Jogo da memória de pronomes

Patrícia Cordeiro Sbrogio

Objetivos

1) Reconhecer a função dos pronomes para a construção de sentidos nas diferentes situações comunicativas.

2) Reconhecer e classificar os pronomes.

Ponto de partida

Sugestão de cartas para o jogo da memória:

Cartas de classificação

PRONOME PESSOAL DO CASO RETO
PRONOME PESSOAL DO CASO OBLÍQUO
PRONOME DEMONSTRATIVO

PRONOME DE TRATAMENTO
PRONOME POSSESSIVO
PRONOME INDEFINIDO
PRONOME INTERROGATIVO
PRONOME RELATIVO
 

Cartas com exemplos

"Eu penso em você
Desde o amanhecer
Até quando eu me deito."

(Tribalistas)
"Já sei namorar
Já sei chutar a bola
Agora só me falta
Ganhar."

(Tribalistas)
"Cada paralelepípedo
Da velha cidade
Essa noite vai
Se arrepiar."

(Chico Buarque)
"Você
É algo assim
É tudo pra mim
É como eu sonhava,
baby."

(Tim Maia)
"Meu filho vai ter
Nome de santo
Quero o nome mais
Bonito."

(Legião Urbana

"E o que foi
prometido,
Ninguém prometeu."

(Legião Urbana)

"Quem me chamou
Quem vai querer
voltar pro ninho
Redescobrir, seu
lugar."

(Guilherme Arantes)

"Eu vou contar pra todos a história de um rapaz, Que tinha há muito tempo a fama de ser mal"
(Roberto Carlos)

 

Observação: Coloquei apenas um exemplo de cada classificação e escolhi trechos de música, mas o interessante é apresentar pelo menos dois exemplos de cada tipo de pronome e escolher trechos de textos trabalhados em aula.

 

Estratégias

1) Antes do início do jogo, fazer uma breve revisão sobre a função dos diferentes tipos de pronomes (na construção de sentidos em diversas situações comunicativas). Em seguida, organizar a turma em pequenos grupos e entregar o envelope com as cartas do jogo. Se preferir, entregue as folhas e peça que os alunos recortem as cartas e confeccionem os envelopes. No final do jogo, os alunos podem produzir as regras e uma síntese sobre o estudo realizado.

2) Instruções para o jogo (sugestão): colocar todas as cartas com exemplos viradas para baixo e as de classificação no canto da mesa, para serem compradas. Definir quem iniciará o jogo. Em seguida, o aluno deve comprar uma carta com a classificação do pronome e virar uma carta com exemplo. Se o exemplo corresponder à carta de classificação comprada, ele marca ponto e/ou joga novamente. Essas regras podem ser criadas pelos próprios alunos.

Comentários

1) Essa atividade deve ser realizada após estudo sistemático sobre pronomes.

2) O jogo pode ser construído pelos alunos durante o estudo sobre pronomes; eles podem selecionar os exemplos e definir outra forma de jogo sobre o conteúdo estudado.

Patrícia Cordeiro Sbrogio
é formada em letras pela Universidade de São Paulo e é professora de língua portuguesa na rede particular de ensino do Estado de São Paulo.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos