UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Banco de redações

Redação

Aluno:***

Idade:***

Colégio:***

3,0

A humanidade se autodestrói

Imaginamos que, as [que as] chuvas são as únicas responsáveis pelos desastres ambientais ocorridos recentemente, achamos que somos frágeis em meio á [à] força ambiental. Mas, será mesmo que somos tão frágeis assim, aponto [a ponto] de não conseguirmos evitar ou pelo menos amenizar desastres de tamanha gravidade?

Em meio ao mundo desenvolvido [em] que estamos, acredito que, esses [que esses] desastres podem sim ser evitados ou pelo menos amenizados. É ridículo dizermos que em pleno século XXI, com tanta tecnologia, somos fragilizados pela natureza, e mais ridículo ainda é culparmos as chuvas por tamanhos desastres, sabendo quê [que,] se tivéssemos moradias em bom estado e lixo reciclado, grande parte dessa tragédia seria evitada, o fato é, [evitada. O fato é que] não respeitamos o ambiente, e por isso o ambiente se revolta, e quem sofre? Somos nós mesmos, afinal perdemos bens materiais e ainda pior perdemos vidas, bens irreparáveis, e de certa forma dói na consciência pensar que tudo poderia ser evitado, e usamos desculpas, culpando as chuvas [,] o governo, ou qualquer outra coisa que não seja nós mesmos.

Concluindo que, nossos descuidos causam desastres que prejudicam a nós, e que o problema da população pode sim ser resolvido se você trabalhar para que eles se resolvam.
 

Comentário geral

O texto tem caráter coloquial, que se expressa muitas vezes pelas perguntas retóricas que coloca (“e quem sofre?”), pelo uso da primeira pessoa do singular e do plural. Falta-lhe a formalidade que se exige de um texto dissertativo. Além disso, em termos de argumentação e raciocínio, a redação é superficial, analisando a questão sob a perspectiva de que a natureza se vinga da ação humana, sem falar que as únicas causas apontadas para a tragédia são a falta de “moradias em bom estado e lixo reciclado”. Por fim, pode-se ainda apontar que a reflexão sobre o tema se alicerça na emoção e na subjetividade do autor, o que não condiz com a objetividade que se espera de um texto dissertativo.

Aspectos pontuais

O último parágrafo começa com o verbo no gerúndio e com um erro grave de uso da virgula. Note-se também a alternância entre nós e você, que reforça o inadequado caráter coloquial do texto.

Competências avaliadas

CompetênciaNota
1.Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita.1,0
2.Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.1,0
3.Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.0,5
4.Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.0,5
5.Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.0,0
Total 3,0

Desempenho do aluno em cada competência

Nota 2,0 - Satisfatório Nota 0,5 - Fraco
Nota 1,5 - Bom Nota 0,0 - Insatisfatório
Nota 1,0 - Regular
Leia a proposta completa
Leia outras redações avaliadas
Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host