UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Banco de redações

Redação

Aluno:***

Idade:***

Colégio:***

3,5

A importancia do saber

Atualmente um grande problema é a forma como vamos nos espressar [expressar] diante de certas cituações [situações] , as escolas se vem [vêem] como um centro da comunicação da lingua [língua] do ?lixo? como é chamada a linguagem informal, aquela que se utiliza de girias, abreviações [gírias e abreviações] entre outros.

Quando se esta [está] em um ambiente familiar [,] onde se tem liberdade [,] não é necessario [necessário] utilizar a norma culta [,] pois ali é um ambiente onde todos se comunicam igualmente, talves [talvez] com a utilizar [a utilização] de uma linguagem muito formal pode causar uma certa dificuldade no entendimento de quem esta [está] ouvindo .

Já quando se esta [está] em uma entrevista de emprego [,] por exemplo [,] é necessario [necessário] utilizar de uma [uma] norma formal sem girias [gírias] e abreviações [,] pois causara [causará] uma boa impresão [impressão] demonstrando educação, sabedoria e até mesmo respeito.

Por isso as variantes linguisticas [linguísticas] são importantes, a linguagem informal não esta [está] incorreta dependendo de onde e com quem você a esta [está] utilizando [,] assim como a formal, que você tem de utilizar nos momentos certos. É isso que a escola tem que ensinar os alunos a saber variar a linguagem conforme o nivel de ceriedade [nível de seriedade] em que se encontre, mas tambem [também] ensinar que ter um vocabulario [vocabulário] composto por muitas girias [gírias] se torna um vocabulario [vocabulário] pobre até mesmo para o ambiente familiar .

Por isso é necessario [necessário] saber ter um meio termo na comunicação e [,] quando for precisso [preciso,] saber utilizar da [a] variação linguistica [linguística] , esse é o papel da escola passar conhecimento e quando possivel [possível] policiar os alunos.

Comentário Geral

A redação começa com um erro de acentuação no título (importância). Seguem-se vários erros que não são admissíveis para um estudante do ensino médio (situações com c por exemplo). Torna-se, portanto, até difícil considerar a argumentação em defesa da norma culta, por alguém que tem tão pouco domínio dela. A expressão língua do lixo não é usual para denominar a norma popular e seria certamente um exemplo de preconceito linguístico. Gíria é uma característica da norma popular. Abreviações não.

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: centro de comunicação é uma expressão subjetiva e inadequada. Talvez o autor estivesse querendo dizer centro de difusão.

2) Segundo parágrafo: a frase todos se comunicam igualmente, no máximo, significa que todos falam da mesma maneira, mas não é isso que o autor pretende dizer. Ele quer dizer que, no ambiente familiar, usa-se a linguagem informal.

3) Terceiro parágrafo: sabedoria é algo que está muito além do domínio da norma culta. Melhor seria ter usado conhecimento

4) Quarto parágrafo: trata-se de ensinar a norma adequada ao nível de formalidade e não de seriedade. Com S. 5) Último parágrafo: o papel da escola certamente é transmitir conhecimento, mas policiar o aluno não. A expressão traduz um exagero e é incorreta. Em termos de Enem, pode ser interpretada como algo que fere a competência 5.

Competências avaliadas

CompetênciaNota
1.Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita.0,5
2.Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.1,0
3.Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.0,5
4.Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.1,0
5.Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.0,5
Total 3,5

Desempenho do aluno em cada competência

Nota 2,0 - Satisfatório Nota 0,5 - Fraco
Nota 1,5 - Bom Nota 0,0 - Insatisfatório
Nota 1,0 - Regular
Leia a proposta completa
Leia outras redações avaliadas
Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Hospedagem: UOL Host