UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Banco de redações

Redação

Aluno:***

Idade:***

Colégio:***

4,5

A pressa é inimiga do bom motorista

As cidades vem [vêm] crescendo num ritmo fora do normal, com isso, o número de carros cresce em um ritmo incontrolável (só a cidade de São Paulo, segundo o Detran tem uma frota que chega a quase 7 milhões de carros, sendo que o último milhão foi alcançado em apenas 3 meses), gerando assim, congestionamentos insuportáveis nas grandes vias, o que para algumas pessoas é algo que proporciona momentos de puro stress, impaciência, arrogância, individualismo, fazendo com que mostrem seus lados mais "maquiavélicos".

Diariamente encontramos notícias sobre acidentes de trânsito no qual [nos quais] a vítima não só se feriu pelo acidente, mas também pelas agressões sofridas, geradas por um temperamento agravado pelo fato de estar "estacionado" no trânsito, mas como podemos evitar esses temperamentos cada vez mais violentos no trânsito? Primeiramente vamos ao foco do problema, se moramos em uma grande metrópole dificilmente consiguiremos [conseguiremos] fugir dos congetionametos [congestionamentos] , mas talvez conseguimos vias alternativas que façam com que andamos em um fluxo normal, mas se não temos essa opção e temos que encarar de fato o problema, temos que fazer com que o momento que estivérmos [em que estivermos] "congelados", seja um momento (sabemos que é difícil) agradável, sendo ouvindo [seja ouvindo] uma música, resolvendo aquela cruzadinha que seu filho deixou no carro, ou até mesmo, terminando aquela peça de tricô que ficou pela metade, não importa, o negócio é encontrar algo que faça esquecer que aquele [naquele] momento você tem que ser melhor e ultrapassar aquele carro pela direita, que seu carro é mais potente e deve estar na frente daquele com uma potência menor, que você é a única pessoa com pressa em toda a cidade, por isso devia estar lá na frente, são esses pensamentos que fazem alimentar a violência nas pessoas e tranformam-as [nas] em "monstros" do trânsito.

percebemos [Percebemos] que os congestionamentos são algo inacabáveis nas grandes cidades, pois o ritmo dessas cidades cresce incontrolávelmente [incontrolavelmente] , infelizmente aumentando os índices de violência, enfim, não devemos continuar associando trânsito à violência, afinal isso faz aumentar todos os nossos níveis de "negatividade", mas temos como controlar isso, basta querermos e não nos tornarmos mais um da turma dos ?apressadinhos de plantão?.
 

Comentário geral

Texto no limite do gênero dissertativo, marcado pela indevida coloquialidade e por uma abordagem unilateral e superficial do problema apresentado na proposta. Apresenta períodos muito longos, o que gera desconexões no âmbito da sintaxe, truncamento do ritmo da leitura e problemas de concordância. Um detalhe significativo: o texto fala sobre a irritação causada pelo ritmo moroso dos congestionamentos, mas seu título aponta a pressa como problema, soando contraditório.
 

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: a) o período é enorme e contém uma longa oração entre parênteses intercalada. Isso não é propriamente um erro, mas facilita a ocorrência de erros. b) Isso vale para todo o texto: o autor limita os problemas do trânsito ao estresse nos congestionamentos. c) Maquiavélico é um termo usado de modo impróprio nesse contexto.

2) Segundo parágrafo: a) o parágrafo é imenso; deveria ser menor e formado por períodos menores, separados entre si por pontos finais. O autor usa vírgulas no limite do erro. b) Temperamento também está usado em sentido impróprio. c) A sugestão para lidar com o estresse nos congestionamentos é inconsequente e irresponsável, evidenciando uma análise superficial do problema analisado.

Competências avaliadas

CompetênciaNota
1.Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita.1,0
2.Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.1,0
3.Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.1,0
4.Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.0,5
5.Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.1,0
Total 4,5

Desempenho do aluno em cada competência

Nota 2,0 - Satisfatório Nota 0,5 - Fraco
Nota 1,5 - Bom Nota 0,0 - Insatisfatório
Nota 1,0 - Regular
Leia a proposta completa
Leia outras redações avaliadas
Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host