UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Banco de redações

Proposta de outubro de 2007

A energia nuclear é uma boa solução para o Brasil?

O país possui duas usinas nucleares: Angra 1 e Angra 2, no Estado do Rio de Janeiro. O governo planeja a instalação de Angra 3. Mas o uso de energia nuclear tem dividido a opinião dos especialistas. O benefício é que ela não polui a atmosfera nem contribui para o aquecimento global. Há também vantagens na sua utilização em medicina, agropecuária, indústria, etc. Porém, o grande problema dessa matriz energética é que os restos do urânio enriquecido viram um lixo perigoso, sem falar no risco de acidentes.

Leia a proposta completa
Leia outras redações avaliadas

Redação

Aluno:Eduardo Korndörfer Campana

Idade:23 anos

Colégio:UFRGS (RS)

8,5

A Energia Nuclear e o Brasil

Apesar de muitos cientistas defenderem a energia nuclear, como se ela fosse a solução para o aquecimento global, ela não é a melhor solução para o problema energético brasileiro. Até mesmo ambientalistas, como o criador da teoria de Gaya, James Lovelook, defendem a energia nuclear, porém, parecem esquecer-se de dois aspectos negativos, extremamente relevantes: sempre haverá o risco de acidentes em usinas nucleares; e não poderemos armazenar cada vez mais lixo nuclear.

Hoje, colocam-se os resíduos das usinas nucleares em antigas minas de sal, ou em grandes piscinas com água pesada. Mas quantos outros depósitos de lixo nuclear teremos ainda que construir no Brasil? Eles são seguros, garantem os defensores dos depósitos, que são geralmente seus responsáveis. Mas já não basta a quantidade de lixo doméstico e industrial, que se amontoa em aterros sanitários e lixões Brasil afora?

Não bastasse a necessidade crescente de locais para armazenar os resíduos destas usinas "salvadoras do planeta", há hoje, e sempre haverá, o risco de acidentes em uma ou outra usina. Questão de lógica, e muito simples: se com poucas usinas já aconteceram acidentes, certamente com mais unidades ocorrerão mais ocasiões em que o mundo ficará boquiaberto, temendo pelas conseqüências de um novo acidente.

Se perguntássemos a um antigo morador de Chernobyl, será que ele apoiaria a construção de novas usinas nucleares? Será que esta é a nossa única saída? Infelizmente, talvez sejam necessários outros desastres como o de Chernobyl para que nosso país veja, finalmente, que esta não é uma boa saída para a produção de energia.

Comentário geral


Texto opinativo e bem organizado, em que o autor expressa com clareza seu ponto de vista contrário à utilização da energia nuclear. A redação se desenvolve em torno de dois eixos argumentativos: os riscos de acidentes e as dificuldades de armazenamento dos rejeitos nucleares. A conclusão, no entanto, não avança no pensamento, apenas reitera os argumentos que já tinham sido delineados no primeiro parágrafo.

Aspectos pontuais


1) O texto é muito fluente e demonstra bom domínio da norma culta da língua escrita. No primeiro parágrafo, que assinalamos em verde, podemos notar a boa organização dos períodos, com orações organizadas hierarquicamente, emprego adequado dos sinais de pontuação e principalmente musicalidade e ritmo para captar o interesse do leitor.

2) No segundo parágrafo, sugerimos uma pequena modificação no trecho assinalado em vermelho: "garantem os defensores dos depósitos, que geralmente são os responsáveis por eles."

3) Podemos observar, no último parágrafo, como o apelo ao elemento emocional (a lembrança do desastre de Chernobyl) torna-se o único argumento para finalizar o texto. Será que basta o leitor se lembrar da existência de Chernobyl para ser contra a construção de usinas nucleares?

Competências avaliadas

Competência Nota
1. Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 2,0
2. Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 2,0
3. Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 1,5
4. Demonstrar conhecimento dos mecanismos lingüísticos necessários para a construção da argumentação. 2,0
5. Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 1,0
Total 8,5

Desempenho do aluno em cada competência

Nota 2,0 - Satisfatório Nota 0,5 - Fraco
Nota 1,5 - Bom Nota 0,0 - Insatisfatório
Nota 1,0 - Regular
Leia a proposta completa
Leia outras redações avaliadas
Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host