UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Banco de redações

Redação

Aluno:***

Idade:***

Colégio:***

9,5

Trânsito: uma questão de segurança e educação

A cada ano, o volume de carros em circulação dentro das cidades aumenta. Em decorrência desse aumento, eleva-se, também, o número de acidentes e mortes dentro do [no] trânsito. Diante disso, a existência de punições e fiscalizações mais severas por parte de autoridades e, ainda, uma política de educação e conscientização mais eficiente dentro das auto-escolas [autoescolas] são imprescindíveis para evitar fatalidades.

Recentemente, tivemos conhecimento, através da mídia, de fatos absurdos e inaceitáveis relacionados com a direção irresponsável dentro das cidades. Carros guiados por motoristas embriagados ou até mesmo por menores de idade, são a causa de, dia após dia, vidas inocentes serem tiradas. Porém, a negligência do Estado nesses acidentes também pode ser notada, devido às falhas da chamada "Lei Seca" e, mais revoltante, a impunidade dos infratores que, muitas vezes, pagam fiança e já são liberados da delegacia.

Além dos acidentes causados pela embriaguez e a irresponsabilidade de motoristas, outros são causados pelo estresse do cotidiano agravado pelo trânsito que resulta em brigas e atos de covardia. Pode-se dizer que, o número de vítimas fatais é mais alto em brigas de trânsito, causado por acidentes "minúsculos", do que em acidentes mais graves, causados por carros em alta velocidade.

Medidas como conscientização e ensinamento, por parte das auto-escolas [autoescolas] , de como reagir em frente a situações como aquelas e o aumento da segurança por parte de autoridades, seja através de punições mais severas, de maior circulação de guardas organizando e fiscalizando o tráfego ou de maior instalação de câmeras e radares, podem ser medidas decisivas para assegurar a vida do motorista que, ano após ano, corre um risco maior de entrar nas estatísticas de vítimas fatais dentro do trânsito.
 

Comentário geral

Bom texto, com pequenos problemas de conteúdo no tocante à argumentação. Não se pode dizer que a redação seja primorosa no que se refere a estilo ou uso elegante da linguagem, mas o autor sabe fazer uma dissertação e dar conta de refletir e argumentar de acordo com a proposta.
 

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: O autor exagera o papel das autoescolas no problema. Afinal, a maioria dos motoristas envolvidos em problemas graves de trânsito (especialmente no caso de embriaguez ao volante) já deixaram as autoescolas há muito tempo. Além disso, no caso da embriaguez, o que a autoescola pode fazer é o que ela já faz: deixar claro que não se deve beber e dirigir. Atenção para o uso de dentro de, que é coloquial. Deve-se usar em.

2) Segundo parágrafo: existe um contraste entre os índices temporais assinalados. Dia após dia dá a ideia de continuidade, de uma coisa que acontece "sempre". Já reecentemente especifica um período de tempo. Então, é o caso de se perguntar: o autor está se referindo ao que aconteceu rentemente ou ao que acontece dia após dia?

3) Terceiro parágrafo: a) Covardia implica um julgamento de valor que não vem ao caso no contexto. O autor quer se referir à violência, idependentemente de haver ou não covardia envolvida no caso. b) A afirmação precisa de comprovação. Com base em que pode-se dizer que "o número de vítimas fatais é mais alto em brigas de trânsito, causado por acidentes 'minúsculos', do que em acidentes mais graves, causados por carros em alta velocidade"? De onde o autor extraiu essa informação?

Competências avaliadas

CompetênciaNota
1.Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita.2,0
2.Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.2,0
3.Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.1,5
4.Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.2,0
5.Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.2,0
Total 9,5

Desempenho do aluno em cada competência

Nota 2,0 - Satisfatório Nota 0,5 - Fraco
Nota 1,5 - Bom Nota 0,0 - Insatisfatório
Nota 1,0 - Regular
Leia a proposta completa
Leia outras redações avaliadas
Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host