UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Banco de redações

Proposta de agosto de 2009

Toque de recolher protege juventude e sociedade?

O toque de recolher, à noite, para menores de 18 anos tem sido visto por algumas autoridades como o grande trunfo no combate às drogas e às infrações juvenis no país. Já foi implantado em vários municípios de São Paulo e também no Paraná. Os jovens não podem frequentar bares, lanchonetes, lan houses ou bailes após certo horário. Uma parte da sociedade, porém, está chocada com o que chama de preconceito inconstitucional de juízes e incompetência educacional e social do Estado. O que você acha: o toque de recolher realmente protege a juventude e a sociedade?

Leia a proposta completa
Leia outras redações avaliadas

Redação

Aluno:***

Idade:***

Colégio:***

0.5

A alternativa

O toque de recolher pode[,] sim[,] ter uma grande ajuda na sociedade ao combate de violência e drogas,[;] com isso, o policiamento tem melhor controle mas porém não pode [se] fixar somente neste [nesse] ponto.

E fica algumas perguntas: Onde tem curso gratuito em que ensinam como lidar com os filhos? Onde podemos denunciar [o quê?]?

Temos que ter atitudes fortes e firmes para enfrentar essas dificuldades, mas[,] simplesmente[,] quando tentamos denunciar algo, a pessoa [qual pessoa?] tem que ter a prova de quem falou, com isso, não dá para ser anônimo.

Vamos educar os nossos filhos com mais dedicação e amor, pois o futuro depende do presente. Vamos acabar com essa droga, essa corrupção, essa falta de amor, e ter fé de que tudo irá mudar com a dedicação de todos. Vamos lutar par [por] um Brasil melhor!

Comentários gerais

O autor escapou do tema em debate, do qual falou timidamente apenas no primeiro parágrafo, já enviesando para outros temas: violência, educação, corrupção. Sua conclusão está totalmente fora das ideias propostas para argumentação.

Aspectos pontuais

1) No primeiro parágrafo, a conjunção "mas" é sinônima da conjunção "porém", ambas adversativas. Ou seja, usar as duas juntas é erro elementar.

2) No segundo parágrafo, há um erro de concordância do verbo ficar; a frase deveria ser: E ficam [predicado] algumas perguntas [sujeito no plural].

3) No mesmo parágrafo, usou-se o verbo "ter" na frase, quando, na escrita, deve-se preferir o verbo haver (impessoal): onde há um curso gratuito em que se ensina como lidar com os filhos?

Competências avaliadas

CompetênciaNota
1.Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita.0.0
2.Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.0.0
3.Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.0.0
4.Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.0.5
5.Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.0.0
Total 0.5

Desempenho do aluno em cada competência

Nota 2,0 - Satisfatório Nota 0,5 - Fraco
Nota 1,5 - Bom Nota 0,0 - Insatisfatório
Nota 1,0 - Regular
Leia a proposta completa
Leia outras redações avaliadas
Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host