UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Banco de redações

Redação

Aluno:***

Idade:***

Colégio:***

2,5

A evolução dos livros clássicos

A simplificação e a adaptação da ortografia de livros transformaram [transformaram-se] em um tema polêmico para a sociedade brasileira. As ideias contraditórias são as seguintes: “O livro perde a identidade ao ser simplificado” e “A estória tornou-se acessível aos jovens”.

Ambas as ideias possuem suas veracidades. Por exemplo: “Iracema”, livro escrito no século XIX, contém suas peculiaridades, como as palavras indígenas. Isto [Isso] o tornou característico e marcante, portanto a adaptação da língua tupi para o português traria como consequência a perda de identidade.

Porém um(a) jovem de 14 a 18 anos [anos,] ao escolher “Iracema” para lê-lo [lê-lo,] desistirá quando abrir a primeira pagina [página] do livro. A Obra [obra] acabará por desestimular a leitura.

Entre as duas consequências à [a] segunda é a que terá o maior numera [número] de prejudicados. Já que a primeira não irá queimar a obra original e sim publicar uma nova edição dedicada aos leitores que estão começando a aprender essa arte.

Por conseguinte, a simplificação dos livros clássicos é uma evolução [evolução,] assim como foi a [do] disco de vinil para o cd. Há ainda pessoas que escutem o LP, mas é muito mais pratico [prático] o cd ou o pen drive. A adaptação do livro conseguirá atingir leitores que rejeitariam o livro original pela dificuldade de lê-lo. Assim que os leitores forem aumentando o grau de complexidade das palavras, eles poderão apreciar o Original [original]. Vale lembrar que a leitura é uma escola, que a cada dia aprendemos com as novas e complexas interpretações que adquirimos.
 

Comentário geral

Texto muito fraco. Nota-se o esforço do autor para refletir sobre o tema e desenvolver uma argumentação. Contudo, esse esforço é prejudicado pela deficiência em se expressar com objetividade e clareza, e pela escolha equivocada de palavras e de argumentos.
 

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: em primeiro lugar, não se trata de adaptações ortográficas. Ortografia é o conjunto de regras que a gramática normativa estabelece para ditar a maneira correta de escrever as palavras. As adaptações que são discutidas pela proposta de redação são de ordem vocabular e sintática. Se o autor, em vez de tentar exibir conhecimentos, tivesse falado simplesmente em simplificação e a adaptação da linguagem, ele não teria incorrido nesse equívoco que é muito grave para o texto como um todo.

2) Segundo parágrafo: a) a escolha das palavras é incomum. Por que não dizer que as duas ideias são parcialmente verdadeiras? Por que usar a linguagem de modo subjetivo e aleatório? b) Não foi o vocabulário indígena que fez de “Iracema” um clássico. Essa noção é outro equívoco. c) Não se adapta do tupi para o português. Como se trata de duas línguas, o certo seria falar em traduzir.

3) Terceiro parágrafo: subentende-se que o autor quer dar a entender que a leitora desistirá por considerar a linguagem difícil, mas ele tinha de deixar isso explícito em seu texto.

4) Quarto parágrafo: não faz sentido desde o início, pois não se sabe a que duas consequências o autor se refere.

5) Quinto parágrafo: a) O argumento não é válido: mudar do LP para o CD é como mudar do livro impresso para os equipamentos eletrônicos de leitura (tablet, kindle, kobo...). Ou seja, é mudar o suporte, não o conteúdo. Quando se fala em adaptação, fala-se em mudar a linguagem, independentemente do suporte físico. b) Não são os leitores que aumentam o grau de complexidade das palavras que eles leem. O que o autor quis dizer foi: conforme os leitores forem enriquecendo seu vocabulário... c) O final é retórico e não faz muito sentido: não se adquirem interpretações. Quando muito, adquire-se a capacidade de interpretar.

Competências avaliadas

CompetênciaNota
1.Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita.0,5
2.Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.1,0
3.Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.0,5
4.Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.0,5
5.Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.0,0
Total 2,5

Desempenho do aluno em cada competência

Nota 2,0 - Satisfatório Nota 0,5 - Fraco
Nota 1,5 - Bom Nota 0,0 - Insatisfatório
Nota 1,0 - Regular
Leia a proposta completa
Leia outras redações avaliadas
Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host