na foto, manifestação feita ao lado da estátua de Manuel Bandeira, na av. presidente Wilson (centro do Rio). Segundo a organização do protesto, ao lado de cada monumento haverá um banner afirmando que o artista homenageado apoia a greve dos professores e diria: "Negocia,Dilma!" Júlio César Guimarães/UOL Mais
12.jul.2012 - Professores, estudantes e servidores técnicos-administrativos das universidades federais em greve do Rio de Janeiro realizam intervenções artísticas em estátuas de personalidades nesta quinta-feira (12). Na foto, manifestação feita ao lado da estátua de Manuel Bandeira, na av. presidente Wilson (centro do Rio). Segundo a organização do protesto, ao lado de cada monumento haverá um banner afirmando que o artista homenageado apoia a greve dos professores e diria: "Negocia,Dilma!" Júlio César Guimarães/UOL Mais
12.jul.2012 - Professores, estudantes e servidores técnicos-administrativos das universidades federais em greve do Rio de Janeiro realizam intervenções artísticas em estátuas de personalidades nesta quinta-feira (12). Na foto, manifestação feita ao lado da estátua de Manuel Bandeira, na av. presidente Wilson (centro do Rio). Segundo a organização do protesto, ao lado de cada monumento haverá um banner afirmando que o artista homenageado apoia a greve dos professores e diria: "Negocia,Dilma!" Júlio César Guimarães/UOL Mais
12.jul.2012 - No centro do Rio, professores, estudantes e servidores técnicos-administrativos das universidades federais em greve fazem protesto ao lado de estátua de Carlos Gomes. Segundo a organização do protesto, ao lado de cada monumento haverá um banner com uma "brincadeira", afirmando que o artista homenageado apoia a greve dos professores e diria: "Negocia, Dilma!" Júlio César Guimarães/UOL Mais
12.jul.2012 - No centro do Rio, professores, estudantes e servidores técnicos-administrativos das universidades federais em greve fazem protesto ao lado de estátua de Carlos Gomes. Segundo a organização do protesto, ao lado de cada monumento haverá um banner com uma "brincadeira", afirmando que o artista homenageado apoia a greve dos professores e diria: "Negocia, Dilma!" Júlio César Guimarães/UOL Mais
12.jul.2012 - No centro do Rio, professores, estudantes e servidores técnicos-administrativos das universidades federais em greve fazem protesto ao lado de estátua de Carlos Gomes. Segundo a organização do protesto, ao lado de cada monumento haverá um banner com uma "brincadeira", afirmando que o artista homenageado apoia a greve dos professores e diria: "Negocia, Dilma!" Júlio César Guimarães/UOL Mais
12.jul.2012 - Manifestantes cobrem com sacos cabeça das estátuas do irmãos Bernadelli, na praça do Lido, em Copacabana. A ação faz parte de protesto de professores, estudantes e servidores técnicos-administrativos das universidades federais em greve do Rio de Janeiro que pedem para que a presidente Dilma entre na negociação André Lobo/UOL Mais
12.jul.2012 - Manifestantes cobrem com sacos cabeça das estátuas do irmãos Bernadelli, na praça do Lido, em Copacabana. A ação faz parte de protesto de professores, estudantes e servidores técnicos-administrativos das universidades federais em greve do Rio de Janeiro que pedem para que a presidente Dilma entre na negociação André Lobo/UOL Mais
12.jul.2012 - Já no calçadão da praia de Copacabana, os manifestantes usaram a estátua do compositor Dorival Caymmi (1914-2008) para protestar e pedir que a presidente Dilma Rousseff entre na negociação com os professores e servidores em greve André Lobo/UOL Mais
12.jul.2012 - Já no calçadão da praia de Copacabana, os manifestantes usaram a estátua do compositor Dorival Caymmi (1914-2008) para protestar e pedir que a presidente Dilma Rousseff entre na negociação com os professores e servidores em greve André Lobo/UOL Mais
12.jul.2012 - Já no calçadão da praia de Copacabana, os manifestantes usaram a estátua do compositor Dorival Caymmi (1914-2008) para protestar e pedir que a presidente Dilma Rousseff entre na negociação com os professores e servidores em greve André Lobo/UOL Mais
