UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Biografias

Zoólogo alemão

Johann Baptist von Spix

9 de fevereiro de 1791, Höchstadt, Baviera (Alemanha)
13 de março de 1826, Munique (Alemanha)

Da Página 3 Pedagogia & Comunicação

Reproduação

Reproduação

Johann Baptist von Spix catalogou 3.831 espécies de animais brasileiros

Johann Baptist von Spix estudou, inicialmente, teologia nos seminários de Bamberg e Würzburg, mas logo passou a cursar medicina. A partir de 1808, entrou para o serviço do governo bávaro, para o qual fez numerosas viagens científicas pela Europa e no Brasil.

As primeiras expedições de Spix, em comissão do governo da Baviera, o levam a vários países europeus. A regressar, é nomeado membro da Academia Bávara de Ciências, da qual se torna conservador das coleções zoológicas, em 1811.

Em 1817, inicia sua principal missão científica, ao acompanhar o naturalista Karl Friedrich Philipp von Martius em sua expedição ao Brasil.

A viagem, que durou três anos, é das mais profícuas. Spix estuda, então, a fauna brasileira. Sozinho, percorre o rio Solimões, de Tefé a Tabatinga, e o rio Negro, de Manaus a Barcelos. Até 1820, quando retorna à Europa, faz o inventário de 3.381 espécies de animais brasileiros.

Morte prematura

Infelizmente, Spix faleceu no curso da divulgação do livro sobre a viagem, obra que será concluída, em 1831, por Martius.

Spiz deixou numerosos artigos e monografias, publicados principalmente pela Academia Bávara de Ciências. Entre seus livros citam-se História e crítica dos sistemas de zoologia desde Aristóteles e O desenvolvimento do Brasil desde o descobrimento até nossa época. Mas sua principal obra seria Reise in Brasilien (Viagem ao Brasil), em três volumes, publicada por Martius entre 1823 e 1831.

Enciclopédia Mirador Internacional; Oxford Dictionary of Scientists

Compartilhe:

    Receba notícias

    Lição de Casa Dicionários

    Aulete

    Português

    Houaiss

    Português

    Michaelis


    Tradutor Babylon


    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host