UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Biografias

Presidente dos EUA em 1881

James A. Garfield

19/11/1831, em Cuyahoga County, Ohio
19/09/1881, Nova Jersey

Da Redação
Em São Paulo

James Garfield nasceu no Estado de Ohio, no centro-norte dos EUA. Ele perdeu o pai quando tinha dois anos. Para financiar seus estudos, Garfield conduzia barcos de canal. Foi assim que ele se formou pelo Williams College em Massachusetts em 1856.

Voltando para Ohio, ele lecionou os clássicos no Western Reserve Eclectic Institute (posteriormente Hiram College), vindo posteriormente a se tornar presidente do instituto.

Garfield foi eleito para o Senado por Ohio em 1859, pelo Partido Republicano. Ele defendeu a coerção dos estados secessionistas para que voltassem à União. Em 1862, quando eram poucas as vitórias da União, ele liderou com sucesso uma brigada em Middle Creek, Kentucky, contra as tropas confederadas.

Aos 31 anos, Garfield se tornou um general de brigada e, dois anos depois, general-de-divisão de voluntários. Quando os cidadãos de Ohio o elegeram para o Congresso em 1862, o presidente Lincoln o persuadiu a abandonar seu posto militar. Era mais fácil encontrar generais-de-divisão do que conseguir republicanos eficazes no Congresso. Garfield venceu reeleições repetidas por 18 anos.

Na Convenção Republicana de 1880, Garfield se tornou o indicado "azarão" do partido. Posteriormente, por apenas 10 mil votos populares, ele derrotou o democrata Winfield Scott Hancock. Garfield foi o último dos presidentes de cabana rústica de madeira. Ele atacou a corrupção política, recuperando para a presidência uma dose de prestígio que ela tinha perdido durante a reconstrução do sul (que foi ocupado por tropas do norte após a Guerra Civil).

Como presidente, Garfield fortaleceu a autoridade federal sobre a Alfândega de Nova York, reduto do senador Roscoe Conkling, líder dos republicanos "stalwart" (resolutos, leais). Quando Garfield submeteu ao Senado a lista de nomeações, ele indicou o arqui-rival de Conkling para a direção da Alfândega.

Nas relações exteriores, o secretário de Estado de Garfield convidou todas as repúblicas americanas para uma conferência em Washington em 1882. Mas a conferência nunca ocorreu. Em 2 de julho de 1881, em uma estação de trem de Washington, um advogado amargurado que buscava um cargo consular atirou no presidente.

Mortalmente ferido, Garfield permaneceu na Casa Branca por semanas. Alexander Graham Bell, o inventor do telefone, tentou sem sucesso encontrar a bala com uma dispositivo indutor elétrico que projetou. Em 6 de setembro, Garfield foi levado para o litoral de Nova Jersey. Por alguns dias ele pareceu se recuperar, mas em 19 de setembro de 1881, ele morreu devido a uma infecção e hemorragia interna.

Com informações da The White House Historical Association

Compartilhe:

    Receba notícias

    Lição de Casa Dicionários

    Aulete

    Português

    Houaiss

    Português

    Michaelis


    Tradutor Babylon


    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host