UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Biografias

Físico francês

Benoit Clapeyron

21 de fevereiro de 1799, Paris (França)
28 de janeiro de 1864, Paris (França)

Da Página 3 Pedagogia & Comunicação

Reprodução

Reprodução

Benoit Clapeyron contribuiu, de maneira valiosa, para a evolução da termodinâmica

Benoit Paul Emile Clapeyron formou-se pela Escola Politécnica de Paris. Dois anos após iniciados os estudos, já trabalhava como engenheiro de minas. Em 1820 partiu para a Rússia, onde permaneceu até 1830, lecionando matemática na Escola Superior de Trabalhos Públicos de São Petersburgo.

Mais tarde, quando retornou à França projetou e dirigiu a construção de várias ferrovias.

Contribuições à termodinâmica

Benoit Clapeyron tornou-se famoso principalmente por contribuir, de maneira extremamente valiosa, à evolução da termodinâmica. Coube-lhe o mérito de ter estabelecido e demonstrado, de forma clara e rigorosa, a equação dos gases perfeitos.

Além disso, Clapeyron também demonstrou, com igual rigor, as fórmulas de correlação entre o volume (V) de um gás, a temperatura (T), a pressão (P), o calor latente da compressão (c), o calor de dilatação (d) e o calor de vaporização (v), que interferem no equilíbrio térmico de um sistema.

A expressão PV=nRT - em que P, V e T indicam, respectivamente, a pressão, o volume e a temperatura absoluta de certa massa de gás ideal, R representa a constante dos gases perfeitos (R=8,314x107 ergs/ºK) e n o número de moléculas - é comumente designada por equação de Clapeyron.

Dentre seus trabalhos escritos, todos publicados em periódicos científicos, destaca-se a monografia de 1834, "Sobre a potência motriz do calor".

Em 1858, Clapeyron foi eleito para a Academia de Ciências de Paris.

Enciclopédia Mirador Internacional; Oxford Dictionary of Scientists

Compartilhe:

    Receba notícias

    Lição de Casa Dicionários

    Aulete

    Português

    Houaiss

    Português

    Michaelis


    Tradutor Babylon


    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host