UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Biografias

Presidente dos EUA entre 1901 e 1908

Theodore Roosevelt

1858, Nova York
1919, Nova York

Da Redação
Em São Paulo

Theodore Roosevelt, que assumiu a presidência em 1901 em decorrência da morte de Wilian McKinley, foi o célebre autor da política do "big stick" (grande porrete), baseada em intervenções militares em outros países, sobretudo latino-americanos, para assegurar interesses dos EUA.

Desde o primeiro mandato de McKinley (1897-1900), os EUA vinham atravessando um crescente imperialismo. A guerra contra a Espanha foi o ponto de partida para a política agressiva defendida por Roosevelt.

Theodore Roosevelt nasceu em 1858, em uma família rica de Nova York. Recuperou-se de problemas de saúde e se tornou um defensor de um estilo de vida esforçado e produtivo.

Em 1884, sua primeira esposa e mãe morreram no mesmo dia. Roosevelt passou os dois anos seguintes em seu rancho, nas Badlands do Território de Dakota, tentando se recompor das perdas enquanto conduzia gado e praticava caça. Durante a Guerra Hispano-Americana, Roosevelt liderou o regimento Rough Rider em um ataque na batalha de San Juan. Ele foi um dos mais notáveis heróis da guerra.

Theodore Roosevelt ainda nem tinha completado 43 anos quando se tornou o mais jovem presidente da história do país. Ele trouxe nova empolgação e energia à presidência, liderando o Congresso e o povo americano rumo a reformas progressistas e uma forte política externa.

Como presidente, Roosevelt defendia o ideal de que o governo deveria ser o árbitro entre o capital e o trabalho, garantindo a justiça para ambos e não concedendo favores a nenhum. Ele despontou como um "trust buster" (destruidor de truste). Na política externa, Roosevelt envolveu os Estados Unidos mais ativamente na política mundial. Ele gostava de citar um provérbio favorito: "Fale suavemente e carregue um grande porrete..."

Ciente da necessidade de um atalho entre o Atlântico e o Pacífico, Roosevelt estimulou violenta crise na Colômbia, acarretando no desmembramento do território do Panamá que, ao se tornmar independente, permitiu a construção e a exploração pelos americanos do canal entre os oceanos.

Ironicamente, ele recebeu o Prêmio Nobel da Paz por mediar a Guerra Russo-Japonesa. Roosevelt também fechou um acordo de cavalheiros sobre imigração com o Japão.

Mas alguns dos feitos mais eficazes de Roosevelt foram na área de preservação. Ele aumentou as florestas nacionais no Oeste, terras reservadas para uso público e promoveu grandes projetos de irrigação. "A vida de empenho esforçado" era uma obrigação para aqueles que o cercavam, já que ele corria com seus filhos e conduzia embaixadores por caminhadas pelo Parque Rock Creek em Washington, DC.

Ao deixar a presidência em 1908, Roosevelt realizou um safári na África. Em 1912 ele pretendia disputar a presidência novamente, mas o Partido Republicano optou por defender a reeleição de William Taft. Revoltado, Rossevelt fundou uma nova agremiação, o Partido Progressita, pelo qual se candidatou. O democrata Woodrow Wilson venceu as eleições daquele ano.

Enquanto fazia campanha em Milwaukee, um fanático lhe deu um tiro no peito. Roosevelt se recuperou, mas suas palavras na época seriam aplicáveis na sua morte em 1919: "Nenhum homem teve uma vida mais feliz do que a que levei; uma vida muito feliz em todos os aspectos".

Ele assumiu a visão de que o presidente, como "intendente do povo", deve tomar qualquer ação necessária para o bem público a menos que expressamente proibida pela lei ou Constituição. "Eu não usurpei o poder", ele escreveu, "mas eu ampliei grandemente o uso do poder executivo".

Com informações da The White House Historical Association

Compartilhe:

    Receba notícias

    Lição de Casa Dicionários

    Aulete

    Português

    Houaiss

    Português

    Michaelis


    Tradutor Babylon


    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host