UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Banco de redações

Redação

Aluno:***

Idade:***

Colégio:***

3,5

O lixo e suas consequências na sociedade

Com o avanço das novas tecnologias, o aumento acelerado da sociedade e a praticidade que o mundo atual oferece, fica cada vez mais difícil controlar a produção desordenada de lixo nas grandes cidades.

Devido as [às] mudanças ocorridas, a sociedade busca consumir o que é prático e rápido, gerando uma quantidade cada vez maior de lixo, os quais são descartados [o qual é descartado] de maneira imprópria, como é o caso das baterias de celulares, pilhas e as famosas sacolas plásticas que impedem o escoamento das águas das chuvas nos bueiros. [que, quando caem nos bueiros, impedem o escoamento das águas das chuvas.]

Recentemente, foram tomadas algumas medidas que proíbem a distribuição de sacolinhas plásticas em supermercados e em outros estabelecimentos, porém essa não foi à melhor solução para tal problema.

É evidente que a população tem uma parcela de culpa em relação a esta [essa] problemática que preocupa o Brasil. Sendo assim, enquanto os órgãos responsáveis não encontram uma solução para resolver a situação do lixo nas ruas.

É importante que todos os cidadãos venham conscientizar-se sobre os danos causados ao meio ambiente e os que ainda estão por vir.


Uma opção para amenizar o problema do lixo na sociedade de consumo é o processo de reciclagem, que além de preservar o meio ambiente também gera riquezas, os materiais mais reciclados são o vidro, o alumínio, o papel e o plástico. Esta reciclagem contribui para a diminuição significativa da poluição do solo, da água e do ar e principalmente das grandes cidades. Além de gerar emprego para milhares de pessoas.

Se cada um descartar o seu lixo de maneira correta, separando cada um no seu devido lugar, reaproveitando aqueles que ainda podem ser aproveitados, usando as sobras de comida e cascas de verduras como adubo para as plantas, com certeza o meio ambiente não será tão prejudicado futuramente. Cada um fazendo a sua parte o problema pode ser amenizado.

Comentário geral

O autor usou os quatro últimos parágrafos para discutir soluções, fragmentando as ideias. Faltou organização à estrutura do texto, que acabou composto de muitos parágrafos superficiais, pouco informativos.

Aspectos pontuais

1) Segundo parágrafo: verifique a ordem dos termos na frase para garantir a clareza das ideias.

2) Terceiro parágrafo: é preciso desenvolver o comentário, explicar por que aquela não foi a melhor solução.

3) Quarto parágrafo: parágrafo muito mal construído, pois além de estar incompleto (a segunda frase não faz sentido), parece concluir a análise, o que não acontece, pois o texto ainda está no meio do desenvolvimento.

4) Quinto parágrafo: não há conteúdo para sustentar o parágrafo.

5) Sexto parágrafo: qual a finalidade de descrever os grupos de materiais recicláveis? Informação desnecessária, sem função.

6) Sétimo parágrafo: o texto fecha com uma frase clichê. Evite isso, pois empobrece ainda mais a análise.

Competências avaliadas

CompetênciaNota
1.Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita.1,0
2.Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.0,5
3.Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.0,5
4.Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.0,5
5.Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.1,0
Total 3,5

Desempenho do aluno em cada competência

Nota 2,0 - Satisfatório Nota 0,5 - Fraco
Nota 1,5 - Bom Nota 0,0 - Insatisfatório
Nota 1,0 - Regular
Leia a proposta completa
Leia outras redações avaliadas
Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host