UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Matemática

Enem - Probabilidade

Tema aparece nas provas com frequência

Michele Viana Debus de França*
Especial para a Página 3 Pedagogia & Comunicação
O tema da probabilidade, que tem se mostrado frequente no Enem, tende a continuar sendo cobrado no exame em, pelo menos, uma questão específica de matemática, mas com a possibilidade de também aparecer na prova de outra disciplina.

Isso se deve ao fato de que, de acordo com a proposta do novo Enem, uma grande competência a ser avaliada no aluno diz respeito à contextualização sociocultural. Assim, o exame pretende verificar o quanto o aluno está preparado para vivenciar diferentes situações, reconhecer a diversidade que o cerca e, ao mesmo tempo, reconhecer-se como indivíduo capaz de ler a realidade e atuar nela.

Obedecendo a esses objetivos, o tema da probabilidade tem grande importância, pois se relaciona à análise de dados em problemas sociais e econômicos, envolvendo questões de saúde, população, transporte, finanças, mercado, orçamento etc.

No entanto, o que se exige do aluno não é somente a leitura e interpretação dos dados, mas, principalmente, a reflexão crítica, a investigação e a tomada de decisões a partir desses dados.
A seguir, foram selecionadas questões que envolvem os critérios acima. Elas tratam apenas do conceito básico de probabilidade, sem mais fórmulas ou regras, como tem sido observado no exame:

Questão 12 - versão amarela - exame de 2007

Página 3


Comentário:
Entre idosos e crianças, o total de pessoas com problemas respiratórios causados pelas queimadas é de 200 pessoas. A probabilidade é a razão entre o número de crianças (150) e o total. Assim, 150 : 200 = 0,75. Resposta D.
Só é preciso conhecer o conceito básico de probabilidade, além da interpretação da questão e da tabela, para responder à questão.

Questão 51 - versão amarela - exame de 2008

Página 3


Comentário:
Aqui não é necessário saber a fórmula da probabilidade. É importante identificar no texto a linguagem que faz referência aos conjuntos e à probabilidade da união de dois eventos, já que são utilizados os termos "ou" e "e". No entanto, é possível associar as informações do gráfico e as do enunciado, chegando à conclusão de que, se P e Q somam 52% no gráfico e a probabilidade mencionada no texto para esses dois conjuntos é de 40%, então sobram 125 da intersecção. Resposta A.
Nessa questão, observa-se como são presentes no Enem o raciocínio lógico e a interpretação, aplicados à resolução de questões contextualizadas.

Questão 138 - versão amarela - Matemática e suas tecnologias - 2º dia de provas - exame de 2009

Página 3


Comentário:
Novamente, é possível chegar à resposta a partir da interpretação do gráfico. Como o valor correspondente à porcentagem de pessoas com 60 anos ou mais de idade nos países desenvolvidos está entre 30% e 35%, pode-se fazer a aproximação para 32%. Assim, a probabilidade seria a razão 32/100 = 8/25. Resposta C.
Não há aqui grandes fórmulas ou conceitos, apenas a ideia de probabilidade como razão.
*Michele Viana Debus de França é licenciada em matemática pela USP e mestre em educação matemática pela PUC-SP.
Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Calculadora
    Operações Matemáticas Revisão Testes e Simulados Biografias HowStuffWorks

    Saiba como as coisas funcionam

    How Stuff Works - como as coisas funcionam
    Dicionários

    Aulete

    Português

    Houaiss

    Português

    Michaelis


    Tradutor Babylon


    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host