UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Atualidades

21/02/2008 - 14h40

Petrobras

Empresa é recordista na extração de óleo em águas profundas

Manuela Martinez*
Especial para a Página 3 Pedagogia & Comunicação
Divulgação/Gov. BA

Empresa brasileira é recordista mundial na extração de óleo em águas profundas

A Petrobras é um caso raro de empresa de um país em desenvolvimento que conquistou espaço e liderança no mercado mundial. Atualmente, a Petrobras está presente com atividades operacionais ou escritórios em 27 países e ocupa o 14º no ranking entre todas as empresas de petróleo -entre as companhias de capital aberto, a posição da Petrobras melhora ainda mais e a empresa fica em 7º lugar.

O embrião para o surgimento da Petróleo Brasileiro S/A, a Petrobras, foi a Lei 2.004, sancionada no dia 3 de outubro de 1953 pelo presidente Getúlio Vargas, que estabelecia o monopólio da União sobre as atividades da indústria petrolífera. A mesma lei determinava, também, que a União tinha autorização para constituir a Petrobras, fato que aconteceu no dia 12 de março de 1954, poucos meses antes do suicídio do presidente Vargas, ocorrido no dia 24 de agosto.

"O Petróleo é Nosso"

Em 2 de abril do mesmo ano, o governo editou o decreto 35.308, aprovando a criação da empresa, que nasceu sob uma grande campanha nacionalista. Durante mais de dois anos, políticos, empresários e sindicalistas favoráveis à criação da companhia participaram da campanha "O Petróleo é Nosso", que se espalhou por todos os Estados do país.

A história de nacionalizar a produção dos bens do subsolo, no entanto, é muito anterior à criação da Petrobras. Na década de 30, o escritor Monteiro Lobato escreveu muitos artigos para jornais defendendo a soberania do Brasil em relação à produção do petróleo. No final da década de 30, em um bairro da periferia de Salvador, na Bahia, foi descoberto o primeiro poço de petróleo do Brasil. O bairro recebeu o nome de Lobato, em homenagem a Francisco Rodrigues Lobato, proprietário da fazenda onde foi encontrado o "ouro negro", como era conhecido o petróleo à época.

Petrossauro

Entre 1954 e 1977, a Petrobras reinou sozinha no Brasil. A empresa tinha o monopólio de exploração e produção de petróleo, gás natural e derivados. Foi justamente neste período que a estatal foi acusada por muitos especialistas de ser uma empresa acomodada e ineficiente, recebendo o apelido pejorativo de "Petrossauro": a empresa seria enorme e antiquada, assim como os dinossauros.

Durante grande parte da década de 70, os funcionários da Petrobras apresentavam uma produtividade 25% inferior à média registrada na indústria e o Brasil era obrigado a importar petróleo, mesmo tendo uma empresa que detinha o monopólio do setor. A mudança de perfil começou na década de 80, quando a Petrobras passou a investir mais em tecnologia e expandiu os seus negócios.

Auto-suficiência

A Petrobras começou as suas atividades produzindo cerca de 2.700 barris por dia. Mais de meio século depois, a empresa fechou janeiro de 2008 produzindo 1,826 milhão de barris/dia de petróleo. No exterior, no mesmo período, a empresa produziu 227 mil barris por dia de óleo e gás.

Além da melhoria em seu desempenho, que pode levar o Brasil à auto-suficiência na produção de petróleo nos próximos anos, a Petrobras também apresenta um grande diferencial, quando comparada às suas concorrentes: a empresa brasileira é recordista mundial na extração de óleo em águas profundas.
Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Vídeos

    Porta Curtas

    Procure um filme por tema, nome do diretor, ano de produção ou outra palavra-chave

    Datas Comemorativas Revistas e Sites Lição de Casa Dicionários

    Aulete

    Português

    Houaiss

    Português

    Michaelis


    Tradutor Babylon


    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host