UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Banco de redações

Proposta de outubro de 2007

A energia nuclear é uma boa solução para o Brasil?

O país possui duas usinas nucleares: Angra 1 e Angra 2, no Estado do Rio de Janeiro. O governo planeja a instalação de Angra 3. Mas o uso de energia nuclear tem dividido a opinião dos especialistas. O benefício é que ela não polui a atmosfera nem contribui para o aquecimento global. Há também vantagens na sua utilização em medicina, agropecuária, indústria, etc. Porém, o grande problema dessa matriz energética é que os restos do urânio enriquecido viram um lixo perigoso, sem falar no risco de acidentes.

Leia a proposta completa
Leia outras redações avaliadas

Redação

Mariana Veronezi***

Idade:18 anos

Colégio:Colégio Objetivo - Catanduva (SP)

9,0

Uma opção para a vida

Lavoisier, francês, pai da Química moderna, dizia em sua teoria que "na natureza nada se cria, nada se destrói, tudo se transforma". Este é praticamente o mesmo princípio da conservação de energia, que diz que esta não se cria nem se destrói, mas é transformada, com a sua quantidade total permanecendo sempre constante. A energia constitui uma das coisas do universo que não possuem definição e simplesmente não se vive sem. O conceito de energia dialoga tanto com as necessidades pessoais e familiares, passando pelo âmbito do comércio e economia, quanto com as relações internacionais.

As fontes energéticas de que dispomos hoje em nosso país são as mais variadas. Utilizamos os combustíveis fósseis como o carvão e o petróleo (largamente empregado na geração de energia e na movimentação da economia brasileira), a energia hidrelétrica, uma das mais utilizadas, e também a energia nuclear, fonte moderna, mas até então pouco utilizada apesar das suas grandes vantagens.

O Brasil possui hoje duas instalações geradoras de energia nuclear, as usinas Angra I e Angra II, que não podem ser consideradas exemplos de sucesso. A instalação das usinas, tendo sido feita no mar, prejudica a fauna e a flora da circunscrição com os detritos nucleares que atingem o oceano. As usinas pecam pelas relapsas atenção e manutenção dispensadas ao lixo radioativo, que configura a maior desvantagem desse tipo de fonte energética. Além disso, as usinas hoje são consideradas obsoletas.

No entanto, se as autoridades competentes dessem a devida atenção às usinas, a energia nuclear se tornaria se não a melhor, uma das melhores opções de obtenção de energia para o nosso país. A energia nuclear não é poluente e, como não lança dióxido de carbono na atmosfera, não contribui para o aquecimento global, uma das maiores preocupações da atualidade.

A energia nuclear poderia substituir a hidrelétrica, amplamente utilizada no nosso país, mas que contribui para o escasseamento dos recursos hídricos do planeta. Poderia também fornecer energia no lugar do petróleo, combustível fóssil, findável, e que contribui em grande parcela para a poluição e o aquecimento global. Para isso, basta o empenho do Estado ou até de iniciativas privadas no desenvolvimento do projeto recém-nascido Angra III e também no cuidado com o lixo radioativo. Assim, não presenciaremos novamente acidentes como o de Goiânia - césio 137 e também não teremos nossa natureza degradada, já que nela nada se cria.

Comentário geral


Excelente redação, com conteúdo, conceitos e opiniões bem fundamentados. A divisão em parágrafos acompanha a estrutura argumentativa. O texto demonstra grande domínio da norma culta e desenvoltura na expressão escrita.

Aspectos pontuais


Uma única ressalva: o primeiro parágrafo constitui o que se chama em linguagem jornalística de "nariz-de-cera". É um parágrafo introdutório que retarda a entrada no assunto específico do texto e indica prolixidade. Note que ele pode ser retirado sem prejuízo do restante da redação.

Competências avaliadas

Competência Nota
1. Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 1,5
2. Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 2,0
3. Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 2,0
4. Demonstrar conhecimento dos mecanismos lingüísticos necessários para a construção da argumentação. 1,5
5. Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 2,0
Total 9,0

Desempenho do aluno em cada competência

Nota 2,0 - Satisfatório Nota 0,5 - Fraco
Nota 1,5 - Bom Nota 0,0 - Insatisfatório
Nota 1,0 - Regular
Leia a proposta completa
Leia outras redações avaliadas
Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host