UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Biografias

Ginasta brasileira

Daiane dos Santos

10/02/1983, Porto Alegre, RS

Da Página 3 Pedagogia & Comunicação

[creditofoto]

[creditofoto]

Daiane dos Santos é condecorada pelo governo de seu Estado natal, o Rio Grande do Sul

Daiane Garcia dos Santos iniciou-se tardiamente no esporte. Foi descoberta pela professora Cleusa de Paula aos 11 anos, quando brincava em uma praça de Porto Alegre. Começou a treinar na AACETE (Associação dos Amigos do Centro Estadual de Treinamento Esportivo) e depois no Grêmio Náutico União.

Aos 16 anos, conquistou duas medalhas (prata no salto sobre cavalos e bronze por equipes) nos Jogos Pan-americanos de Winnipeg (Canadá). Em 2003, passou a morar em Curitiba e durante o Pan-americano de Santo Domingo ganhou o bronze por equipes.

No mesmo ano, fez história ao se tornar a primeira brasileira a conquistar uma medalha de ouro no Mundial de Ginástica, disputado em Anaheim, na Califórnia, EUA. Além disso, apresentou pela primeira vez o salto "duplo twist carpado", desenvolvido em parceria com o técnico ucraniano Oleg Ostapenko. Consistindo num salto em que a atleta gira em torno de si (twist) e depois dá um mortal duplo, o movimento foi batizado com seu nome, "Dos Santos".

Daiane ganhou medalhas de ouro no solo em Stuttgart e Cottbus (Alemanha) e depois em Lyon (França) e no Rio de Janeiro (Brasil). Nas Olimpíadas de Atenas, em 2004, com problemas no joelho, foi a quinta colocada no solo, mas mostrou o "Dos Santos 2", o duplo twist esticado.

Em dezembro de 2004, ao som da música "Brasileirinho", de Waldir Azevedo, tornou-se Campeã Mundial de solo em Birmingham (Inglaterra). No ano seguinte, a ginasta tentou defender seu título mundial em Melbourne, Austrália, mas acabou em sétimo lugar.

Em Moscou, em 2006, Daiane recebeu a medalha de ouro ao som de "Isto Aqui O Que É?" de Ari Barroso e ganhou a final realizada em São Paulo, mas no Campeonato Mundial de Aarhus (Dinamarca) ficou somente com a quarta colocação.

Em maio de 2007, Daiane disputou a Copa Mundial Ghent, ganhando uma medalha de bronze no solo. No Pan-americano no Rio de Janeiro, sofrendo com uma lesão no tornozelo, Daiane conquistou a medalha de prata por equipe.
 

Fonte: Folha de S. Paulo/Banco de Dados

Compartilhe:

    Receba notícias

    Lição de Casa Dicionários

    Aulete

    Português

    Houaiss

    Português

    Michaelis


    Tradutor Babylon


    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host