UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Banco de redações

Redação

Aluno:***

Idade:***

Colégio:***

3,0

Pressa: o egoímo [egoísmo] ganha vez

O trânsito brasileiro, cada vez mais aglomerado devido a grande frota de carros [carros,] tornou-se um dos braços da violência, marcada pelo desrespeito, egoísmo e estresse.

A agressividade faz parte da natureza humana, através dela o homem libera sua ira, porém as proporções que tal agressividade toma como no trânsito, tornam-se [toma no trânsito tornam-se] alarmantes.

Essa violência poderia ser evitada por partes dos motoristas, que na correria do dia-a-dia [dia a dia] querem sempre tomar à [a] frente no trânsito, como uma [numa] competição desenfreada. Se parte desses motoristas respeitassem a sinalização, os pedestres e os ciclistas, já seria um progresso.

Apesar de na maioria dos casos a violência estar atribuida a [ser atribuída à] agressividade pessoal e ao estresse dos motoristas, o governo também poderia usar meios para diminuir essas tensões, com um melhor planejamento do trânsito, mais sinalização, maior fiscalização e multa para os infratores. Outra medida eficiente seria uma potencialização dos meios de transportes públicos, o que aliviaria o inchaço do trânsito.

Assim, os indivíduos se veem cada vez mais como únicos na sociedade, desrespeitando o próximo, levando a problemas como a violência no trânsito, contudo medidas governamentais seriam eficazes, assim como a visão de uma sociedade mais aberta ao próximo.

Comentário geral

Texto fraco, apresentando problemas tanto no aspecto da estrutura geral, quanto em questões específicas. Basicamente, o autor fez algumas divagações acerca do trânsito, em que apresenta uma reflexão superficial e genérica sobre o problema. Para melhorar, o autor precisa hierarquizar as ideias de que trata, vendo quais são principais, quais secundárias, e concentrar o foco no que interessa. É preciso também tomar cuidado com erros pequenos, mas que comprometem o sentido do que se afirma, como veremos nos aspectos pontuais.

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: a) Há vários usos inadequados de vocábulos, como é o caso de ?aglomerado?. A palavra está sendo mal empregada: no seu sentido próprio não se encaixa aqui; no sentido figurado, não tem a objetividade que se requer da frase dissertativa. b) Ao usar marcada o autor se refere à violência, quando na verdade ele quer se referir ao trânsito, esse sim marcado pelo desrespeito, egoísmo e estresse. C) É preciso tomar cuidado com a linguagem figurada: se o trânsito é um dos braços da violência, quais são os demais? Se o autor enveredar por aí, vai fugir da questão do trânsito para tratar de problemas mais amplos.

2) Quarto parágrafo: mais uso inadequado de vocábulos: por potencialização ele quer dizer aumento da oferta de transporte público; por inchaço subentende-se o excesso, mas é um uso figurado da palavra que, mais uma vez, compromete a objetividade da declaração.

3) Último parágrafo: a conclusão é totalmente inadequada, pois foge ao X da questão, colocando-o como elemento secundário num problema mais amplo, o individualismo.

Competências avaliadas

CompetênciaNota
1.Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita.1,0
2.Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.0,5
3.Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.0,5
4.Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.0,5
5.Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.0,5
Total 3,0

Desempenho do aluno em cada competência

Nota 2,0 - Satisfatório Nota 0,5 - Fraco
Nota 1,5 - Bom Nota 0,0 - Insatisfatório
Nota 1,0 - Regular
Leia a proposta completa
Leia outras redações avaliadas
Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host