UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Banco de redações

Proposta de Janeiro de 2010

O jovem perdeu o interesse pela participação eleitoral? Por quê?

O voto aos 16 anos foi uma conquista do movimento estudantil, incorporada à Constituição de 1988. Entre o fim da década de 1980 e o início da seguinte, estudantes e jovens, de um modo geral, demonstravam interesse na vida política nacional e desejo de se manifestar, por meio do voto, sobre os rumos do país. No entanto, essa vontade de participar tem diminuído. Há cinco anos havia 3,6 milhões de eleitores de 16 e 17 anos no Brasil. Em 2008 o número chegou a 2,9 milhões, redução de 19%. Se números assim permitem constatar o desinteresse do jovem no exercício de um direito seu, é o caso de perguntar as razões desse fato. Por que os jovens parecem ter perdido o interesse pela política? O que explica, na sua opinião, o crescente número de jovens que não faz questão de tirar o título de eleitor e de votar?

Leia as redações avaliadas

Elabore uma dissertação considerando as ideias a seguir:


Página 3


Qual a importância do voto na adolescência?


O voto para jovens entre 16 e 17 anos é facultativo. Mesmo assim, alguns optam por participar da eleição. Para o cientista político e professor do curso de Sociologia e Política da FESPSP (Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo), José Paulo Martins Júnior, o que pode levar um jovem dessa idade a votar é a consciência de que estará participando do destino do país. "É importante que ele perceba que o voto dele representa bastante", afirmou. Segundo o especialista, que foi às urnas pela primeira vez antes de completar 18 anos, a possibilidade de votar nessa idade só amplia a cidadania. "As pessoas falam pouco sobre política, então vejo nessas idades uma oportunidade para começar esse exercício".
A estudante Thiara Milhomem, 18, por exemplo, tirou o título com 16 anos e de lá para cá não deixou de se envolver em atividades políticas. "Votar, para mim, é exercer a cidadania e meu papel de brasileira", disse. Desde os 15, Thiara faz parte da UBES (União Brasileira dos Estudantes). Atualmente, ela compõe a diretoria executiva da organização e é responsável pela campanha nacional "Se liga 16", que tem por objetivo incentivar jovens entre 16 e 17 anos a tirar o título de eleitor.

Thaís Andrea, Rudge Ramos Jornal, Universidade Metodista, http://www.metodista.br
 

Desencanto e frustração


No ano passado, matéria da revista Megazine, suplemento para jovens do jornal O Globo, radiografou a imensa frustração da juventude com a política. Desencanto com política era uma das razões apontadas por jovens de 16 e 17 anos que optaram por não votar nas eleições de 2008. O voto aos 16 anos foi uma conquista do movimento estudantil, incorporada à Constituição de 1988. A renúncia ao exercício de um direito, tão imprópria do idealismo juvenil, mostra o grau da frustração adolescente. É um tiro na democracia e uma vitória dos demagogos, dos desonestos, dos oportunistas e dos que vivem de costas para a ética.

Carlos Alberto Di Franco, O Estado de S. Paulo, 14/12/2009

O que pensa a galera?


"Eu já posso votar, tenho consciência e informação pra isso também. Apesar de tudo, não tenho esperança de que alguma coisa vá mudar, pois os jovens não têm muita movimentação para isso. Então, permaneço na dúvida se faço meu título ou não. E se eu for votar, será nulo."

Gabriel Porto, 16 anos

"Acho que o jovem tem que votar, porque além de estar opinando, está pensando no seu futuro. Querendo ou não, nós somos o futuro e por isso temos que saber o que é melhor pra gente."

Nicole Mallmann, 16 anos

"Acho que pelo fato de cada político ter uma proposta que não ajuda a grande maioria nem beneficia os jovens, a gente acaba elegendo políticos pra influir na vida dos nossos pais, porque na nossa pouca coisa muda."

Paulo Jobim, 17 anos

"Acho que o voto jovem só vale quando ele está votando consciente. Aí sim acredito que ele está exercendo cidadania, pois votar por votar não vale a pena e nem tem relevância."

Gabriela Macedo, 16 anos

"Eu não iria votar porque todos os políticos que estão em questão no momento não me agradam. Se tivesse 16 anos e pudesse tirar o título, eu acho que não tiraria, esperaria pra votar quando tivesse motivo, quando fosse obrigatório ou por consciência responsável."

Carolina Fonseca, 15 anos

Kzuka - RS, Zero Hora, http://zerohora.clicrbs.com.br

Se liga 16!


A União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) lançou no ano passado a campanha "Se liga 16: por um país com a cara da juventude". A iniciativa tinha como objetivo fazer um amplo processo de discussão nas escolas secundaristas sobre a importância da participação consciente da juventude na política brasileira, em especial nas eleições municipais de 2008.
Para o presidente da Ubes, Ismael Cardoso, a campanha visava responder à redução do índice de votantes na faixa entre 16 e 18 anos: "Há dados do TSE de que na maioria dos Estados tem diminuído a participação dos jovens nas eleições. Por isso a proposta é inverter, aumentar a participação da juventude no processo eleitoral".

Portal da Juventude, Governo Federal, http://www.juventude.gov.br

Observações


 

  • Seu texto deve ser escrito na norma culta da língua portuguesa;
  •  

  • Deve ter uma estrutura dissertativa;
  •  

  • Não deve estar redigido em forma de poema (versos) ou narração;
  •  

  • A redação deve ter no mínimo 15 e no máximo 30 linhas escritas;
  •  

  • Não deixe de dar um título a sua redação;
  •  

  • Envie seu texto até o dia 25 de janeiro de 2010;
  •  

  • Confira as redações avaliadas a partir de 1 de fevereiro de 2010.

    Elaboração da Proposta


    Página 3 Pedagogia & Comunicação
  • Tendo como base as ideias apresentadas nos textos acima, os inscritos fizeram uma dissertação sobre o tema O jovem perdeu o interesse pela participação eleitoral? Por quê?

    Leia as redações avaliadas
    Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

    Compartilhe:

      Receba notícias

      Shopping UOL

      Hospedagem: UOL Host