UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Banco de redações

Redação

Aluno:***

Idade:***

Colégio:***

5,0

Benefícios gerados pela Copa de 2014

O Brasil, que por muitos é considerado o país do futebol ou até mesmo o país da violência, irá sediar a Copa de 2014. Mas será que temos condição de preparar um evento como esse que é esperado pelo mundo inteiro?

Os gastos serão altos, tanto para [a] construção civil, na construção e reforma de estádios de futebol, quanto na [para a] rede de hotelaria, hospitais, segurança, tráfego aéreo entre tantos outros, para dar conta dos atletas e de tantos turistas que serão [são] esperados para a Copa.

Estes [Esses] fatores
poderão contribuir de uma forma positiva para o nosso país, pois com os investimentos gerados por esse evento, o número de empregos irá aumentar, além de movimentar a economia, e depois que a Copa terminar teremos suporte, com os novos estádios, para grandes futuros eventos que possam vir [vir a] acontecer, atraindo ainda mais os turistas para cá.

Portanto, é preciso ser feito muito ainda até lá, mas depois que tudo estiver pronto poderemos mostrar a grande beleza do Brasil, mudando a imagem negativa que alguns têm; além de trazer diversão e entretenimento para as pessoas, pois o futebol é uma paixão mundial.
 

Comentário geral

Basicamente, o melhor dessa redação está no segundo e no terceiro parágrafo, onde o autor consegue desenvolver um raciocínio, o que é a essência de uma dissertação. Mas o desenvolvimento é prejudicado por uma introdução fraca e uma conclusão mediana. Vale notar também que a redação traduz uma abordagem singela e ingênua do tema, de modo que não consegue dar conta de sua complexidade.
 

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: a) o contraste entre futebol e violência é tão grande, que não se entende porque ele foi mencionado aqui e em que medida a questão da violência se relaciona com a questão da Copa. b) A pergunta colocada aqui ficará sem resposta no decorrer da redação. Então, ela não se justifica. Resultado: vários elementos apresentados nesse parágrafo soam gratuitos e permanecerão como pontas soltas, que o texto se esquece de atar.

2) Segundo e terceiro parágrafo: De maneira confusa, devido a um uso incorreto das preposições e da escolha do vocabulário, a redação afirma que os gastos serão altos (2o. parágrafo), mas que valerá a pena (3o. parágrafo). Faltou, porém, uma conjunção adversativa que relacionasse as duas declarações. Iniciar, por exemplo, o terceiro parágrafo com um no entanto aumentaria a coesão entre os parágrafos, deixando o raciocínio do autor mais claro.

3) Último parágrafo: a que beleza o autor se refere, à beleza natural? A ideia fica vaga. Não se sabe se essa imagem negativa está relacionada à violência aludida no primeiro parágrafo.

Competências avaliadas

CompetênciaNota
1.Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita.1,0
2.Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.1,0
3.Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.1,0
4.Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.1,0
5.Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.1,0
Total 5,0

Desempenho do aluno em cada competência

Nota 2,0 - Satisfatório Nota 0,5 - Fraco
Nota 1,5 - Bom Nota 0,0 - Insatisfatório
Nota 1,0 - Regular
Leia a proposta completa
Leia outras redações avaliadas
Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host