Arte paleocristã: Arte das catacumbas

Valéria Peixoto de Alencar*
Especial para a Página 3 Pedagogia & Comunicação

Antes de o imperador romano Constantino ter legalizado o cristianismo no ano de 313, a perseguição aos seguidores de Jesus era grande, obrigando-os a praticarem seu culto escondidos, geralmente em catacumbas, onde os arqueólogos encontraram registros de sua presença.

Assim, o termo arte paleocristã, ou paleocristianismo, não se refere propriamente a um estilo, mas a todas as formas artísticas produzidas por ou para cristãos, durante o Império Romano do Ocidente. Observe:



Reprodução

Este é o exemplo de um afresco pintado em uma catacumba. O peixe e o pão eram símbolos muito importantes do cristianismo primitivo. Alguns pesquisadores relacionam o peixe a Jesus Cristo e o pão à eucaristia.

O desenho de símbolos era importante, pois, da mesma forma que havia a preocupação de se enterrar os mortos, ao invés de cremá-los, acreditava-se que essas imagens remetiam ao paganismo romano, o que protegia os cristãos.

Porém, com o passar dos anos, esse tipo de desenho simbólico dá lugar a afrescos e relevos mais explícitos, ou seja, com narrativas da própria história de Jesus, como o relevo a seguir:



Reprodução
Detalhe de um sarcófago, provavelmente proveniente da Catacumba de Domitília, mostrando o julgamento de Pilatos.

É possível perceber na forma do relevo uma estética herdeira da arte greco-romana, como as colunas que emolduram a cena e os traços físicos dos indivíduos. No entanto, trata-se de uma cena referente à história cristã: Pilatos lavando as mãos.

Esse tipo de trabalho em catacumbas servia para difundir o cristianismo, pois, a partir das imagens, os cristãos poderiam transmitir suas histórias e dogmas, uma vez que não existia a Bíblia como conhecemos hoje, e a grande maioria da população não sabia ler.

Foram encontrados vestígios da arte paleocristã de diversas formas. Além de afrescos e relevos nas catacumbas, temos também a arquitetura, surgida após a legalização do cristianismo, os mosaicos, pinturas, iluminuras, esculturas e painéis.



Reprodução
O bom pastor. Provavelmente século 5.


Glossário


  • Afresco: arte ou método de pintura mural que consiste em aplicar cores diluídas em água sobre um revestimento de argamassa ainda fresco, de modo a facilitar o embebimento da tinta.
  • Catacumbas: conjunto de galerias e salas escavadas no subsolo para sepultamentos, especialmente as construídas pelos cristãos, em Roma, do século 1 ao século 4, talvez também usadas como lugar de culto, catequese e refúgio às perseguições.
  • Iluminura: desenho, miniatura, grafismo que ornamenta livros.

  • Valéria Peixoto de Alencar*
    Especial para a Página 3 Pedagogia & Comunicação *Valéria Peixoto de Alencar é historiadora, formada pela USP, e Mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da Unesp. É uma das autoras do livro "Arte-educação: experiências, questões e possibilidades" (Editora Expressão e Arte).

    titulo-box Shopping UOL

    UOL Cursos Online

    Todos os cursos