12.jul.2012 - Já no calçadão da praia de Copacabana, os manifestantes usaram a estátua do compositor Dorival Caymmi (1914-2008) para protestar e pedir que a presidente Dilma Rousseff entre na negociação com os professores e servidores em greve André Lobo/UOL Mais
12.jul.2012 - Já no calçadão da praia de Copacabana, os manifestantes usaram a estátua do compositor Dorival Caymmi (1914-2008) para protestar e pedir que a presidente Dilma Rousseff entre na negociação com os professores e servidores em greve André Lobo/UOL Mais
12.jul.2012 - A estátua do escritor Carlos Drummond de Andrade (1902-1987), em Copacabana, no Rio, também foi usada para protestar e pedir que a presidente Dilma Rousseff entre na negociação com os professores e servidores em greve André Lobo/UOL Mais
12.jul.2012 - A estátua do escritor Carlos Drummond de Andrade (1902-1987), em Copacabana, no Rio, também foi usada para protestar e pedir que a presidente Dilma Rousseff entre na negociação com os professores e servidores em greve André Lobo/UOL Mais
12.jul.2012 - A estátua do escritor Carlos Drummond de Andrade (1902-1987), em Copacabana, no Rio, também foi usada para protestar e pedir que a presidente Dilma Rousseff entre na negociação com os professores e servidores em greve André Lobo/UOL Mais
12.jul.2012 - A estátua do escritor Carlos Drummond de Andrade (1902-1987), em Copacabana, no Rio, também foi usada para protestar e pedir que a presidente Dilma Rousseff entre na negociação com os professores e servidores em greve André Lobo/UOL Mais
12.jul.2012 - A estátua do escritor Carlos Drummond de Andrade (1902-1987), em Copacabana, no Rio, também foi usada para protestar e pedir que a presidente Dilma Rousseff entre na negociação com os professores e servidores em greve André Lobo/UOL Mais
12.jul.2012 - A estátua do escritor Carlos Drummond de Andrade (1902-1987), em Copacabana, no Rio, também foi usada para protestar e pedir que a presidente Dilma Rousseff entre na negociação com os professores e servidores em greve André Lobo/UOL Mais
12.jul.2012 - A estátua do escritor Carlos Drummond de Andrade (1902-1987), em Copacabana, no Rio, também foi usada para protestar e pedir que a presidente Dilma Rousseff entre na negociação com os professores e servidores em greve André Lobo/UOL Mais
13.jul.2012 - Antes da reunião entre representantes do governo e das entidades sindicais, Marinalva Oliveira, presidente do Andes-SN (Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior), afirmou que, independentemente da proposta, será preciso discuti-la no conselho geral de greve e nas assembleias de base, para só então definir se a greve continua ou não. "Acho que isso deve levar ao menos uma semana, mas só saberemos depois", afirmou Antonio Araujo/UOL Mais
13.jul.2012 - Antes da reunião entre representantes do governo e das entidades sindicais, professores em greve fizeram um pequeno protesto em frente ao Ministério do Planejamento Antonio Araujo/UOL Mais
13.jul.2012 - Antes da reunião entre representantes do governo e das entidades sindicais, professores em greve fizeram um pequeno protesto em frente ao Ministério do Planejamento Antonio Araujo/UOL Mais
13.jul.2012 - Antes da reunião entre representantes do governo e das entidades sindicais, professores em greve fizeram um pequeno protesto em frente ao Ministério do Planejamento Antonio Araujo/UOL Mais
13.jul.2012 - Antes da reunião entre representantes do governo e das entidades sindicais, professores em greve fizeram um pequeno protesto em frente ao Ministério do Planejamento Antonio Araujo/UOL Mais
13.jul.2012 - Antes da reunião entre representantes do governo e das entidades sindicais, professores em greve fizeram um pequeno protesto em frente ao Ministério do Planejamento Antonio Araujo/UOL Mais
13.jul.2012 - Antes da reunião entre representantes do governo e das entidades sindicais, professores em greve fizeram um pequeno protesto em frente ao Ministério do Planejamento Antonio Araujo/UOL Mais
13.jul.2012 - Antes da reunião entre representantes do governo e das entidades sindicais, professores em greve fizeram um pequeno protesto em frente ao Ministério do Planejamento Antonio Araujo/UOL Mais
