Topo

Biografias

Henry Kissinger Político alemão, naturalizado norte-americano

Da Página 3 Pedagogia & Comunicação

10/08/2005 14h54

"Noventa por cento dos políticos dão aos outros dez por cento sua má reputação." O raciocínio rápido e o humor afiado caracterizaram a atuação pública de Henry Kissinger. Incansável negociador de crises políticas, afirmou certa vez: "Não pode haver uma crise na semana que vem. Minha agenda já está lotada."

Henry Kissinger nasceu na Alemanha, mas emigrou para os Estados Unidos junto com sua família em 1938, fugindo das perseguições anti-semitas. Naturalizou-se norte-americano em 1943.

Kissinger fez seus estudos secundários na cidade de Nova York e ingressou posteriormente na Universidade de Harvard, formando-se em economia. Ocupou vários postos importantes na Universidade de Harvard, principalmente no Centro de Estudos Internacionais. Suas teorias sobre diplomacia e relações internacionais foram desenvolvidas em diversos livros e artigos.

Em 1969, foi convidado pelo presidente Richard Nixon para dirigir o Conselho de Segurança Nacional, cargo que ocupou até 1973, quando foi nomeado Secretário de Estado. Entre seus feitos políticos estão o restabelecimento de relações diplomáticas com a China e a participação nas negociações de paz com o Vietnã do Norte.

Em 1973 Henry Kissinger recebeu o Prêmio Nobel da Paz, junto com o vietnamita Le Duc Tho, que recusou o prêmio.

Entre 1973 e 1977, Kissinger foi o responsável pela política externa norte-americana, atuando como mediador no conflito árabe-israelense. Conseguiu diplomaticamente a retirada das tropas no Egito e em Israel, como condição para o acordo de paz, finalmente assinado em Camp David, em 1979.

Sua influência na política norte-americana persistiu até o governo do presidente Ronald Reagan (entre 1980 e 1988). Kissinger trabalhou como consultor em diversos organismos governamentais e fundou sua própria empresa de consultoria, a "Kissinger Associates".