'O Caçador de Pipas'

Fátima Rodrigues

Objetivos

1) Trabalhar os elementos da narrativa de "O caçador de pipas", de Khaled Hosseini, obra que é sucesso de público e de crítica literária;

2) Utilizar o entusiasmo dos alunos pela história para que percebam a importância da leitura e de como ela deve ser estimulada (mostrar a leitura em diferentes planos: oral e escrito);

3) Através das etnias, ressaltar a injustiça educacional entre as personagens Amir e Hassan;

4) Discutir a submissão social e o crescimento do ser humano ao se redimir da culpa;

5) Analisar a simbologia das pipas (liberdade ou prisão?);

6) Incentivar e estimular os alunos a ampliar seus conhecimentos, que conduzirão não só à literatura, mas a outros temas relacionados a diferentes áreas. Nesse sentido, refletir e contextualizar sobre as diversidades culturais. Enfocar também a religiosidade, os interesses políticos e estratégicos;

7) Conhecer a cultura do Oriente Médio. A partir desse conhecimento prévio, estudar o comportamento de determinados personagens;

8) Estabelecer relação da obra com fatos atuais;

9) Destacar as marcas deixadas pela invasão do Afeganistão pela Rússia;

10) Salientar a importância da amizade.

Comentário introdutório

O cenário do livro "O caçador de pipas" é o Afeganistão: desde antes da queda da monarquia, passando pela invasão russa e pela implantação de um regime autoritário de cunho religioso e nacionalista, o Talibã. Como consequência deste regime, os refugiados convergem para os EUA e para o Paquistão.

A obra conta a história de um menino rico, Amir, que mora em Cabul, capital do Afeganistão. Ele é atormentado pela culpa de ter traído seu amigo de infância, Hassan, filho de um empregado de seu pai. Amir e Hassan cresceram juntos, como seus pais, brincando, vendo filmes, participando de competições de pipas. Toda uma infância os une, mas somente depois de muitos anos Amir se dá conta da força desse relacionamento.

Hassan, apesar de analfabeto, por muitas vezes é mais sábio e perceptivo que o amigo. No inverno de 1975, ele oferece uma chance a Amir de se mostrar um grande homem e de mudar o mal-estar que sentia em relação ao empregado, inferior e diferente. Mas Amir não aproveita a oportunidade e vive muitos anos lamentando-se.

Tempos depois, Amir, que havia saído do Afeganistão, volta para tentar resgatar o equívoco, mas não encontra mais o seu país como deixou há vinte anos. Ele encontra uma nação oprimida pelo Talibã.

Estratégias

1) Realizar pesquisas históricas e geográficas sobre o Afeganistão com o grupo;

2) Promover aulas ministradas por professores de diversas áreas;

3) Fazer debates e propostas em grupo;

4) Realizar a leitura dividida em duas partes:

  • Capítulos 1 até 14
  • Capítulos 15 até 24.

 

Atividades


a) Pesquisa histórica:

Pode ser conduzida a partir das questões:

  • Quem é o autor Khaled Housseini?
  • Você já ouviu falar do Afeganistão? Faça uma pesquisa para saber onde fica? Qual a religião adotada no país?
  • O que é o Talibã? Qual a importância dentro do país?
  • Como ficou o Afeganistão após a invasão russa no final de 1970?
  • Quem são os sunitas e os xiitas?
  • Qual é a posição da mulher no contexto árabe?
  • Como é o dia-a-dia no Afeganistão?
  • Qual é a diferença entre os pashtun e os hazaras?

 

b) Elementos da Narrativa

1) Foco Narrativo

"Eu me tornei o que sou hoje aos doze anos."
A frase acima apresenta o tipo de narrador da história. Identifique-o.

2) Tempo

O tempo da narrativa pode ser desenvolvido em: cronológico ou psicológico.
Descreva a técnica utilizada nesse romance e justifique com passagens do texto.

3) Espaço

a) Espaço físico ou geográfico

Determine e descreva os espaços (externos e internos).

b) Espaço social (ambiente)

É o espaço relativo às condições socioeconômicas, morais e psicológicas que dizem respeito às personagens.
Faça uma análise referente aos espaços em que estão inseridas as personagens abaixo, levando em consideração as diferenças sociais, étnicas, culturais:

  • Amir e Hassan.
  • Baba, Rahim Kham, Ali.

 

4) Caracterização (perfil) de personagens:

  • Amir
  • Hassan
  • Baba
  • Ali
  • Rahin Kham
  • Assef
  • Sohab
  • Soraya
  • Sanaubar

 

5) Enredo: conflito

  • A narrativa apresenta dois focos distintos: o microcosmo (a individualidade do homem em oposição ao mundo no qual ele interage) e o macrocosmo (o mundo onde o indivíduo interage em oposição a ele). Explique, por meio de um esquema, a distinção entre esses dois focos. Estabeleça a relação entre micro e macro. Dê um exemplo a partir dos conflitos presentes na narrativa.
  • Por que se pode afirmar que Assef, aparentemente uma personagem secundária, desencadeou o conflito da narrativa?
  • A amizade de Hassan por Amir mostra, por intermédio das atitudes, o reflexo da condição de cada um deles. Por quê?
  • No microcosmo, presenciamos o egoísmo (egocentrismo) capaz de ultrapassar os limites de uma grande amizade. Apresente ações praticadas por Amir que justifiquem essa afirmação.
  • Explique as palavras perfeição e imperfeição, levando em conta as características das personagens Amir e Hassan.
  • A covardia de um homem é capaz de separar amigos. Covardia ou fruto de um sociedade preconceituosa e impiedosa?
  • Cite algumas ações de Amir que demonstram o preconceito que sente por Hassan não ser um garoto pashtun.

 

6) Temáticas da obra para reflexão. Desenvolver textos:

  • Culpa (remorso)
  • Perdão
  • Vigança
  • Amizade/ Lealdade
  • Resgate
  • Simbologia das pipas

Fátima Rodrigues
é professora de português.

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos