UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

PORTUGUÊS > DICAS DE PORTUGUÊS

Preço alto ou baixo

Por Thaís Nicoleti

"Apesar de comprar petróleo da Venezuela e, com isso, conseguir um preço interno 30% mais barato para a gasolina (...)"

"Os preços dos novos contratos estão 39% mais baratos que os indicados pela Fipe."

Nem caro nem barato. Preço só pode ser alto ou baixo. Consideramos "caro" aquilo que tem preço alto e "barato" aquilo que tem preço baixo. Por esse motivo, são inadequadas, embora relativamente comuns, construções como "preço caro" ou "preço barato".

O preço de uma mercadoria pode, portanto, ser alto ou baixo. A mercadoria em si é que pode ser cara ou barata. Assim: "Usava roupas caras, mas seus sapatos eram baratos". O mesmo vale para a palavra "custo" quando sinônimo de "preço". Assim: "Suas atitudes impensadas tiveram um custo alto".

Com os verbos, entretanto, empregam-se os advérbios "caro" e "barato". Assim: "Custaram-lhe caro suas atitudes impensadas", "Cobraram caro pelo serviço". Observe que os advérbios ("caro" e "barato") são invariáveis.

Abaixo, as frases corrigidas:

Apesar de comprar petróleo da Venezuela e, com isso, conseguir um preço interno 30% mais baixo para a gasolina ...

Os preços dos novos contratos estão 39% mais baixos que os indicados pela Fipe.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Pegadinha Gramatical Dicionários

    Michaelis


    Tradutor Babylon


    Banco de Redações

    Redações avaliadas por uma equipe especializada em correção de prova de vestibular e Enem

    Revisão Testes e Simulados Revistas e Sites

    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host