UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Biografias

Princesa de Gales

Lady Diana

01/07/1961, Sandringham, Norfolk, Inglaterra
31/08/1997, Paris, França

Da Página 3 Pedagogia & Comunicação

Divulgação

Divulgação

Diana morreu em um trágico acidente de carro em Paris ao ser perseguida por fotógrafos

Diana Spencer nasceu em Sandringham e era a quarta dos cinco filhos de Edward John Spencer e Frances Ruth Burke-Roche. Em 1968, seus pais se separaram, mas ela continuou ao lado da família paterna.

Em 1975, com a morte do avô, o pai de Diana se tornou o oitavo conde Spencer. Diana e suas irmãs receberam o título de "lady" e seu irmão o de visconde. A família se mudou para Althorp, em Northamptonshire, a propriedade ancestral da família Spencer.

Desde cedo, Diana demonstrou talento para a música, a dança (principalmente o balé) e os esportes, tendo praticado tênis, natação, hockey e salto ornamental. Em 1977, durante uma festa de caça em Althorp, Diana conheceu o príncipe Charles, que então namorava sua irmã mais velha, Sarah.

Diana passou alguns meses estudando na Suíça e ao retornar à Inglaterra foi morar em um apartamento em Londres. Começou trabalhar como professora em um jardim de infância, encontrando-se com Charles esporadicamente. Em 24 de fevereiro de 1981, o noivado entre eles foi anunciado.

Em 29 de julho de 1981 Diana se casou com o príncipe Charles na Catedral de St. Paul, em Londres, em uma cerimônia transmitida pela televisão e assistida por cerca de 1 milhão de pessoas em todo o mundo. Com o casamento, Diana se tornou princesa de Gales.

O primeiro filho, príncipe William, nasceu em 21 de junho de 1982 e o segundo, príncipe Harry, em 15 de setembro de 1984. A princesa, ou Lady Di, como era chamada, tornou-se conhecida por seu trabalho de caridade e, principalmente, pelas campanhas contra minas terrestres e no combate à AIDS.

Diana sempre exerceu uma grande atração no público em geral dentro e fora do Reino Unido. Personificava, talvez, no imaginário popular, a princesa encantada dos contos de fada, mas tinha também um charme eminentemente feminino e um lado de gente comum.

O casamento, contudo, não ia bem. A princesa de Gales parecia sofrer de uma anorexia de origem nervosa. Posteriormente, falou-se em crises depressivas. Rumores de adultério tanto de Charles, quanto de Diana corriam os tablóides ingleses e repercutiam no mundo todo.

Em 1992 foi anunciada a separação do casal e o divórcio foi oficializado em 1996, um acontecimento incompatível com a dignidade tradicional da nobreza e que desagradou, em especial, a rainha Elisabeth 2ª.

Nem por isso, Diana deixou de atrair o interesse público, continuando a freqüentar as manchetes da mídia, inclusive por uma morte prematura e trágica. Morreu em um acidente de carro em Paris em 31 de agosto de 1997, junto com seu namorado, Dodi Al Fayed.

Seu funeral, em 6 de setembro de 1997 emocionou milhões de pessoas e deixou clara a admiração pela "Princesa do Povo". Diana foi sepultada em uma ilha no lago de Althorp, na propriedade da família paterna.

Fonte: The Times/Folha de S. Paulo
Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Lição de Casa Dicionários

    Aulete

    Português

    Houaiss

    Português

    Michaelis


    Tradutor Babylon


    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host