UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Últimas Notícias

28/07/2009 - 17h44

USP, Unesp e Unicamp decidem adiar início das aulas por causa da gripe suína

Da Redação
Em São Paulo
Atualizada às 18h40

A três universidades estaduais paulistas, USP (Universidade São Paulo), Unesp (Universidade Estadual Paulista) e Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), decidiram, nesta terça-feira (28), adiar o retorno às aulas do segundo semestre para o dia 17 de agosto, seguindo orientação da Secretaria Estadual de Saúde para combater a gripe suína. A informação é da assessoria de imprensa da Unicamp.

"A recomendação visa reduzir a transmissão do vírus influenza A H1N1 no Estado de São Paulo", diz a nota divulgada à imprensa. As três instituições juntas têm cerca de 100 mil alunos na graduação, segundo o último Censo da Educação Superior.

  • Saiba tudo sobre gripe suína
  • Conheça os sintomas e saiba como evitar a gripe A H1N1
  • Veja 18 respostas sobre a gripe suína

  • O calendário da USP previa volta às aulas no dia 3 de agosto - exceto para estudantes que deviam repor aulas devido à greve do primeiro semestre, cujo retorno era previsto para o dia 10 de agosto.

    A USP, por meio da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária, informa também o cancelamento da quarta edição da Feira de Profissões, que seria realizada nos dias 4, 5 e 6 de agosto, no Memorial da América Latina.

    Na Unesp, os campi têm independência para escolher a data de retorno às aulas. Na Unicamp, de acordo com o calendário oficial, o início das aulas era previsto para o dia 4.

    Paula Souza

    Em São Paulo, as Fatecs (Faculdades de Tecnologia) e as Etecs (Escolas Técnicas Estaduais), que fazem parte do Centro Paula Souza, também irão voltar às aulas somente no dia 17 de agosto. As aulas dessas instituições iriam começar entre hoje (28) e o dia 4 de agosto. As Fatecs e as Etecs têm, ao todo, mais de 312 mil estudantes.

    A orientação deverá ser adotada pelas Fatecs, pelas Etecs, pelas classes descentralizadas, pelos Centros de Convivência Infantil e por todo e qualquer tipo de expansão de ensino do Centro. Informações sobre a reposição dos dias letivos serão divulgadas posteriormente.

    Você irá adiar a volta às aulas do seu filho?
  • Enquete: Adiar a volta às aulas adianta?
  • Saúde de SP recomenda prorrogação de férias
  • Escolas de São Paulo adotam medidas contra gripe suína
  • Ministério da Saúde tira principais dúvidas sobre a nova gripe
  • Saiba tudo sobre a gripe suína
  • RS e RJ definem se prorrogam férias

  • Universidades particulares

    No Estado de São Paulo, a PUC-Campinas (Pontifícia Universidade Católica de Campinas) também decidiu prolongar o período de recesso escolar. A PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo) tem início das aulas previsto para o dia 10 de agosto, devido a obras no campus Monte Alegre. A instituição não informou mudanças no calendário.

    O Semesp (Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos de Ensino Superior no Estado de São Paulo), que congrega 383 mantenedoras e 538 mantidas, informormou que não vai mandar uma recomendação às faculdades e universidades particulares.

    Informou a assessoria de imprensa do sindicato que a decisão de adiar ou não o retorno às aulas fica a cargo de cada instituição.

    Suspensão de aulas pelo Estado

    A secretaria de Educação anunciou nesta terça-feira (28) que as aulas na rede pública e estadual estão suspensas até o dia 17 de agosto. A maioria das escolas, segundo a secretaria, retomariam as atividades no dia 3 de agosto, próxima segunda-feira. Nas escolas que já haviam retornado das férias, as aulas ficam suspensas até a data. Ainda não existe um levantamento sobre o número de unidades da rede estão nessa situação.

    A Secretaria de Estado da Saúde decidiu, nesta terça-feira (28), recomendar às escolas públicas e privadas que adiem o retorno das aulas para o próximo dia 17 de agosto. A orientação vale também para as universidades.

    A decisão de indicar a ampliação das férias escolares foi tomada depois de análise das recomendações e avaliações da OMS (Organização Mundial da Saúde) a respeito da propagação do vírus entre estudantes e de recorrentes relatos sobre o aumento expressivo do número de crianças e adolescentes atendidas nos pronto-socorros paulistas devido a problemas respiratórios.

    A secretaria também reafirma a orientação à população para que mantenham as medidas de higiene, como lavar as mãos com frequência e cobrir o nariz e a boca quando tossir ou espirar. É fundamental ainda que pessoas com sintoma de gripe fiquem em casa, repousando.

    Segundo a pasta, o Estado de São Paulo registra 27 óbitos de pacientes infectados pelo vírus influenza A.
    Leia mais
    Educação de SP adia volta às aulas para 17 de agosto por causa de gripe suína
    Saúde de SP recomenda que escolas públicas e privadas adiem retorno às aulas
    RS e RJ decidem esta semana se prorrogam férias escolares
    Sindicato das particulares de SP recomenda prorrogação de férias em 8,9 mil escolas
    Calendário de reposição de SP ficará a cargo de cada uma das escolas
    Redes municipal e estadual de ensino do Rio não vão prorrogar férias
    Prefeitura de SP suspende atendimento em creche e prorroga férias até dia 17/8
    Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

    Compartilhe:

      Receba notícias

      Lição de Casa Dicionários

      Aulete

      Português

      Houaiss

      Português

      Michaelis


      Tradutor Babylon


      Intercâmbio

      Shopping UOL

      Hospedagem: UOL Host