UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Biografias

Filósofo chinês, fundador do taoismo

Lao tze

Século 6 ou 4 a.C., China.

Da Página 3 Pedagogia & Comunicação

[creditofoto]

[creditofoto]

Sob a influência do taoísmo de Lao tze fala-se de ecologia, jardinagem, sexo e até auto-ajuda

Lao tze, Laozi, Lao-tse ou Lao Tzu: todas essas são pronúncias ocidentalizadas do título de uma das maiores personagens da filosofia na China antiga. Isso mesmo: Lao tze não é um nome, mas significa "grande senhor" ou "velho mestre". Seu nome real seria Li Er ou Lao Dan.

A tradição diz que ele viveu no século 6 antes de Cristo. Muitos estudiosos modernos afirmam que ele deve ter vivido dois séculos depois, numa época conhecida como Cem Escolas de Pensamento. Atribui-se a Lao tze a autoria da obra criadora do taoísmo, o "Tao Te King", ou Livro do Caminho e da Virtude. Junto com a Bíblia, esse livro é um dos mais traduzidos no mundo.

O taoísmo é uma mescla de religião e de filosofia de vida, e Lao tze tornou-se uma das principais figuras cultuadas nela. Junto com o budismo e o confucionismo, o taoísmo (ou daoísmo) forma os três pilares do pensamento filosófico chinês.

Segundo pesquisadores modernos, Lao tze jamais existiu: é uma criação dos fundadores da escola filosófica (daojia) e da tradição religiosa (daojiao).

Os Shiji ("Registros dos Historiadores"), feitos pela dinastia chinesa Han cerca de 400 anos depois da época de Lao tze, trazem uma "biografia" do pensador. De acordo com esse texto, ele nasceu em Chu (atual Luyi), na província de Henan. Algumas lendas dizem que sua mãe teve uma gestação de oito anos e a criança nasceu de cabelos brancos: daí viria seu título, que pode significar tanto "velho mestre" como "criança velha". Ele teria sido contemporâneo de Confúcio considerado outro grande mestre da filosofia chinesa.

Os dois teriam se encontrado quando Lao tze trabalhava como arquivista na Biblioteca Imperial da dinastia Zhou. De acordo com essas histórias, eles discutiram durante meses e Lao tze teria influenciado o pensamento confucionista.

Com a perda de poder da dinastia Zhou, Lao tze largou o emprego e viajou para o Oeste em seu búfalo, atravessando a China para depois desaparecer no deserto. Antes disso, um guarda da fronteira o convenceu a escrever seus ensinamentos: até então, eles eram divulgados apenas com a palavra falada.

O resultado foi o "Tao Te King", um dos mais significativos tratados da filosofia chinesa, que aborda espiritualidade individual, existencialismo, dinâmicas interpessoais e técnicas para governar. Tao, em chinês, significa "O caminho" e costuma ser definido como a natureza, o princípio natural que regula a ordem do universo físico.

Lao tze enfatizou o conceito de "wei-wu-wei", ação através da inação. Isso não significa que alguém deva se sentar e esperar sem fazer nada, mas que evitando atitudes diretas e vontades pessoais pode-se atingir grande eficiência, apenas seguindo a forma espontânea (natural) pela qual as coisas acontecem.

Ações tomadas de acordo com o Tao são mais fáceis e mais produtivas. Para ele, a violência deve ser evitada sempre que possível e as vitórias militares são apenas uma ocasião para lamentar a necessidade de usar a força contra outros seres vivos. Também assinalou que códigos de leis e regras estabelecidos resultam numa sociedade cada vez mais difícil de administrar. As três virtudes principais são coragem, generosidade e liderança. Para evitar a hipocrisia, Lao tze aconselha a "agir sem agir" sendo espontâneo, de acordo com os próprios sentimentos, sem pensar na aprovação dos outros.

O taoísmo clássico inspirou um movimento intelectual chamado xuanxue (aprendendo com o misterioso, que dominou a elite chinesa e a alta cultura dos séculos 3 ao 6 de nossa era. Dessa forma, Lao tze influenciou não apenas o pensamento filosófico, mas a literatura, a caligrafia, a pintura, a música chinesas. No século 7, o imperador Xuanzong ordenou que cada soldado tivesse uma cópia do "Tao Te King" em casa e assinalou as passagens que deveriam ser estudadas pelos civis.

Mas a fama desse pensador real ou imaginário viajou muito além das fronteiras da China e de seu tempo. O taoísmo ou daoísmo espalhou-se pela Ásia. As crenças foram assimiladas como uma tradição de vida, e contribuíram para a formação das culturas japonesa e coreana.

Durante os anos 1900, uma tradução em latim do "Tao Te Ching" chegou à Inglaterra e os ensinamentos de Lao tze se difundiram no Ocidente moderno. Frases memoráveis do filósofo, do tipo "governar um país grande é como cozinhar um peixe pequeno", passaram a fazer parte da linguagem da política ocidental.

Nos dias atuais, um número cada vez maior e mais heterogêneo de leitores são inundados com best-sellers "baseados" nas idéias de Laozi: "O Tao da Física", "O livro da cozinha taoista", e até livros de ecologia, jardinagem, sexo e auto-ajuda.

Para os estudiosos, tudo isso prova a importância de Lao tze no pensamento e na literatura mundiais, 27 séculos após seu provável nascimento.

Compartilhe:

    Receba notícias

    Lição de Casa Dicionários

    Aulete

    Português

    Houaiss

    Português

    Michaelis


    Tradutor Babylon


    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host