UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Biografias

Mohamed Siyada Barre
Ditador da Somália, de 1969 a 1976 e em 1991
1919, região de Ober-Yuba
2-1-1995, Lagos, Nigéria

Do Klick Educação

Comandante do exército, procedia do clã Marehan. Tornou-se chefe do Conselho da Revolução e comandante supremo das Forças Armadas após um golpe de Estado e do assassinato do presidente Shermarke. Declarou a Somália como Estado socialista com partido único (1976) e autoproclamou-se presidente. A sua cooperação com a URSS concretizou-se em fornecimentos de armamento que utilizou não só no conflito contra a Etiópia – do qual saiu derrotado em 1979, em apoio à Frente de Libertação da Somália Ocidental, na região de Ogaden –-, mas também para equipar o seu próprio clã. Após sua cooperação na libertação dos reféns do avião da Lufthansa seqüestrado em 1977 pela Facção do Exército Vermelho (RAF), foi recompensado pelo governo alemão. A partir de então, rompeu com a URSS e passou a receber apoio do Ocidente. Na guerra civil que se seguiu, tentou manter-se no poder instaurando um regime de terror, mas, após a retirada da ajuda ocidental, fugiu para o exterior, deixando para trás um país destroçado pela guerra entre clãs (1991).
Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Lição de Casa Dicionários

    Aulete

    Português

    Houaiss

    Português

    Michaelis


    Tradutor Babylon


    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host