UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

PORTUGUÊS > DICAS DE PORTUGUÊS

Vírgula ou ponto e vírgula?

Por Thaís Nicoleti

"O baixo desempenho em matemática no ensino médio, segundo o secretário, se deve ao nível de complexidade da disciplina, que é maior nos últimos anos do ensino médio; à idade dos alunos, que são, na maior parte adolescentes; e à formação dos docentes."

O emprego do ponto e vírgula parece ser um dos capítulos mais misteriosos da gramática. Há quem diga - e a ideia espalhou-se - que, tal como se faz com os parênteses e colchetes na matemática, ele serve para separar orações que já tenham vírgulas em seu interior.

Esse raciocínio tem levado muita gente a fazer mau uso do ponto e vírgula. Essa pontuação é empregada para separar itens de um relatório quando dispostos um abaixo do outro, mas não é adequada para separar os itens de uma enumeração num texto corrido.

Nessa situação, que é a que ilustra o fragmento destacado, as vírgulas é que separam os itens enumerados. Assim, esquematicamente, "o baixo desempenho em matemática no ensino médio, segundo o secretário, deve-se a X, Y e Z, não a X; Y; e Z, independentemente de haver intercalações no interior do período.

Caso se incomode com o "excesso" de vírgulas, o redator terá como alternativas o uso de parênteses ou de travessões para marcar as intercalações ou, o que costuma ser o mais indicado, a reestruturação do período.

É muito comum que redatores apressados queiram pontuar os textos como quem tenta calçar o sapatinho da Cinderela em pés mais avantajados, ou seja, não veem que há textos "impontuáveis" porque mal elaborados. A solução nem sempre está na pontuação - muitas vezes, é preciso mudar o texto.

O texto acima não se enquadra nesse caso extremo. É, na verdade, bem fácil de pontuar, observando-se a substituição do ponto e vírgula pela vírgula. É possível, porém, eliminar algumas de suas gordurinhas, o que favorece a fluência da leitura.

Abaixo, uma sugestão:

O baixo desempenho em matemática no ensino médio, segundo o secretário, deve-se ao alto nível de complexidade da disciplina nos últimos anos do ensino médio, à idade dos alunos, na maior parte adolescentes, e à formação deficitária dos docentes.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Pegadinha Gramatical Dicionários

    Michaelis


    Tradutor Babylon


    Banco de Redações

    Redações avaliadas por uma equipe especializada em correção de prova de vestibular e Enem

    Revisão Testes e Simulados Revistas e Sites
    Hospedagem: UOL Host