Topo

Biografias

Grover Cleveland Presidente dos EUA entre 1885 e 1888 e entre 1893 e 1896

Da Redação<br>Em São Paulo

28/02/2004 22h23

Grover Cleveland foi o primeiro democrata eleito para a presidência após a Guerra Civil (1861-65). Além disso, ele é o único presidente americano que deixou a Casa Branca e voltou para um segundo mandato quatro anos depois.

Cleveland, um dos nove filhos de um ministro presbiteriano, nasceu em Nova Jersey, em 1837, e foi criado no interior de Nova York. Como advogado em Buffalo, ele era conhecido por sua concentração exclusiva.

Nas eleições de 1884, Cleveland conquistou a presidência com o apoio combinado dos democratas e dos republicanos reformistas, os "mugwumps" (independentes), que não gostavam do histórico de seu oponente republicano.

Cleveland defendeu uma política que vetava favores especiais a qualquer grupo socioeconômico. Ele vetou muitos projetos de pensão privada para veteranos da Guerra Civil cujas alegações eram fraudulentas. Quando o Congresso aprovou uma medida que concedia pensões por invalidez não causada pelo serviço militar, Cleveland a vetou.

Após vetar um projeto que destinava US$ 10 mil para distribuição de sementes de grãos entre fazendeiros no Texas que enfrentavam uma seca, o presidente escreveu: "Ajuda federal nestes casos encoraja a expectativa de cuidado paternal por parte do governo e enfraquece a firmeza do nosso caráter nacional..."

Cleveland enfureceu as empresas ferroviárias ao forçá-las a devolver 33 milhões de hectares de terras do Oeste que receberam por concessão do governo. Ele então assinou a Lei do Comércio Interestadual, a primeira lei que tentava impor uma regulamentação federal sobre as ferrovias.

O presidente viu sua popularidade diminuir ao defender a redução de tarifas protecionistas, expondo a produção americana à concorrência com produtos de outros locais.

À época, ter-lhe-iam dito que ele dera aos republicanos um tema para a próxima campanha; ao que Cleveland respondeu: "De que vale ser eleito ou reeleito a menos que se possa defender algo?" Cleveland foi derrotado em 1888 pelo republicano Benjamin Harrison.

Eleito novamente em 1892, Cleveland enfrentou um período de crise econômica. Ele lidou diretamente com a crise do tesouro em vez de lidar com as falências das empresas, execuções das hipotecas das fazendas e desemprego. Com a ajuda de Wall Street, ele manteve a reserva de ouro do Tesouro. Quando ferroviários grevistas em Chicago violaram uma injunção, Cleveland enviou tropas federais para assegurar seu cumprimento.

Se, por um lado, o tratamento que Cleveland dispensou aos ferroviários causou decepção entre os americanos, por outro, a forma vigorosa como forçou a Grã-Bretanha a aceitar a arbitragem de uma fronteira contestada na Venezuela agradou o público.

Mas suas políticas durante a depressão foram muito impopulares. O Partido Democrata o desertou e indicou William Jennings Bryan nas eleições presidenciais de 1896.

Com informações da The White House Historical Association