UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Banco de redações

Redação

Aluno:***

Idade:***

Colégio:***

3,0

Deve-se reduzir a maioridade penal no Brasil?

Os atos de criminalidade tem [têm] crescido muito nos últimos anos, atos esses em sua maioria praticados por menores de idade e é ai que vem a pergunta, [pergunta:] será que não está na hora de reduzir a maioridade penal no Brasil? Não pois reduzindo colocará os adolescentes desprotergidos [desprotegidos] e a [à] margem de uma sociedade sem lei.

Mas [Mas,] se não reduzir [reduzir,] eles vão continuar fazendo os mesmos crimes? Se não tomarem providências em relação ao caráter deles, sim. O que deveria ser feito em relação isso [a isso] era cuidar do pscológico [psicológico] , mostrar a eles a realidade das coisas, e coloca-ló [colocá-los] para prestar serviços comunitários junto a instituições que prezem o caráter de cada um.

O Brasil está indo em [seguindo] um caminho complicado, e que as futuras gerações estão nas nossas mãos, pois a redução da maioridade penal não é a alternativa para diminuir crimes cometidos por menores de idade e, fim [sim] prezar pelo caráter de daqueles jovens que ainda tem [têm] .
 

Comentário geral

Texto fraco, que apresenta o esboço de uma estrutura dissertativa, prejudicada principalmente pelo parágrafo final, num conjunto que conta apenas com mais dois parágrafos. A linguagem é coloquial, não apresenta o grau de formalidade que exige a norma culta e há erros graves.
 

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: a) por que complicar, falar em "atos de criminalidade"? A rigor, são atos criminosos, mas poderiam ser simplesmente mencionados como "crimes". b) Além da pontuação, a frase apresenta problemas de sintaxe e semântica: estar à margem de uma sociedade sem lei, significa, talvez, escapar à falta de leis dessa sociedade...

2) Segundo parágrafo: reduzir é transitivo e exige um complemento que não está devidamente explícito na frase.

3) Terceiro parágrafo: as orações não se concatenam corretamente: as duas primeiras são declarações avulsas que os conectivos "e que" não unem. A solução apresentada "prezar pelo caráter dos que ainda têm" não tem um significado concreto, nem chega a constituir uma alternativa que possa ser considerada como eventual meio de solução do problema. O que significa prezar pelo caráter de um adolescente que coloca fogo numa vítima que não tem dinheiro suficiente na conta bancária?

Competências avaliadas

CompetênciaNota
1.Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita.0,5
2.Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.1,0
3.Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.0,5
4.Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.0,5
5.Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.0,5
Total 3,0

Desempenho do aluno em cada competência

Nota 2,0 - Satisfatório Nota 0,5 - Fraco
Nota 1,5 - Bom Nota 0,0 - Insatisfatório
Nota 1,0 - Regular
Leia a proposta completa
Leia outras redações avaliadas
Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host