UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Biografias

Benazir Bhutto
Primeira-ministra paquistanesa
21-6-1953, Karachi

Do Klick Educação

Filha de Zulfikar Bhutto, seguiu estudos nos Estados Unidos e na Grã-Bretanha. Regressou ao Paquistão em 1977 e no ano de 1982 assumiu com a sua mãe a liderança da oposição contra Mohamed Zia Ul-Haq à frente do Partido do Povo do Paquistão (PPP). Forçada ao exílio em 1984, Bhutto regressou em 1986 e, dois anos depois, venceu as eleições para o Parlamento. Tornava-se assim a primeira mulher a ocupar o cargo de primeira-ministra num país islâmico. Suas medidas contra a reislamização do Paquistão deram origem a uma "guerra santa" da parte dos islamistas. Diante de graves distúrbios e da ameaça de um golpe militar, o presidente G. Ishaq Khan levou-a à demissão. Foi acusada de corrupção e de abuso de poder. Depois de vencer mais uma vez em eleições, em 1993, Bhutto assumiu de novo o cargo de primeira-ministra. Contudo, o agravamento da crise econômica e os conflitos no interior do país fizeram com que perdesse apoios. Por fim, em novembro de 1996, foi destituída novamente pelo presidente. Nas eleições parlamentares antecipadas de fevereiro de 1997, seu partido sofreu uma grande derrota. Seu sucessor foi Nawas Sharif, cuja Liga Muçulmana conseguiu maioria absoluta.
Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Lição de Casa Dicionários

    Aulete

    Português

    Houaiss

    Português

    Michaelis


    Tradutor Babylon


    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host