UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

PORTUGUÊS > DICAS DE PORTUGUÊS

Se não/senão

Por Thaís Nicoleti

Tenho recebido um número alto de perguntas sobre o uso de "se não" / "senão". Quando se escreve junto e quando se escreve separado? Um exemplo para iniciar a explicação:

- Tem de ter braço, se não morre de fome

Há uma boa dica para saber quando a construção é escrita de forma separada. É só trocar por "caso não" ou "quando não". Dois casos para ilustrar:

- Para ser cortador de cana, tem de ter braço, porque, se não tiver, morre de tanto trabalhar (se não tiver = caso não tenha)

- Os controladores ameaçam parar na Páscoa se não houver definição da gratificação salarial (se não houver = caso não haja)

Use-se junto (senão) quando substituimos por "do contrário", "a não ser", "mas sim" ou "mas também" (nos dois últimos, para reforçar alguma informação):

- Todas têm um excepcional preparo vocal e cantam muito, muito mesmo. Senão nem teriam sobrevivido no alto dos trios (= do contrário)

- Goldman disse que São Paulo não tem outra saída senão estabelecer uma política defensiva com incentivos fiscais para alguns setores (= a não ser)

O caso que abre esta coluna pode ser trocado por "do contrário". Logo, escreve-se junto:

- Tem de ter braço, senão morre de fome

Um abraço,
Paulo Ramos

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Pegadinha Gramatical Dicionários

    Michaelis


    Tradutor Babylon


    Banco de Redações

    Redações avaliadas por uma equipe especializada em correção de prova de vestibular e Enem

    Revisão Testes e Simulados Revistas e Sites

    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host