13.jul.2012 - Antes da reunião entre representantes do governo e das entidades sindicais, professores em greve fizeram um pequeno protesto em frente ao Ministério do Planejamento Antonio Araujo/UOL Mais
13.jul.2012 - Para Augusto Vieira, 34, professor do curso de serviço social da UFG (Universidade Federal de Goiás), a postura do governo de adiar para apresentar alguma proposta é "desrespeitosa". "A situação em sala de aula é problemática. Outro dia, um ventilador de teto caiu em cima de uma aluna", contou. Depois de dizer que só teria agenda para depois do dia 31 de julho, o governo federal marcou uma nova reunião para esta sexta-feira (13) Antonio Araujo/UOL Mais
13.jul.2012 - A professora de história Tereza Spyer, 31, que dá aula na Unila (Universidade Federal da Integração Latino-Americana), veio há dez dias de Foz do Iguaçu para Brasília para participar do movimento de greve. "Os problemas estão principalmente nas unidades que fizeram parte do programa de expansão do governo. Faltam laboratórios e infraestrutura adequada para dar aula. Lá em Foz do Iguaçu, por exemplo, não há sede própria ainda e 40% das obras estão atrasadas" Antonio Araujo/UOL Mais
13.jul.2012 - Representantes de professores em greve das instituições federais de ensino estão sendo recebidos nesta tarde pelo secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Planejamento, Sérgio Mendonça, para tentar dar fim ao movimento. Após dizer que só teria agenda depois de 31 de julho, o governo federal voltou atrás e marcou uma reunião para hoje Antonio Araujo/UOL Mais
13.jul.2012 - Representantes de professores em greve das instituições federais de ensino estão sendo recebidos nesta tarde pelo secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Planejamento, Sérgio Mendonça, para tentar dar fim ao movimento. Após dizer que só teria agenda depois de 31 de julho, o governo federal voltou atrás e marcou uma reunião para hoje Antonio Araujo/UOL Mais
13.jul.2012 - Representantes de professores em greve das instituições federais de ensino estão sendo recebidos nesta tarde pelo secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Planejamento, Sérgio Mendonça, para tentar dar fim ao movimento. Após dizer que só teria agenda depois de 31 de julho, o governo federal voltou atrás e marcou uma reunião para hoje Antonio Araujo/UOL Mais
13.jul.2012 - Representantes de professores em greve das instituições federais de ensino estão sendo recebidos nesta tarde pelo secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Planejamento, Sérgio Mendonça, para tentar dar fim ao movimento. Após dizer que só teria agenda depois de 31 de julho, o governo federal voltou atrás e marcou uma reunião para hoje Antonio Araujo/UOL Mais
13.jul.2012 - Os ministros do Planejamento, Miriam Belchior, e da Educação, Aloizio Mercadante, apresentam a proposta de reajuste salarial dos professores universitários. O plano traz mudanças no plano de carreira e um aumento salarial que pode chegar a até 45,1% para o topo da carreira Antonio Araujo/UOL Mais
13.jul.2012 - Os ministros do Planejamento, Miriam Belchior, e da Educação, Aloizio Mercadante, apresentam a proposta de reajuste salarial dos professores universitários. O plano traz mudanças no plano de carreira e um aumento salarial que pode chegar a até 45,1% para o topo da carreira Antonio Araujo/UOL Mais
13.jul.2012 - Os ministros do Planejamento, Miriam Belchior, e da Educação, Aloizio Mercadante, apresentam a proposta de reajuste salarial dos professores universitários. O plano traz mudanças no plano de carreira e um aumento salarial que pode chegar a até 45,1% para o topo da carreira Antonio Araujo/UOL Mais
13.jul.2012 - Os ministros do Planejamento, Miriam Belchior, e da Educação, Aloizio Mercadante, apresentam a proposta de reajuste salarial dos professores universitários. O plano traz mudanças no plano de carreira e um aumento salarial que pode chegar a até 45,1% para o topo da carreira Antonio Araujo/UOL Mais

Greve nas universidades federais

Mais álbuns de UOL Educação x

Veja mais: Veja mais fotos da greve nas universidades federais

Últimos álbuns de Educação



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos