UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Banco de redações

Redação

Aluno:***

Idade:***

Colégio:***

3,0

A conquista das mulheres.

Até [o] século passado o papel da mulher na sociedade era ser domestica [doméstica] , ter um lar e cuidar dos filhos, enquanto o marido trabalhavam, elas já saiam [trabalhava. Elas já saíam] da casa de seus pais com essa educação. Hoje com muitas lutas e conquistas a mulher esta [está] conseguindo reverter a situação. Acabamos de ver um exemplo disso na historia Brasileira [História do Brasil] , com a eleição da candidata Dilma Rousseff á [à] presidência da república [República] . Com isso outras mulheres também entram na luta a favor da igualdade social entre ambos os sexos. Mas, as mulheres não conquistaram [um] papel apenas na política, elas estão se destacando dentro das empresas [,] conseguindo os mais alto cargo [altos cargos] e fazendo sucesso na sua empresa, mesmo [empresa. Mesmo] assim a diferença entre homem e mulher ainda é muito grande nos dias atuais. Só já terem lutado para quebrar o domínio do poder [o domínio] que os maridos exerciam sobre elas foi uma grande vitoria [vitória] . É preciso mais vagas, tanto no mercado [de trabalho] quanto nas universidades, pois ainda são poucas. Se todos são iguais perante a lei porque [por que] não igualar homens e mulheres? Não adianta os direitos ficarem reconhecidos só no documento, é preciso por em pratica [pôr em prática] . Ainda assim, elas conseguiram ir a [à] escola e mais tarde frequentar instituições de nível superior, mas as que seguiram este caminho, em vez de serem aplaudidas eram criticadas pela sociedade, sendo humilhadas pelos maridos que diziam: "lugar de mulher é na conzinha".
 

Comentário geral

A redação é superficial e confusa, sendo que a falta de organização já se manifesta pelo fato de o texto estar redigido num parágrafo único. É interessante notar como não existe uma hierarquia entre os vários tópicos que o texto elenca para demonstrar um ponto de vista. Fora isso, há que se apontar também a existência de uma estrutura dissertativa apenas de maneira embrionária, com o esboço de uma introdução e de um desenvolvimento e sem uma conclusão propriamente dita. São muitos também os erros gramaticais.
 

Aspectos pontuais

1) Literalmente, o texto afirma que, com a eleição de Dilma Rousseff, outras mulheres entram na luta pela igualdade entre os sexos. Com base em que essa afirmação é feita? Quais são os fatos concretos que podem torná-la válida ou verdadeira?

2) No segundo trecho assinalado em vermelho, o texto abandona a linha de argumentação que vinha seguindo e passa a tratar de outros assuntos que, embora pertinentes, estão descontextualizados, de modo que ocorre uma injustificável mudança de foco.

3) O Ainda assim remete justamente às circunstâncias descontextualizadas apresentadas anteriormente, mas não é apesar dessas circunstâncias que as mulheres conseguiram ir à escola, etc. Portanto, ocorre aí uma desconexão sintática.

4) A palavra correta é cozinha. Como a autora pôs a expressão entre aspas, pode ser que ela esteja fazendo uma caricatura da fala machista, mas não é provável. O mais provável é mesmo que se trate de um erro.

Competências avaliadas

CompetênciaNota
1.Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita.1,0
2.Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.0,5
3.Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.0,5
4.Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.0,5
5.Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.0,5
Total 3,0

Desempenho do aluno em cada competência

Nota 2,0 - Satisfatório Nota 0,5 - Fraco
Nota 1,5 - Bom Nota 0,0 - Insatisfatório
Nota 1,0 - Regular
Leia a proposta completa
Leia outras redações avaliadas
Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host