Topo

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez


REDAÇÕES CORRIGIDAS - Maio/2019 O que é mais importante para vencer na vida?

Redação corrigida 240

Vencer na vida

Inconsistente Erro Correção

Prolongada Promulgada pela ONU em 1948, a Declaração Universal dos direitos Direitos Humanos garante a todos os indivíduos o direito à educação e ao bem social. No entanto, um dos maiores problemas é a desigualdade de rendas renda, impossibilitando que essa parcela da população desfrute desse direito universal na prática. Nesse sentido, convém analisarmos as principais consequências de tal postura negligente para nossa sociedade.

A educação é o fator principal no desenvolvimento de um país. Modernamente ocupando Por ocupar atualmente a nona posição na econômica economia mundial, seria racional acreditar que o Brasil possui um sistema público de ensino eficiente. Contudo, a realidade é justamente o oposto e o resultado desse contraste é claramente refletido no número de desemprego. Segundo o filósofo Platão o importante não é viver, mas viver bem.

Diante do exposto cade-se exposto, cabe salientar que a população não pode aceitar negligência do governo.

Infere-se, portanto portanto, que ainda há entraves para garantir a solidificação de políticas que visem à construção de um mundo melhor.

Comentário geral

Texto muito fraco, que se salva da precariedade pelo desempenho na primeira competência, que é razoável, e na segunda, em que a insuficiência é melhor que a precariedade. É lamentável, mas o autor entendeu as ideias, seja a do tema, seja a da estrutura de uma dissertação, mas não conseguiu aplicá-las na composição de um texto propriamente dito.

Competências

  • 1) A linguagem é até razoável, no sentido em que o autor é capaz de compor sentenças gramaticalmente corretas. Por outro lado, há erros de vocabulário absurdos, como o "Prolongada", que abre a redação, o uso do pronome demonstrativo em "essa parcela", sendo que nenhuma parcela anterior havia sido mencionada, bem como o emprego inadequado dos termos "negligência" e "negligente".
  • 2) O tema foi compreendido de modo superficial e desenvolvido mais superficialmente ainda. Apesar de ter entendido que deve apresentar fatos em defesa de um ponto de vista, o autor não soube efetivamente organizá-los nem conectá-los para formar um raciocínio.
  • 3) A argumentação é ingênua, por supor que, se a Declaração da ONU (que não tem valor de lei) é prejudicada pela desigualdade econômica, o governo - que governo? - é negligente.
  • 4) Não há conexão nem entre os parágrafos, nem entre as orações de um mesmo parágrafo, como se vê pela citação de Platão no segundo parágrafo, que não tem nada que ver com o que se estava dizendo anteriormente.
  • 5) A conclusão, além de banal, não propõe uma sugestão de intervenção.

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 120
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 80
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 20
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 20
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0
Nota final 240

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.