UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Biografias

Almirante brasileiro

Francisco Manuel Barroso da Silva (Almirante)

29 de setembro de 1804, Lisboa (Portugal)
8 de março de 1882, Montevidéu (Uruguai)

Da Página 3 Pedagogia & Comunicação

Marinha do Brasil

Marinha do Brasil

O almirante Barroso destacou-se no comando da divisão naval que venceu a batalha do Riachuelo

Francisco Manuel Barroso da Silva ficou conhecido na história brasileira como almirante Barroso. Português de nascimento, tornou-se brasileiro por força da Constituição imperial de 1824.

Completou o curso na Academia de Marinha do Rio de Janeiro e, entre 1826 e 1828, participou com destaque dos combates navais travados durante a guerra contra as Províncias Unidas do Rio da Prata. Também atuou no Grão-Pará, na luta contra a Cabanagem, distinguindo-se na retomada aos rebeldes da povoação de Igarapé-Mirim, em 1836.

Batalha do Riachuelo

Durante a Guerra do Paraguai (também chamada de Guerra da Tríplice Aliança), comandou a divisão naval que apoiou a reconquista de Corrientes, em 1865. No dia 11 de junho do mesmo ano, obteve a vitória de Riachuelo, no rio Paraná, quando foi destruída a maior parte da esquadra paraguaia, comandada por Ignacio Meza.

O resultado da batalha do Riachuelo garantiu o domínio das comunicações fluviais com o Paraguai e assegurou a eficácia do bloqueio através do controle dos rios Paraná e Paraguai. Também facilitou o isolamento e a rendição das forças do ditador Solano López no Rio Grande do Sul.

Ainda em 1865, Barroso quebrou a resistência inimiga nas passagens de Mercedes e Cuevas, e tomou parte, posteriormente, nos combates de Paso de la Patria, Curuzu e Curupaiti, já na fase da contra-ofensiva dos aliados.

Em 1866, dom Pedro 2º concedeu-lhe o título de barão com grandeza do Amazonas, em lembrança do nome do navio que arvorava a insígnia do comandante, na batalha do Riachuelo. Barroso recebeu também várias outras condecorações, como as ordens da Rosa, do Cruzeiro e de São Bento de Avis.

Em 1908, quando da inauguração do monumento que lhe é dedicado no Rio de Janeiro, nele foram depositados seus restos mortais, trasladados da capital uruguaia por uma divisão naval capitaneada pelo cruzador Barroso.

Enciclopédia Mirador Internacional


Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Lição de Casa Dicionários

    Aulete

    Português

    Houaiss

    Português

    Michaelis


    Tradutor Babylon


    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host