Universidades estrangeiras de renome oferecem 27 cursos online gratuitos no 2° semestre

Do UOL, em São Paulo

Grandes universidades, como Princeton e Stanford, oferecem 27 cursos online durante o segundo semestre sem cobrar nada por isso. A proposta da empresa Coursera, criada em abril deste ano, já reúne disciplinas oferecidas por 17 instituições universitárias.

Dentre as disciplinas oferecidas durante o segundo semestre, há cursos de diferentes áreas, como ciências da computação, economia, história, literatura e biologia. Os cursos são dados em inglês.

Na Universidade de Stanford, o aluno pode cursar, por exemplo, Introdução ao Pensamento Matemático durante sete semanas. A Universidade de Princeton oferece, entre outros, os cursos Algoritmo, com seis semanas de duração, e História do Mundo desde 1300, com 12 semanas de duração.

A Universidade da Pensilvânia oferece o curso Poesia Americana Moderna e Contemporânea. Pense Novamente: Como Raciocinar e Argumentar é o nome de uma disciplina oferecida pela Universidade de Duke a partir de novembro.

Já a Universidade de Michigan oferece o curso de Segurança da Democracia Digital. Na ementa, a disciplina mostrará "o que um cidadão precisa saber sobre os riscos de segurança da votação eletrônica e pela internet".

Além de aulas em vídeo, os cursos dispõem de espaço de interação com testes, material de leitura e fórum de discussão. Os alunos que assistirem a todas as aulas e participarem das atividades podem receber um certificado da instituição, que é, eventualmente, cobrado.

Para se inscrever, basta que o interessado crie um usuário com seu nome, e-mail e senha.

Plataformas

Na última terça-feira (17), a empresa americana Coursera informou a adesão de mais doze instituições a seu projeto, ultrapassando, assim, a marca dos cem cursos oferecidos. Além de instituições norte-americanas, há universidades francesas, canadenses e escocesas na empreitada.

Há outras iniciativas de oferecimento de cursos gratuitos online por universidades de renome. O MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) deve iniciar sua plataforma MITx em dezembro. No entanto, as universidades ainda não sabem como farão para custear os gastos com essas novas plataformas.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos