Fonologia (2): Ponto de articulação

Da Página 3 Pedagogia & Comunicação

Os fonemas consonantais podem ser classificados segundo o ponto do aparelho fonador em que os sons são articulados. Parece difícil, mas não é. Observe.

Os fonemas podem ser bilabiais, nesse caso são produzidos na altura dos lábios: /p/, /b/ e /m/. Ou então podem ser labiodentais, quando o lábio inferior se aproxima dos dentes superiores: /f/ e /v/. Podem ser também linguodentais, quando é a língua que atinge os dentes superiores, veja só: /t/ e /d/.

Uma outra possibilidade é quando o ponto de articulação está nos alvéolos (próximo ao céu da boca), veja só: /s/, /z, /l/ e /r/. Neste caso, dizemos que os fonemas são alveolares. Quando a língua se aproxima do céu da boca, do palato, temos os fonemas palatais: /x/, /j/, /l/, /lh/ e /nh/. Por fim, temos os sons que se produzem próximo à garganta, os sons velares, que são o /k/, o /g/ e o /rr/.

Para facilitar, vamos visualizar os fonemas consonantais por meio de uma tabela.
 

Ponto de articulação: Bilabiais
Fonema Exemplo
/p/ pai
/b/ bola
/m/ mãe
Ponto de articulação: Labiodentais
Fonema Exemplo
/f/ faca
/v/ vaca
Ponto de articulação: Linguodentais
Fonema Exemplo
/t/ tio
/d/ dado
/n/ nada
Ponto de articulação: Alveolares
Fonema Exemplo
/s/ seda
/z/ zoo
/l/ lua
/r/ caro
Ponto de articulação: Palatais
Fonema Exemplo
/x/ xis
/j/ giz
/lh/ lhama
/nh/ nhoque
Ponto de articulação: Velares
Fonema Exemplo
/k/ casa
/g/ gude
/rr/ carro

Papel das cordas vocais
Podemos também classificar os fonemas consonantais de acordo com o papel desempenhado pelas pregas vocais (ou cordas vocais) no momento em que são produzidos. Neste caso, temos duas possibilidades. Ou os sons são orais, quando o ar passa livremente pelas pregas vocais, ou são chamados de sonoros, quando o ar vibra em razão do estreitamento das pregas vocais situadas na laringe.

É fácil observar este fenômeno. Experimente pronunciar a palavra faca caprichando bastante no /f/. Muito bem. Agora pronuncie a palavra vaca. Se você pressionar levemente a mão no pescoço, irá notar a vibração produzida pelas pregas vocais. Claro, o /f/ é surdo e o /v/ é sonoro. A maioria dos fonemas do português pode ser agrupada em pares, que se distinguem apenas por esse detalhe. Vamos ver a lista completa?
 

Surdos Exemplos Sonoros Exemplos
/p/ pai /b/ bola
/f/ faca /v/ vaca
/s/ seda /z/ zoo
/x/ xis /j/ giz
/t/ tio /d/ dado
/k/ casa /g/ gude

 

Todos os demais fonemas são sonoros: /l/ (de "lua"), /lh/ (de "lhama"), /r/ (de "caro"), /rr/ de "carro"), /m/ (de "mãe"), /n/ (de "nada") e /nh/ (de "nhoque").



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos