UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Banco de redações

Redação

Aluno:***

Idade:***

Colégio:***

6,0

Os perigos do transito [trânsito]

Nos últimos Dez [dez] anos, o transito [trânsito] no Brasil cresceu de forma exagerada, a [exagerada. A] facilidade para comprar um veiculo é notável, isso inclui, financiamentos longos, juros baixos, IPI reduzido e outros.

Sabe-se que trafegar nas ruas e avenidas das grandes cidades tem sido, às vezes, insuportável, na [insuportável. Na] medida em que os passageiros e motoristas perdem tempo nos engarrafamentos mais chances de ficar estressados e cometer violência de transito [trânsito] eles tem [têm] .

Vale lembrar, que [lembrar que,] devido aos longos congestionamentos, tem aumentado o número de acidentes, como: atropelamentos, colisões de todos os tipos, brigas e até assassinatos, motivados por discussões.

Ainda, no período entre Janeiro e Junho de 2011, foram pagos R$ 1.127 Bilhão em indenização pelo seguro DPVT [DPVAT] , afirma à [a] seguradora Líder (RJ), também, [(RJ). Também,] segundo a Organização Mundial da Saúde, no Brasil [ocorrem] cerca de 40.000 mortes por ano relacionado [relacionadas] a acidentes de transito [trânsito] , sem contar os que [os casos em que as vítimas] sofrem sequelas físicas e psicológicas.

Por fim, os investimentos em infraestrutura são fundamentais para combater os conflitos no transito [trânsito] , o comprometimento do governo com esse assunto é importante, pois muitas vidas estão sendo subtraídas.

Comentário geral

As causas apontadas pelo autor para o problema da violência foram o excesso de trânsito e os congestionamentos. O comportamento violento do motorista foi apontado apenas como consequência do trânsito, o que deixou a análise simplista. Na conclusão, propõe que se invista em infraestrutura, mas não especifica o que isso quer dizer e como combaterá o problema.

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: na introdução, o tema da violência no trânsito não foi apresentado e a clareza ficou prejudicada pela frase única, esticada.

2) Segundo parágrafo: a ausência de pontuação separando as duas ideias comprometeu o sentido do parágrafo. Observe a sugestão feita.

3) Terceiro parágrafo: precisaria explicar como o congestionamento provoca atropelamentos, já que carro parado não atropela.

4) Quarto parágrafo: é o mais informativo, apresentando dados para provar o alto número de acidentes com vítimas no Brasil.

5) Quinto parágrafo: em momento algum do desenvolvimento a falta de infraestrutura é citada como causa do problema, assim a conclusão não estabelece relação lógica com o conteúdo anterior.

Competências avaliadas

CompetênciaNota
1.Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita.1,5
2.Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.1,0
3.Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.1,5
4.Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.1,0
5.Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.1,0
Total 6,0

Desempenho do aluno em cada competência

Nota 2,0 - Satisfatório Nota 0,5 - Fraco
Nota 1,5 - Bom Nota 0,0 - Insatisfatório
Nota 1,0 - Regular
Leia a proposta completa
Leia outras redações avaliadas
Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host