UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Banco de redações

Proposta de outubro de 2007

A energia nuclear é uma boa solução para o Brasil?

O país possui duas usinas nucleares: Angra 1 e Angra 2, no Estado do Rio de Janeiro. O governo planeja a instalação de Angra 3. Mas o uso de energia nuclear tem dividido a opinião dos especialistas. O benefício é que ela não polui a atmosfera nem contribui para o aquecimento global. Há também vantagens na sua utilização em medicina, agropecuária, indústria, etc. Porém, o grande problema dessa matriz energética é que os restos do urânio enriquecido viram um lixo perigoso, sem falar no risco de acidentes.

Leia a proposta completa
Leia outras redações avaliadas

Redação

Aluno:Telma Medeiros

Idade:19 anos

Colégio:Colégio Alfredo Dantas

9,0

A energia nuclear como opção

A expansão da produção de energia nuclear no Brasil com a implantação da usina Angra 3, tem dividido opiniões na sociedade e órgãos protetores do meio ambiente. Há pessoas que defendem essa forma de geração de energia como alternativa viável, porém muitos a vêem como ameaça à humanidade no curto e longo prazo.

De um lado, os defensores do uso dessa forma de energia alegam que sua geração não lança gases tóxicos na atmosfera, deixando de contribuir para aumentar o efeito estufa. Além disso, as usinas podem ser construídas perto dos grandes centros urbanos, o que ajuda na redução dos custos da transmissão, tornando-a economicamente atraente.

Por outro lado, estão os que criticam a construção de usinas nucleares alegando os riscos ao meio ambiente trazidos pelo lixo tóxico produzido. Esses resíduos devem ser mantidos sob vigilância por milhares de anos para que não causem danos. O Greenpeace apresentou recente relatório sobre o estudo da inviabilidade de se usar a energia nuclear para conter os efeitos nocivos do aquecimento global, por ser extremamente cara e de demorada implantação. Para o órgão não-governamental, há fontes ainda não exploradas de energia hidráulica, além de fontes alternativas que trariam benefícios mais seguros que a construção de usinas nucleares.

Dessa forma, é preciso responsabilidade no uso de uma energia cujos resíduos precisarão ser administrados por várias gerações. Com formas ainda pouco exploradas de energia seguras, não parece ser conveniente o uso e a expansão de uma fonte energética na qual erros em sua gestão possam resultar em grandes acidentes.


Comentário geral


Bem articulada e organizada de forma simples e direta, a redação elenca argumentos favoráveis e contrários à utilização da energia nuclear. Na conclusão, no entanto, a autora reluta em assumir uma posição. No aspecto lingüístico, o texto apresenta domínio da norma culta.

Aspectos pontuais


1) Podemos observar como a autora efetuou uma escolha acertada logo no início da redação. A oração que introduz o texto é sintética e objetiva, situando o leitor na discussão que vem a seguir. Há apenas um pequeno reparo a fazer: a necessidade de mais uma vírgula. O período ficaria assim: "A expansão da produção de energia nuclear no Brasil, com a implantação da usina Angra 3, tem dividido opiniões na sociedade e órgãos protetores do meio ambiente."

2) Os argumentos pró e contra o uso de energia nuclear aparecem bem discriminados, com o emprego de expressões como "de um lado", "os defensores" e "por outro lado", "os que criticam". É fácil para o leitor acompanhar o andamento da argumentação.

3) Nesse contexto argumentativo, em que há clareza e objetividade, observe como o último parágrafo cria um contraste, por abrigar expressões vagas e proposições indiretas como os trechos assinalados em vermelho: "é preciso responsabilidade" e "não parece ser conveniente".

Competências avaliadas

Competência Nota
1. Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 1,5
2. Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 2,0
3. Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 2,0
4. Demonstrar conhecimento dos mecanismos lingüísticos necessários para a construção da argumentação. 2,0
5. Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 1,5
Total 9,0

Desempenho do aluno em cada competência

Nota 2,0 - Satisfatório Nota 0,5 - Fraco
Nota 1,5 - Bom Nota 0,0 - Insatisfatório
Nota 1,0 - Regular
Leia a proposta completa
Leia outras redações avaliadas
Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host