Abolição da escravatura

Érica Alves Cavalcante

Introdução

Ao estudarem o processo que leva à assinatura da Lei Áurea, os alunos devem conhecer os interesses dos diferentes sujeitos históricos: dos que eram contrários à abolição e dos que lutaram por ela.

Objetivos

1. Conhecer os diversos sujeitos históricos.

2. Identificar os fatos que levaram à abolição da escravatura.

3. Verificar o real impacto das leis Eusébio de Queiroz, do Ventre Livre (visconde do Rio Branco) e do Sexagenário.

4. Entender a assinatura da Lei Áurea como resultado de um longo processo histórico, influenciado por diversos fatores.

Estratégias

1. Escreva na lousa a palavra "escravidão" e solicite que os alunos exponham todas as idéias que tiverem sobre o tema. Registre-as, a fim de que elas possam ser retomadas durante a explicação ou durante as atividades que serão desenvolvidas pela turma.

2. Retome, por meio de uma breve explanação, os principais pontos estudados sobre a escravidão e inicie a construção, na lousa, de uma linha do tempo.

3. Leia com os alunos o texto "Abolição da escravatura: Brasil demorou a acabar com o trabalho escravo". Durante a leitura, chame a atenção dos alunos para questões nacionais e internacionais que influenciaram na abolição do trabalho escravo.

4. Divida a turma em grupos e solicite que pesquisem o que significou cada uma das leis que antecederam a Lei Áurea (incluindo esta). Depois das pesquisas, deverão incluir essas leis na linha do tempo e explicar à turma o que compreenderam. Nesse momento, o professor, se necessário, evidencia os fatos que mais se relacionam aos objetivos da aula.

Atividades

1. Leve a sala de aula imagens retiradas de notícias/reportagens referentes a casos de escravidão nos dias atuais. Exponha o material sem apresentar as legendas e solicite que os alunos descrevam o que sentem. Depois, entregue para cada aluno um dos textos (dos quais as imagens foram retiradas) e solicite que façam a leitura.

2. Finalizada essa primeira etapa, peça que os alunos, divididos em grupos, façam dramatizações que discutam a questão da escravidão no passado e no presente. Depois de concluídas e ensaiadas, elas devem ser apresentadas à turma.

Érica Alves Cavalcante
é historiadora.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos