UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Biografias

Imperador mongol

Gêngis Khan

1167(?), Delun Boldaq, Mongólia
1227, Quingshui, China.

Página 3 Pedagogia & Comunicação

[creditofoto]

[creditofoto]

Estrategista, Gêngis Khan usava a cavalaria como hoje se usam os carros blindados

Temudjin, como os pais o chamaram, nasceu numa época em que as diversas tribos nômades mongóis eram governadas por várias famílias que viviam em conflito entre si. Por volta de 1196, a tribo dos Merkitas saqueou o acampamento do clã dos Borgigin e raptoua mulher de Temudjin. Este, ultrajado, conseguiu promover uma aliança com outras tribos e atacou seus inimigos, retomando a esposa e ganhando grande prestígio entre os aliados.

Foi eleito chefe dessas tribos e assumiu o nome de Gêngis Khan, algo que significaria "soberano supremo". Em 1206, reuniu uma assembléia dos chefes das tribos mongóis e unificou-as todas, criando um Estado mongol, cujas leis redigiu, ao mesmo tempo que criou um exército nacional sob seu comando.

Gênio militar, Gêngis Khan usava a cavalaria como hoje se usam os carros blindados e introduziu a estratégia de cercar as cidades a partir dos campos, como Mao Tse-Tung faria sete séculos depois. Depois de subjugar as tribos vizinhas, invadiu o norte da China em 1211, atravessou a Grande Muralha e tomou Pequim, em 1215. Também avançou em direção à Ásia central, dominando vários Estados muçulmanos.

Ergueu um império que se estendia do Cáucaso ao rio Indo e do mar Cáspio a Pequim. Antes de morrer, preparou caminho para sua sucessão, dividindo o império entre seus quatro filhos, que continuaram a expandi-lo.
 

Compartilhe:

    Receba notícias

    Lição de Casa Dicionários

    Aulete

    Português

    Houaiss

    Português

    Michaelis


    Tradutor Babylon


    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host