Exame da OAB: candidato deve priorizar matérias com maior peso

Carolina Cunha
Do UOL, em São Paulo

Faltando pouco mais de 20 dias para o 10º Exame da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), os candidatos que se preparam para a prova começam a intensificar sua rotina de estudos. Os professores de cursinhos preparatórios sugerem que os estudantes priorizem as matérias com maior incidência no exame.


A primeira fase do próximo Exame está marcada para 28 de abril, das 13h às 18h. A segunda fase está prevista para 16 de junho. O último exame, realizado em fevereiro deste ano, alcançou quase 90% de reprovação. Dos 114.763 candidatos inscritos, apenas 19.134 foram aprovados na primeira fase.

Confira as matérias e seus respectivos pesos no Exame


  • Maior peso (de 7 a 12 questões):

    ética, direito do trabalho, direito constitucional e direito civil

    Peso médio (de 4 a 6 questões):
    direito processual do trabalho e processual civil, direito tributário e direito penal

    Menor peso (de 2 a 3 questões):
    código do consumidor, estatuto da criança e do adolescente, direito internacional, direito ambiental e direitos humanos, e filosofia do direito
     

"Como o candidato tem pouco tempo na prova, ele deve buscar maior rendimento. Temos disciplinas pequenas, médias e grandes em conteúdo. Por exemplo, o estudante tem direito civil durante cinco anos na graduação, e na prova tem seis questões. Já ética, que tem um conteúdo pequeno, tem 12 questões. Então ele deve priorizar o estudo das disciplinas com menos conteúdo e maior incidência na prova", aconselha Darlan Barroso, diretor pedagógico do Complexo Educacional Damásio de Jesus.

O coordenador de cursos para a OAB da rede LFG, João Aguirre, concorda que os estudos devem ser voltados às disciplinas com maior peso no Exame. O que não quer dizer deixar as demais de lado. "O segredo é dividir bem os estudos. Direito civil, por exemplo, tem muita matéria e uma boa média de questões na prova, então o candidato deve estudar mais. Minha dica é deixar ética para o final. Como tem menos conteúdo, fica mais fácil para o candidato assimilar", diz.

A primeira fase do Exame apresenta 80 questões de múltipla escolha que abrangem as disciplinas integrantes do currículo mínimo do curso de direito (direitos humanos, Código do Consumidor, Estatuto da Criança e do Adolescente, direito ambiental, direito internacional e a novata, filosofia do direito), além do Estatuto da Advocacia e da OAB e seu Regulamento Geral, Código de Ética e Disciplina da OAB. Para passar para a segunda fase, o candidato deve acertar 50% da prova.

Segundo o edital da avaliação, a prova objetiva terá no mínimo 15% de questões sobre direitos humanos, estatuto, regulamento e código de ética, e uma ou duas questões de múltipla escolha sobre filosofia do direito.

Refazer simulados é bom treino físico e de tempo

Refazer simulados e as provas anteriores da OAB são exercícios importantes nessa reta final de estudos. Segundo os professores, eles ajudam a gerenciar o tempo para a resolução da prova e funcionam como um treino físico. O candidato tem até cinco horas para responder às 80 questões.

"30% do rendimento na prova depende do físico e do emocional do candidato. Respiração, uma postura calma, tudo isso ajuda", diz Barroso. Sua dica é refazer simulados de forma temática e aproveitar os resumos focados no Exame da Ordem.

Dicas de estudo para o Exame

Ler e reler a legislação e ficar atento às mudanças
Dedique-se mais às disciplinas com maior peso na prova, como ética e direito civil, por exemplo
Refazer simulados e provas anteriores. Nesses exercícios, fique atento ao tempo para saber gerencia-lo na hora da prova
Reler coleções resumidas. Na reta final não adianta reler livros imensos. Aproveite os esquemas de resumos de informações
Escolha um lugar tranquilo para estudar. De preferência, não em casa

"Minha sugestão e dividir as questões por tema. Se ele estuda Processo Civil, avalie se há um tema que cai com frequência e faça só questões deste tema. Não recomendo fazer simulado aleatório. Resumos focados no Exame também são ótimos aliados. Não adiante ler agora uma coleção de sete, oito volumes. Aproveite coleções resumidas que trazem bons esquemas de informação".

Aguirre reforça que este é um período para intensificar os estudos. "O ideal é estudar o dia inteiro. Quem tem esse privilégio deve diversificar as disciplinas diariamente, para não ficar maçante. Quem não tem todo esse tempo, deve dividir mais as matérias".

O local de estudo, para Aguirre, é outro ponto importante. O candidato deve escolher um lugar tranquilo, de preferência fora de casa. "Em casa tem a geladeira, a TV, o telefone, a cama, a mãe (risos)... O ideal é ir a uma biblioteca. Para quem optar por ficar em casa, é preciso disciplina e, se for estudar no computador, conseguir se desligar das redes sociais".

A prova

As inscrições para o 10º Exame da Ordem podem ser feitas até as 23h59 do dia 8 de abril no site da OAB. Este ano haverá mais dois exames: o 11º terá inscrições abertas a partir do dia 2 de julho, e a primeira fase deve acontecer em 18 de agosto. Já o último exame do ano terá inscrições abertas a partir de 4 de novembro, e a primeira fase deve acontecer no dia 8 de dezembro.

Notícias relacionadas



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos