Embalagens, rótulos e manuais: Modo imperativo é característico

Assunto: Espanhol

Claudine U. Whitton, Especial para a Página 3 Pedagogia & Comunicação

Faça um tour por sua casa e contabilize quantos aparelhos eletrônicos sua família possui e que vieram com manual de instrução. Provavelmente muitos, não? Agora confesse: quem é que gosta de ler manuais de instrução?


Embora dotados de linguagem simples e direta, muita gente foge deles, ou melhor, "desgosta" deles e ignora sua função de instruir o leitor/consumidor. Já reparou que essa linguagem direta pode ser atribuída às formas verbais ali empregadas?

Uma figurinha sempre presente nos gêneros textuais de cunho instrucional é o modo imperativo, isso mesmo, aqueles verbos que o professor diz servir para dar ordems e que você não consegue ver o porquê de estudá-los. Refaça seus conceitos, pois eles estão muito mais próximos do que você imagina: na mesa do café da manhã e no parapeito de seu banheiro. Confira.

 

Mercosul e globalização

Proponho agora outro tour, desta vez à cozinha, à área de serviço e ao banheiro. Estranho? Pois então abra os armários e veja as embalagens e rótulos dos produtos consumidos em sua casa - de gêneros alimentícios aos produtos de higiene e limpeza - quantos deles apresentam as informações em espanhol?


Mais uma vez, você encontrará vários itens, tanto das indústrias nacionais quanto produtos importados, já que com o advento do Mercosul e da tal globalização, os negócios entre os países e as prateleiras estão cada dia mais diversificados.

Leia os textos a seguir de três produtos (condicionador de cabelos, sabão em pó e chá) de consumo cotidiano e observe de que forma as instruções foram dadas.

 

Desenreda los cabellos a través de activos emolientes que proporcionan más suavidad, maleabilidad y (...) forman una película sobre los cabellos dejándolos sedosos y con brillo. Indicado para cabellos secos. Modo de usar: aplicar sobre los cabellos mojados, masajear y enjuagar bien. Mantener fuera del alcance de los niños. Atención: por contener ingredientes activos de origen natural, podrá ocurrir alguna variación en el color de los productos, sin que haya alteración de sus propiedades.

Recomendaciones: las piezas de color que destiñen deben ser lavadas en forma separadas de las blancas sin remojo y se debe secar a la sombra. No apto para lana, seda, cuero y algodón crudo. Atención: Mantenga fuera del alcance de los niños y animales domesticos. En contacto con los ojos, lave con abundante agua. En caso de ingestión accidental, beba agua. En ambos casos consulte a un médico o consulte al centro nacional toxicología. Avda. Gral.Santos...

Coloque una bolsita de té X.. en una taza y agregue agua caliente. Déjelo reposar en infusión de 2 a 5 minutos o hasta que alcanze el sabor y el aroma deseados. Retire la bolsita y endúlcelo según su preferencia.
Por meio dos exemplos acima você pôde observar que há formas diferentes de escrever instruções: no infinitivo (aplicar, masajear, mantener...), usando expressões (se debe, no se debe...) e no imperativo (mantenga, lave, beba, coloque...).

Em relação ao emprego do modo imperativo, observe que os verbos se conjugam em 3a. pessoa (usted). Um erro frequente nas salas de aula é ver a mistura entre verbos conjugados em 2ª pessoa (tú) com outros de 3ª (usted), por isso, fique atento!

 

Textos de rótulos

Alguns dos problemas visíveis nos textos apresentados nas embalagens e nos rótulos dos produtos de consumo é que parece não haver padrão em relação ao que se traduz ou não. Muitos rótulos e embalagens são confusos e apresentam informações parcialmente traduzidas, ou seja, um texto, cuja função é instruir, acaba instruindo pela metade o leitor/consumidor.


Faça um teste. Leia as embalagens e rótulos que encontrou e verá que algumas empresas decidem por traduzir tudo - do tipo de produto às instruções- enquanto que outras fazem uma confusão linguística e visual que cansa a vista de qualquer um.

E por falar em tradução...

Ao que tudo indica, essa pequena excursão caseira leva a crer que a economia é a palavra de ordem nesses gêneros : ser sucinto é fundamental mas não é correto pecar pela falta de informações.

Outra observação que você pode constatar é a falta de paralelismo nas ideias expostas; num mesmo texto é possível ver verbos conjugados no imperativo e outros no infinitivo, como o exemplo a seguir, de uma embalagem de hidratante corporal:

Desodoriza la piel(...) nutre la piel de manera intensiva. Aplique en todo el cuerpo, excepto en el rostro. Mantener fuera del alcance de los niños.

Neste caso o ideal seria escolher por entre uma ou outra forma a fim de tornar o texto mais coerente, harmônico.

Claudine U. Whitton, Especial para a Página 3 Pedagogia & Comunicação é professora de espanhol do Colégio Sidarta.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos