Visita a um museu

Valéria Peixoto de Alencar

Objetivos

1) Realizar um estudo de meio que vá além de um simples passeio ou de um questionário a ser respondido pelos alunos após a visita;

2) Explorar o potencial educativo de museus e exposições para a disciplina de artes.

Ponto de partida

Escolha um museu ou exposição de arte em sua cidade ou numa cidade próxima. Verifique se existe um programa educativo com visitas e material para professores. Se houver, agende uma visita e participe das atividades para professores, se não, prepare você mesmo um roteiro. De qualquer forma, é fundamental que você visite a exposição antes de levar seus alunos. Sirva-se também do texto Arte, o que é isso? e de outros disponíveis na seção de Artes e Cultura brasileira do site Educação.

Comentário introdutório

Ir a museus e exposições não é simplesmente um ato "ilustrativo" do conteúdo dado em sala de aula. Museus são locais com grande potencial educativo, onde é possível ter contato com obras de arte originais, além de uma verdadeira noção do que é patrimônio histórico e cultural.

Se seus alunos nunca foram a um museu, é importante preparar bem a visita para desmistificar a idéia que muitos têm de que museu é "chato", "lugar de coisa velha"etc.

Estratégias

1) Antes da visita:

  • Escolha a exposição e visite-a;
  • Agende a visita, se possível;
  • Conte para seus alunos e prepare uma aula sobre o tema;
  • Leve imagens para a sala de aula e esclareça alguns conceitos;
  • Faça uma leitura e interpretação do texto sugerido.
  • Explique para seus alunos o que é um museu, quais são as regras, por que não devemos tocar em obras de arte.
  • A maioria dos museus não permite fotografar o acervo, porém nada impede que se registre a visita como um todo, a saída, o museu por fora e pontos interessantes do trajeto.

 

2) A visita:

  • A ida ao museu faz parte da visita e o trajeto percorrido chama muito a atenção. Lembre-se também: a saída da escola é uma quebra na rotina.
  • Se houver agendamento com educadores do museu, os alunos serão divididos em grupos que deverão permanecer unidos até o final. Já se não houve agendamento, siga o roteiro previamente elaborado.
  • De uma forma ou de outra, não se deve ter a expectativa de ver todo o acervo do museu ou toda a exposição, a não ser que seja pequeno. A visita em grupo deve ser prazerosa e estimular os alunos a voltarem posteriormente com sua família ou amigos.
  • Não é interessante que os alunos levem questionários para ser respondidos no decorrer da visita. O melhor mesmo é fazer a visita orientada pelo educador, sem fazer anotações.

 

3) Depois da visita:

  • Retome em sala de aula o que foi discutido na visita.
  • Proponha atividades como redações, relatórios e desenhos sobre o passeio.
  • Verifique quem fotografou a visita e selecione imagens que possam ser expostas.

 

Sugestões e dicas

Prepare um relatório coletivo. Em uma pasta, agrupe o material escrito, gráfico e fotográfico dos alunos de forma que todos possam ter acesso.

Valéria Peixoto de Alencar
é historiadora formada pela USP e cursa o mestrado em Artes no Instituto de Artes da Unesp. É uma das autoras do livro "Arte-educação: experiências, questões e possibilidades" (Editora Expressão e Arte).

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos