Tudo o que é sólido pode derreter

Um ponto de contato entre os clássicos da literatura e os jovens de hoje

Sueli de Britto Salles

Um dos argumentos mais usados pelos alunos de Ensino Médio, para reclamar das aulas de literatura, é a distância (na temática, nas sociedades e no vocabulário) existente entre os textos clássicos e a realidade contemporânea. Mas seria possível enxergar algum ponto de contato entre os temas dessas obras literárias e os conflitos vivenciados pelos adolescentes da atualidade? Tudo o que é sólido pode derreter, série brasileira exibida pela TV Cultura e premiada em 2009, tem provado que sim.

Produzida pela Ioiô Filmes, com criação de Esmir Filho e Rafael Gomes (responsável também pela direção), a série ganha agora sua versão em DVD. O box, composto por quatro DVDs com os 13 episódios (aproximadamente 20 minutos cada um) mais o making of, traz um diferencial muito sedutor para o seu público: quatro livros eletrônicos (e-book) de importantes obras da literatura: "Auto da Barca do Inferno", de Gil Vicente; "Dom Casmurro", de Machado de Assis; "Ismália", de Alphonsus de Guimarães; e "O Guardador de Rebanhos", inspirado no poema de Fernando Pessoa (como Alberto Caeiro).

Mas o maior mérito da série é a qualidade dos episódios. Neles o telespectador acompanha o crescimento da jovem Thereza, vendo-a refletir sobre as leituras estudadas em sala de aula enquanto lida com os conflitos da adolescência. No episódio de abertura, aos poucos vamos conhecendo a protagonista, sua casa, sua escola. Ela é aluna do 1º ano de Ensino Médio. Também, aos poucos, vamos conhecendo os colegas antigos, o colega novo, o professor de literatura, os pais. Sabemos do tio querido, que está morto.

Thereza e os amigos de escola são pessoas comuns, pertencentes à classe média paulistana. Estudam em uma escola pública, andam de ônibus, conversam pela internet. Passam por situações semelhantes às de muitos jovens nessa faixa etária: timidez, problemas familiares, questões existenciais. Acompanhar o dia-a-dia dessa turma já faria da série algo atrativo, mas seu diferencial está na relação direta entre as angústias dessa jovem e as reflexões provocadas pelas obras que ela estuda nas aulas de Literatura. Realidade e ficção misturam-se na imaginação de Thereza, onde autores e personagens ganham vida para interagir com o mundo contemporâneo. Outra ponte entre o real e o fantástico é o tio, já morto. Assim como os outros seres imaginados, ele aparece para a sobrinha, estabelecendo um contato provocante, mas carinhoso e protetor, ajudando a menina a atravessar seus conflitos.

Os episódios não substituem a aula de literatura, muito pelo contrário. As referências à época, às características dos autores e aos trechos das obras serão muito mais significativas para o público que já tiver sido iniciado nesses estudos (o que não compromete a compreensão dos que não contarem com isso). Também não têm o propósito de servir como um resumo das obras. É verdade que a Canção do Exílio é inteira declamada pelo próprio Gonçalves Dias, mas é nas reflexões de Thereza sobre o que significa estar em outra pátria que o sentimento saudosista revelado no poema é capturado. Na série, os fatos do cotidiano atualizam os temas abordados nas obras literárias, convidando o telespectador a pensar sobre os conflitos humanos tratados nessas obras e perceber que são clássicos justamente por serem atemporais.

As referências às obras servem apenas de tira-gosto, uma pitada para provocar no público um desejo de "quero mais", convidando-o a conhecê-las mais intimamente, pela leitura dos originais. Pode ser um bom aliado do professor na tarefa de mostrar aos alunos os primeiros passos na aventura literária. A trilha sonora é um charme à parte e a atuação do jovem elenco convence.

Tudo o que é sólido pode derreter

Box com 4 DVDs - TV Cultura

1° volume

Episódios: Auto da Barca do Inferno, inspirado na peça de Gil Vicente

Os Sermões, dos ensaios de Padre Antônio Vieira

Os Lusíadas, poema de Luís Vaz de Camões

Canção do Exílio, do poema de Gonçalves Dias

Livro Digital: Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente

2° volume

Episódios: Senhora, inspirado no romance de José de Alencar

Macário, da peça de Álvares de Azevedo

Dom Casmurro, de Machado de Assis

Livro Digital: Dom Casmurro, de Machado de Assis

3° volume

Episódios: Ismália - poema de Alphonsus de Guimarães

Quadrilha - poema de Carlos Drummond de Andrade

Uma Aprendizagem ou o Livro dos Prazeres - romance de Clarice Lispector

Quem Casa Quer Casa - inspirado na peça de Martins Pena

Livro Digital: Ismália, de Alphonsus de Guimarães

4° volume

Episódios: O Guardador de Rebanhos - inspirado no poema de Fernando Pessoa (como Alberto Caieiro)

Macunaíma - do romance de Mário de Andrade

Making of


 

 é mestra em língua portuguesa, leciona em cursos universitários e participa de bancas corretoras de redações em vestibulares.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos