UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Banco de redações

Redação

Aluno:***

Idade:***

Colégio:***

6,0

Democracia e corrupção

O Brasil é uma república democrática presidencial desde 1889, mas o modelo de votação, denominado proporcional, foi implantado pela constituição [Constituição] de 1988. Muitos cidadãos questionam se este sistema é realmente igualitário e transmite a vontade do eleitor, e quase sempre se convencem que é necessário algumas mudanças, como por exemplo, o voto distrital, utilizado nos Estados Unidos.

O voto proporcional utilizado no Brasil apresenta claros problemas em sua estrutura. Em todas as eleições, milhares de pessoas se candidatam a deputado, portanto os eleitores não têm condições de conhecer todos estes e acabam não escolhendo de maneira correta. Além disto, muitos são eleitos recebendo poucos votos, só entrando por meio do quociente eleitoral.

A democracia nos Estados Unidos é uma das mais respeitadas do mundo. O sistema eleitoral consiste no voto distrital, onde a população escolhe seu representante por distrito, e este encaminha os interesses da população aos seus superiores. A última eleição americana demonstrou o quão eficiente é este sistema, que culminou com a vitória de um representante da minoria, Barack Obama, o primeiro presidente negro dos Estados Unidos.

Muitos críticos da política se posicionam contra o voto distrital, argumentando que é excludente e favorece o bipartidarismo. Contudo, este modelo de votação aumenta a aproximação do eleitor a seu candidato, diminui o leque de opções, dando ao cidadão maior capacidade de escolha e deixa a população com maiores condições de fiscalizar de perto a [as] pessoas em que votou.

A partir da discussão sobre a melhor forma de votação, entende-se que o voto distrital é aquele que mais se aproxima da igualdade entre os cidadãos e garante o direito de cada pessoa na sociedade. Logo, a alternativa apresentada para acabar com a corrupção e diminuir a distância entre os políticos e os eleitores é simplesmente mudar o sistema de votação e garantir a democracia no Brasil.
 

Comentário geral

Apesar de não apresentar erros gramaticais, o texto revela incapacidade de compreensão clara dos assuntos abordados ou de expressão precisa desses mesmos assuntos, como se verá nos aspectos pontuais. De resto, a redação fica no limite entre o expositivo e o argumentativo, sem apresentar as devidas conexões formais entre os argumentos, para que deles se extraia uma conclusão.
 

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: a) Em república democrática presidencial, há um erro conceitual: o Brasil é uma república presidencialista. b) O voto proporcional não foi implantado pela Constituição de 1988. c) A informação de que muitos cidadãos se questionam sobre o voto é imprecisa. O que há de fato é que, mediante uma proposta que parte de parlamentares, um grupo de cidadãos se constituiu em movimento para fazer outra proposta.

2) Segundo parágrafo: não existe nenhum problema de estrutura. O termo é usado aqui de modo inadequado.

3) Terceiro parágrafo: as informações são incorretas. a) Ninguém encaminha nada a superiores: não é assim que funciona o Congresso nacional. Não existe superioridade entre os poderes. b) A eleição do presidente Obama não serve de exemplo, pois a votação para o cargo de presidente é majoritária e não proporcional.

4) Quarto parágrafo: não se trata de críticos da política, mas de críticos do voto distrital.

5) Quinto parágrafo: não se trata de acabar, mas de tentar acabar, de tornar mais difícil a corrupção.

Competências avaliadas

CompetênciaNota
1.Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita.2,0
2.Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.1,5
3.Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.1,5
4.Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.0,5
5.Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.0,5
Total 6,0

Desempenho do aluno em cada competência

Nota 2,0 - Satisfatório Nota 0,5 - Fraco
Nota 1,5 - Bom Nota 0,0 - Insatisfatório
Nota 1,0 - Regular
Leia a proposta completa
Leia outras redações avaliadas
Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host