UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Últimas Notícias

22/05/2009 - 11h07

Séries iniciais do ensino fundamental concentram maioria dos alunos de EJA no Nordeste

Da Agência Brasil
A retomada dos estudos pelos alunos de cursos de EJA (educação de jovens e adultos) na Região Nordeste ocorre na fase mais inicial do ciclo, revela levantamento divulgado hoje (22) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), com base nas informações da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) de 2007. Enquanto na média nacional o segundo segmento do ensino fundamental (da 5ª à 8ª séries do currículo antigo) respondia pela maior parte dos alunos que frequentavam a EJA (40%), no Nordeste o maior percentual de frequência (37,6%) foi verificado no primeiro segmento do ensino fundamental, que vai da 1ª à 4ª séries do currículo antigo.

  • Quatro em cada dez que retomam os estudos abandonam curso
  • Mais de 80% estão preocupados com trabalho
  • Educação de jovens e adultos é mais frequente entre mais pobres
  • IBGE: informática é o curso profissional mais procurado

  • A Região Norte concentra 43,7% dos alunos da EJA no segundo segmento do ensino fundamental. Por outro lado, as regiões Sul e Centro-Oeste apresentaram as maiores proporções de frequência no ensino médio, antigo segundo grau (46,3% e 46,1%, respectivamente).

    De acordo com a gerente da Pnad, Maria Lúcia Vieira, os dados refletem as disparidades no acesso à educação nas regiões brasileiras. "Nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, que a gente sabe que têm indicadores de escolaridade melhores em relação às demais, as pessoas deixaram o ensino regular mais tarde, avançaram mais nos estudos e, por isso, entraram em segmentos mais elevados no curso de educação de jovens e adultos. Já na Região Nordeste, que tem indicadores piores nesse campo, cerca de 38% das pessoas que procuraram a EJA foram fazer ainda no primeiro segmento."

    Outro dado apontado pelo levantamento reforça as desigualdades regionais em termos de educação. Quando são analisados apenas os cursos de alfabetização de jovens e adultos, a constatação é que a Região Nordeste também é a que apresenta o maior percentual (3,6%) de pessoas com 15 anos ou mais de idade que frequentavam ou já haviam cursado EJA. O menor percentual, de 0,9%, foi observado no Sudeste.

    Essa parcela da população era formada em sua maioria por brasileiros com 50 anos ou mais de idade (44,7%).

    Thais Leitão
    Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

    Compartilhe:

      Receba notícias

      Lição de Casa Dicionários

      Aulete

      Português

      Houaiss

      Português

      Michaelis


      Tradutor Babylon


      Intercâmbio

      Shopping UOL

      Hospedagem: UOL Host